“The problem with socialism is that eventually you run out of other people’s money”

Em França, o austeritarismo-neoliberalista-libertarianista parece ter tomado definitivamente conta do Partido Socialista.

Ou isso, ou acabou o dinheiro: França congela pensões e salários e reduz gastos sociais

O novo primeiro-ministro francês avançou algumas das medidas que permitirão poupar 50 mil milhões de euros entre 2015 e 2017. O plano antecipa cortes repartidos pelo Estado, municípios e contribuintes. “Não podemos viver acima das nossas possibilidades”, avisou Valls.

Continuar a ler

About these ads

“pink elephants will fly over Mare Nostrum”

France is the new cauldron of Eurosceptic revolution. Por Ambrose Evans-Pritchard.

Britain is marginal to the great debate on Europe. France is the linchpin, fast becoming a cauldron of Eurosceptic/Poujadist views on the Right, anti-EMU reflationary Keynesian views on the Left, mixed with soul-searching over the wisdom of monetary union across the French establishment.

Continuar a ler

Programa da 27ª edição do Fórum da Liberdade

Aqui fica o programa da 27ª edição do Fórum da Liberdade, que se realizará nos próximos dias 7 e 8 de Abril, mais uma vez na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, no Brasil.

Integrarei com muito gosto o painel de encerramento, juntamente com Leandro Narloch e Jeffrey Tucker.

Pessoalmente, estou também bastante curioso para assistir ao painel imediatamente anterior, que reunirá Gustavo Franco, Andrew Schiff e Marcelo Rebelo de Sousa.

Continuar a ler

Motivos de cessação do Rendimento Social de Inserção

motivo-de-cessacao-rsi
(via Vitor Cunha: Motivos de cessação de RSI)

Quase 20 mil beneficiários perderam RSI por alteração de rendimentos

Segundo dados oficiais da Segurança Social (SS), a que o i teve acesso, verificaram-se 33 913 cessações do RSI desde que as novas regras entraram em vigor.

Uma dessas novidades é o limite do património mobiliário (contas bancárias, carros, etc.) ter passado de 100 mil para 25 mil euros. A alteração de rendimentos, de acordo com a SS, fez com que 19 521 beneficiários perdessem o RSI nos últimos dois anos.

Continuar a ler

Primeiro-ministro francês pede a demissão

Assim vai a governação da outrora luminosa esperança da esquerda europeia, François Hollande: Primeiro-ministro francês demite-se

O pedido de demissão de Jean-Marc Ayrault terá sido apresentado no decorrer do almoço com François Hollande, que anteriormente esteve reunido com Manuel Valls, ministro do Interior do Governo liderado por Ayrault. Uma escolha do Presidente que surge como resposta imediata ao desastre político que foram as eleições autárquicas para o PS francês, derrotado em toda a linha.

Vida difícil para Hollande…

A outrora grande esperança da esquerda europeia passou rapidamente de “bestial” a… “socialista neoliberal”: Après la défaite, la fronde des parlementaires PS

«Le temps du Parlement est venu», poursuit Christian Paul, qui indique que «le vote de confiance au Parlement (sur le pacte, NDLR) n’est pas automatique». «A ce stade, la confiance n’est pas acquise», explique lui aussi le député PS Laurent Baumel (Gauche populaire), qui appelle à un changement de ligne. Pour ce député PS, les classes moyennes et populaires doivent de nouveau être prises en compte par le gouvernement qui les a délaissées. «Sur le terrain, nos électeurs nous ont expliqué clairement qu’ils avaient pris prétexte de ces municipales pour envoyer un message à François Hollande».

Derrota esmagadora da esquerda nas eleições municipais em França

Os resultados da segunda volta das eleições municipais francesas confirmam e acentuam a derrota esmagadora do Partido Socialista: Municipales : la déroute se confirme pour le PS

Une abstention toujours forte, de nouvelles mairies Front national, de grandes villes perdues par les socialistes : le second tour des municipales accentue les tendances du premier.

Continuar a ler

A Suécia e os ciganos

Durante 100 anos, a Suécia perseguiu e esterilizou ciganos

A Suécia admitiu que nos últimos 100 anos tratou a população cigana como “incapacitados sociais” e, por isso, esterilizou-os e perseguiu os que estavam no seu território, impedindo a entrada de outros.

Continuar a ler

Ontem, no Porto Canal e na RTP

Para os interessados, aqui fica o video do Especial Informação de ontem do Porto Canal dedicado aos 4 anos de Pedro Passos Coelho na liderança do PSD, no qual fui um dos convidados juntamente com Manuel Carvalho, do Público, e Pedro Bacelar de Vasconcelos, da Univ. do Minho.

