Retrato do Bloco de Esquerda em Tempo de Crise

Deixo aqui alguns tweets recentes, que ilustram bem o tipo de gente miserável e execrável que compõe o Bloco de Esquerda (fonte, fonte e fonte).

A cereja em cima do bolo, são estes tweet que entretanto já foram apagados:

Que este partido reúna cerca de 10% dos votos em Portugal é um mistério para mim.

23 pensamentos sobre “Retrato do Bloco de Esquerda em Tempo de Crise

  1. “o tipo de gente miserável e execrável que compõe o Bloco de Esquerda”
    Caro João Cortez, permita-me humildemente a liberdade de o alertar que o BE NÃO TEM outro tipo de gente. Aliás, e se procurarmos também no PCP, no PAN, no Livre e no PS, diria mesmo que só por milagre.

    “Que este partido reúna cerca de 10% dos votos em Portugal é um mistério para mim.”
    Muito pelo contrário, neste país – e hoje em dia um pouco por todo o Ocidente – o mistério é precisamente perceber como é que são só os 10%. O mistério, todavia, clarifica-se assim que juntamos na contabilização os votos no PCP, PAN, Livre e PS. E assim sim, percebemos o Portugal e quem tristemente somos há tantas décadas.

  2. Gaius Octavius

    “Temos de acabar com o capitalismo, mas, enquanto não formos capazes e precisarmos de manter a palatabilidade e as aparências aos olhos do público, forcemos o capitalismo a servir os nossos interesses para que não fique patente na fotografia a merda que nós e o nosso sistema somos.”

  3. Filipe Bastos

    O 1º sobre os super-ricos é justíssimo. Só mesmo otários, como os que responderam ao tweet, não vêem isso. São tão tapados, tão capachos, que até morrem com um sorriso sabendo que os mamões estão seguros nos seus jactos e mansões. Imagino o Sr. Cortez a sorrir.

    O 2º do SNS também. Aparentemente, era (é?) uma operadora privada que mamava os lucros das chamadas. A tal ganância que já nem choca.

    O 3º é o das causas da moda, no caso a crise climática, mas não deixa de ser verdade. As crises obrigam a rever hábitos nocivos e inúteis.

    O 4º é de todos o mais ideológico, tem também um fundo de verdade.

    Não é preciso gostar do Berloque para ver isto. Jamais votaria no BE, também me irritam as esganiçadas, etc. Mas certa comunidade direitalha está tão extremada como elas. É célebre a cassete dos comunas; mas a corte do Sr. Cortez tem outra cassete entalada e não sabe.

  4. Filipe Bastos

    O Berloque sempre teve o dom dos cartazes, dos slogans, dos sound bites provocatórios. É por isso que certa direita o detesta, muito mais que ao PCP: este é velho e caquético, preso a atavismos como a treta dos “camaradas” e o chavão dos “trabalhadores”.

    Drinking game: ouvir discursos e entrevistas ao Jerónimo em repeat. Cada vez que ele disser “trabalhadores” ou “governo patriótico e de esquerda”, bebe-se um shot. É o coma alcoólico em alguns minutos.

    O BE não. É comuna de coração, mas já nasceu agarrado a telemóveis e gadgets, como a criançada de hoje. Em vez de geeks e velhadas, moças giras e marketing. Funcionou. Outros partidos tentam algo parecido, mas o BE é talvez o mais consistente e profissional.

    E no meio do esganiçamento e da hipocrisia, diz algumas verdades.

    Lembram-se destes cartazes do Berloque?
    – O cinto deles nunca aperta (Mamão Mexia, Salgado, Bava, etc.)
    – Porreiro para quem, PÁ? (Mordomo Burroso abraçado ao 44)
    – Não roubes – os bancos não gostam de concorrência
    – Em dois anos a electricidade aumentou 32%
    – Tudo o que foi roubado deve ser devolvido
    – Lembra-te sempre: eles nunca se lembram de nada (Bava, Coelho, Múmia Cavaca, Salgado, Oliveira e Costa)
    – Os bancos são demasiado importantes para as mãos de banqueiros

    Todos eram, e são, a pura da verdade. Pura com T.

  5. Cacim Bado

    UM INDIGENTE TOMA LÁ DÁ CÁ
    Convém perguntar se Costa e o seu padrinho de carregar pela boca dão este tipo de coberturas ou se são eles que manhosamente as recolhem.
    Por desgraça será uma poluída e fétida corrente nos dois sentidos
    Costa e Marcelo disputam entre si a maior capacidade de fazer de todos nós parvos.
    À sua imagem e semelhança não medem a inutilidade desse exercício de figuração apalhaçada.
    A VEGETAR SE SUSTENTAM

  6. Olympus Mons

    @ filipe Bastos,
    “Jamais votaria no BE…” – Sim? Mas não se iluda. Você pode não ser da mesma estirpe mas é do mesmo tipo de virus. Não é corona virus mas Gamona ( de gamar) virus. Não interressa se é xuxalista, se é Livre ou Pan… Tudo o mesmo tipo.
    daí que os slogans do BE toquem nas suas sensibilidade. O Seu “tipo” é Ladrão. Invejoso e ladrão. Todos os que tem mais do você, seja dinheiro, estatuto, são uns pulhas que, cusiosamente, infringem sobre os que tem menos que você. Sim. Nem é por si que os quer destruir, é pelos que tem menos. De uma assentada encharcasse em superioridade moral (ui, se eu lhe explicasse o que ocorre no seu cerebro quando o faz) e ataca aquilo que mais o chateia na vida – Aqueles que tem mais do você. Inveja.
    Para memória futura : Ser de esquerda é ter os pathway neurológios em default mode que se inicia na Insula, daí passa para o ACC (anterior cingulate cortex) e passa para o DLPFC. – Como a Inveja e o Shadenfraude são mediados por aí , não conseguem ver o mundo de outra maneira.

