Encontrado o que, “no limite”, nunca foi furtado

Azeredo Lopes: “No limite, pode não ter havido furto nenhum”

10/Set/2017

Material de guerra roubado em Tancos apareceu na Chamusca

18/Out/2017

Este governo é uma anedota: depois da queda da Ministra das Polícias e dos Bombeiros, o Ministro das Forças Armadas é ridicularizado pela realidade: o armamento que, “no limite”, descobrimos em setembro que “pode” não ter sido furtado… apareceu agora, fruto de uma denúncia anónima.

Azeredo LopesÓ Sr. ministro, diga lá quanto vale a qualidade da generalidade dos ministros do seu governo?

Por muito menos que esta série de trapalhadas, foram dedicadas estas palavras a um governo em 2004. Mas é claro: falsear números oficiais da saúde, não é grave; provocar mais de 100 mortos com uma série de erros grosseiros, não é grave; gerir como uma criança a questão do desaparecimento do equipamento militar, não é grave. Agora ser de direita, isso é inaceitável. Certo, certo…

Anúncios

14 thoughts on “Encontrado o que, “no limite”, nunca foi furtado

  1. lucklucky

    Um tipo sem vergonha. “armas” “aparecem” logo depois de negligência grosseira do Estado-Governo.

  2. Stalenin

    Tal como os sucessivos Governos do PSD, com ou sem CDS, também o Governo minoritário do PS não constitui qualquer alternativa viável para o país. É bem verdade que os grupúsculos da extrema direita radical gostavam que este Governo caísse, não se poupando a defender certas manobras e golpadas políticas para assim satisfazerem objectivos puramente partidários e contornarem o resultado das malfazejas eleições legislativas de 2015.
    Pois é, mas as manobras e golpadas de V.Exas. estão condenadas à nascença pela simples razão de que qualquer Governo do PSD e/ou/com CDS será infinitamente mais prejudicial para os interesses do país do que qualquer Governo do PS.
    Mas não desanimem, porque como diria o saudoso Calvão da Silva, “Deus nem sempre é amigo” e por vezes submete-nos a “uns períodos de provação”. Talvez um dia Deus seja amigo de V.Exas… (Queira Deus que esse dia esteja longe).

    STALENIN

  3. Stalenin, defina “grupúsculos da extrema direita radical “, ponha os nomes nos bois, porque esquerda radical conheço BE/PCP/PEV/MRPP/PAN. Direita radical só se for o PNR, e mesmo esse…. é mais social fascista que de direita.

  4. Mario Figueiredo

    “qualquer Governo do PSD e/ou/com CDS será infinitamente mais prejudicial para os interesses do país do que qualquer Governo do PS.”

    É isso aí camarada! Diga a estes gajos o que eles precisam de ouvir! 100 mortos causados por incúria, irresponsabilidade e desinvestimento é bem menos prejudicial do que qualquer governo da direita! Viva o PCP carago! Nós é que estamos do lado do povo e isso vê-se!

    Camarada! Tu falas com a razão e a verdade do teu lado. Temos que aceitar os mortos. As mortes da população estão no nosso sangue e na nossa história de comunistas! Connosco é aos milhões! Brincas? 100 mortos não é nada comparado com ter o PSD-CDS no governo. Contra isso vamos até aos milhões se for preciso!

    É por isso que até gostamos deste gajo do António Costa. A forma como ele respondeu a estas duas tragédias, sem qualquer sentimento ou emoção e sem nunca em momento algum aceitar que falhou ou errou, está ao nível dos nossos melhores lideres comunistas enquanto conduziam as suas revoluções de esquerda e purgavam os seus países de qualquer ideologia de direita.

    Camarada! Foda-se-penico, viva o PCP caralho!

  5. A. R

    Isto não é um governo: é uma trupe de palhaços políticos. Agora até o ladrão de microfones vai a ministro: estamos no Zimbabwe.

  6. Recuperaram a “sucata”, pelo menos o Azedo Lopes disse que aquilo era sucata para abater. Qual a relevância? O sucateiro lá do sitio destroi a sucata que nem existe, mas apareceu algures, como Fátima.

  7. ecozeus

    Passados que são 4 meses sobre a ocorrência de Tancos, o governo tinha apenas 1 problema para resolver mas agora tem 3:

    (1) Esclarecer como desapareceu o armamento militar de Tancos;
    (2) Esclarecer como apareceu o armamento militar na Chamusca;
    (3) Saber como e quando o ministro da defesa vai pedir a demissão.

    Não seria melhor a AR nomear uma comissão independente para investigar o caso?

  8. Luís Lavoura

    descobrimos em setembro que “pode” não ter sido furtado

    Como o autor do post muito bem escreve nesta frase, o que o ministro disse foi que o armamento pode não ter sido roubado, não que ele não foi roubado.

  9. Pingback: Tudo está bem quando acaba bem! – O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s