No que diz respeito a aparições mediáticas insurgentes, mais ou menos à mesma hora, mas na RTP e com muito mais bom gosto, a Maria João Marques esteve no Prós & Contras, que pode ser visto aqui.

Entretanto, ontem pelas 19:00, também no Porto Canal, o Luís Aguiar-Conraria foi o convidado em estúdio no programa Testemunho Directo, que pode ser visionado aqui.

Last but not least – e mais uma vez no Porto Canal – Pedro Arroja teve o seu habitual espaço de comentário no Jornal Diário (mas não consegui encontrar video).

Resposta de José Rodrigues dos Santos às críticas sobre a entrevista a Sócrates

José Rodrigues dos Santos defende-se de críticas sobre entrevista a Sócrates

RESPOSTA DE JOSÉ RODRIGUES DOS SANTOS AOS COMENTÁRIOS PUBLICADOS NESTA PÁGINA À ENTREVISTA FEITA PELO JORNALISTA A JOSÉ SÓCRATES, NO DOMINGO, DIA 23 DE MARÇO DE 2014, NA RTP1:

Continuar a ler

O aborto e a cultura da morte nos hospitais ingleses

Aborted babies are being used to heat UK hospitals. This is the culture of death

That’s right – institutions created to protect life are being fuelled by burning the remains of the dead. Some bureaucrat somewhere obviously regarded this as “efficient recycling”. It’s more akin to cannibalism.

Continuar a ler

Palestrantes para a 27ª edição do Fórum da Liberdade

Aqui fica a lista actualizada dos palestrantes confirmados para a 27ª edição do Fórum da Liberdade, que se realizará nos próximos dias 7 e 8 de Abril, mais uma vez na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, no Brasil.

Já tendo tido oportunidade de assistir, considero o Fórum da Liberdade o mais impressionante evento deste tipo no mundo e será um prazer e uma honra participar este ano como palestrante.

Fórum da Liberdade – 26 anos de história

A Primavera no Egipto

Tribunal condena à morte 529 apoiantes de Morsi

Um total de 529 simpatizantes do antigo Presidente egípcio Mohamed Morsi, deposto pelo exército no verão passado, foram hoje condenados à morte por instigar a violência, mas a maioria encontra-se em parte incerta.

A condenação foi anunciada pelo Tribunal Penal de Minia, no Cairo, adiantando que apenas 153 dos condenados estão detidos.

(via Helena Matos: Alguém recorda ao certo o que se disse quando caiu o ditador Mubarak?)

Derrota esmagadora para o Partido Socialista nas eleições municipais francesas

Le Parti socialiste à la peine

Mécontentement de ses électeurs, divisions au premier tour : l’issue du scrutin s’annonce, au mieux, mitigée pour le PS. Symboles du reflux qui se dessine : à Florange, localité emblématique des promesses puis des difficultés de François Hollande, le maire PS sortant Philippe Tarillon est battu dès le premier tour par l’UMP Michel Decker. Ville de gauche depuis soixante ans, Niort a également basculé à droite avec la victoire du radical Jérôme Baloge. Dans plusieurs autres villes importantes, les maires socialistes sortants sont devancés par leurs rivaux UMP ou UDI – comme à Toulouse, Limoges, Quimper, Amiens, Saint-Etienne, Laval ou encore Angers. Les alliances de l’entre-deux-tours pourraient néanmoins permettre à la gauche de rattraper son retard.

Continuar a ler

Resultados históricos da Frente Nacional nas eleições municipais francesas

Municipales 2014 : ces villes où le FN arrive en tête

Crédité de 7% des voix au niveau national, le FN a réalisé des scores historiques dans plusieurs des villes dans lesquelles il avait investi des candidats.

Le Front national a même décroché dès le 1er tour la mairie d’Hénin-Beaumont (50,3% pour Steeve Briois), la ville dont il a fait son laboratoire éléctoral.

Les candidats du parti de Marine Le Pen sont arrivés en tête à Béziers (45% pour Robert Ménard), Avignon (29,4% pour Philippe Lottiaux), Digne-les-Bains (27,69% pour Marie-Anne Baudoui-Maurel) et Fréjus (40,2% pour David Rachline), selon des estimations, ainsi qu’à Perpignan (34,4% pour Louis Alliot). A Forbach (Moselle), les résultats définitifs ont placé le vice-président du FN Florian Philippot en tête avec 35,75% des voix.

Jorge Coroado na CMTV sobre as equipas de Lisboa e os árbitros

Jorge Coroado, no programa “Liga Futre” da CM TV (via Reflexão Portista: A “fruta” de Lisboa):

“O Benfica, à semelhança daquilo que faziam a maioria, a generalidade dos clubes, ao receber as equipas de arbitragem, naquele tempo, cá em Lisboa, as equipas de Lisboa levavam as equipas de arbitragem para um estabelecimento nocturno muito conhecido. E uma equipa de arbitragem, chefiada por um árbitro francês muito conhecido, foi para esse estabelecimento e quando estava lá dentro o árbitro tinha uma senhora na mesa, a acompanhar a equipa de arbitragem…”

A campanha para as eleições europeias e o futuro da UE

Um artigo com um diagnóstico agudo e muitas ideias merecedoras de reflexão: União Europeia: dogma e tabu. Por Pedro Morais Vaz.

Com a União Europeia transfigurada em dogma e tabu, resta-nos rezar pelo rumo dos acontecimentos e esperar que um surto de bom senso e conservadorismo inglês invada a alma dos nossos dirigentes políticos. Caso contrário, estamos condenados: aos Estados Unidos da Europa ou à desmembração. Venha o diabo e escolha.

“É sempre bom sabermos o que temos para fazer”

jose_ribeiro_e_castro-fernando_ribero_e_castro

O meu irmão Fernando. Por José Ribeiro e Castro.

Por curiosidade, ontem mesmo, quinta-feira, na Internet (hoje, vê-se tudo na Internet), fui ler o Salmo da missa do dia da partida do meu irmão. Reza assim, o Salmo do dia 20 de Março:

«Feliz o homem que não segue o conselho dos ímpios,
nem se detém no caminho dos pecadores,
antes põe o seu enlevo na lei do Senhor
e nela medita dia e noite.»

Pelo Fernando, não tenho dúvida alguma. Estava preparado. Assim Deus o receba na Sua graça – e o Fernando possa já estar na companhia da nossa mãe e do nosso pai, que também partiram cedo.

O Livre e a estratégia para afastar Seguro

O Livre pode mesmo ficar Preso. Por Vitor Cunha.

O que faria eu se me pedissem uma estratégia para afastar Seguro rapidamente do Partido Socialista? Sugeriria fragmentar o mais possível o voto da esquerda, esvaziando a vitória de Seguro, criando-lhe o embaraço de não conseguir obter uma maioria arrasadora numa eleição que é tradicionalmente de voto de protesto.

Continuar a ler

Raquel Varela: uma investigadora sintomática

nicolau_santos_artur_baptista_da_silva

O JCD e o Rodrigo já comentaram (e bem) o caso, mas a enormidade dos disparates é de tal ordem que merece novo destaque e mais uma breve reflexão.

Entre a longa sequência de disparates, distorções e erros, destaco um que, pela sua natureza, deveria garantir um chumbo em qualquer cadeira de Introdução à Economia, Estatística, Metodologia, ou similar, de um primeiro ano de licenciatura:

“Se nós produzimos 100 e temos 130 para pagar, é óbvio que não é pagável.”

Que erros grosseiros como este passem sem qualquer reparo por parte dos jornalistas é lamentável, mas não surpreende, dada a falta de preparação e os enviesamentos ideológicos de grande parte dos profissionais da comunicação social.

O que é ainda mais sintomático é que a autora de erros absolutamente básicos e grosseiros como este seja investigadora do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa, onde coordena o “Grupo de Estudos do Trabalho e dos Conflitos Sociais”.

Leitura complementar: Quem é Raquel Varela ?

O pior momento possível para não pagar a dívida

Muita gente parece ainda não ter percebido que os custos internos para Portugal de um default (ainda que parcial) da dívida aumentaram exponencialmente com o bailout. O melhor momento para considerar essa opção teria sido antes do pedido de ajuda externa, fosse em alternativa ao bailout ou como uma das condições subjacentes a esse mesmo bailout.

Luís Aguiar-Conraria sobre os erros dos manifestos: Erros Manifestos

Qualquer que seja o eufemismo escolhido – renegociação honrada, perdão de juros, perdão de dívida, alargamento das maturidades, períodos de carência de juros, etc. – manda a honestidade intelectual que se diga que uma reestruturação da dívida implica sempre perdas de capital para os detentores dos títulos de dívida. Quem suporta essas perdas? Há uns anos, ameaçar com o incumprimento da dívida seria, também, ameaçar bancos estrangeiros. Hoje, o que devemos à troika é cerca de 40% da nossa dívida e, dos restantes 60%, a maioria está em bancos portugueses. Nós somos os nossos próprios credores. Podemos ameaçar que somos nós os principais ameaçados.

Continuar a ler