  7. Olympus Mons

    O Problema dos Slogans do BE é que são todos ou mentira ou da consistencia de geleia. Um exemplo.
    https://www.esquerda.net/dossier/esquerda-europeia-condena-guerra-do-iraque-e-reclama-justi%C3%A7a-para-v%C3%ADtimas/27180

    O barroso não só abraçou o 44, como também o 43 (bush)– pois… o problema é que o 45 (Obama) matou 40% mais pessoas do que o 44 no Médio oriente (MENA) e não só não houve carpideiras, como no momento em que o HRW reportava aumento de 30% de mortes de crianças com ataques/assassinatos por Drone (que só podiam ocorrer por ordem direta do Presidente) lhe pregavam um premio nobel na peitaça. – Sim, vocês são assim tão __________________

    Aliás, o 46, perfilasse para ser o presidente americano menos mortifero da historia moderna americana… mas isso não vale de nada ao desgraçado, porque o que menos interessa a alguem de esquerda são mesmo as vidas das pessoas. – O coitado do 46 podia caminhar sobre a água que este pessoal diria: vejam só, nem voar consegue, tem que tocar na água.

  8. É a natureza Social Supremacista do Marxismo.

    “Que este partido reúna cerca de 10% dos votos em Portugal é um mistério para mim.”

    Porquê? o PSD e CDS onde a “direita” tem votado respeitam muito os Marxistas.

  9. Pingback: O efeito “cebola” do Bloco de Esquerda: a Hannah Arendt é que os topa ao longe | Escólios

  10. Expatriado

    No problem. Os portugueses, graças ao trabalho dos governos socialistas pos-Passos (o austeritário) foram capazes de amealhar consideráveis poupanças graças aos aumentos e reposições de rendimentos. Assim, bem avisados que nem sempre as coisas correm bem, terão fundos suficientes para pagar as prestações das casas e dos empréstimos de crédito pessoal junto dos bancos. O Costa, o Marcelo, o Gerônimo, as Catarinas (a Mendes e a outra), o Centeno e todos os sumos representantes do “povo” eleitor são os obreiros desta tão nobre faceta do progresso vanguardista dos finalmente livres do capitalismo fascista que afogava todos os portugueses. Peço aos deuses que continuem a guiar a plebe para fora das trevas e em direção ao devido pote de mel. É um direito que ninguém pode negar!!! Força CGTP!!

    É mesmo assim, não é?

  11. Filipe Bastos

    “O Seu “tipo” é Ladrão. Invejoso e ladrão.”

    Ah, a boa e velha conversa da inveja. Com a v. licença, copy-paste:

    “Não há maior invejoso que o direitalha: está a sempre a comparar o que tem, o que cresce ou não a mais que os outros, os impostos que paga a mais (todos) e os que devia pagar (nenhuns), o que os outros lhe estão a ‘roubar’ porque devia ser tudo dele.”

    É assim natural a constante referência à inveja: o direitalha vê os outros à sua imagem. Para um porco o mundo é uma imensa pocilga, pois não conhece outra coisa. Para uma galinha é um galinheiro; etc.

    Acresce que se confunde muito ‘inveja’ com justa indignação. Convém aos mamões esta confusão. Mas a noção de equidade e de justiça é tão universal como o egoísmo e a ganância.

    Até macacos têm essa noção: https://youtu.be/meiU6TxysCg

    Só alguns direitalhas ainda não chegaram lá. Pode ser que um dia…

  12. Carlos Guerreiro

    Filipe

    Também recordo alguns cartazes:

    “Um mandato por inteiro, Habitação, Transporte, Transparência” com a foto do Robles…

    “Lisboa, Cidade Partilhada” com o Robles a rir…

    “Salvar o SNS” – cartaz de alguém que se opôs ao últimos 5 orçamentos de estado que cativaram o SNS…

    Sem esquecer os cartazes do precários do estado.

  13. A. R

    Tanto quanto vejo depois de 6 anos de mão dada com os cortes no SNS o BE reconhece a incapacidade do SNS de lidar com o problema e necessita dos privados que tanto odeia. Ainda bem que existem: é que no público a gente paga e muitas vezes não tem, no privado paga e é atendido.

    Podemos pedir ajuda aos privados e instalações e verbas do do BE para alojar doentes e financiar equipamentos.

    Está também à vista que dois países com um SNS robusto – que é a Espanha e Itália- o desempenho do SNS nesta crise deixa muito a desejar perante outros países que usam seguros como a Áustria, a Holanda, etc. Caiu um mito.

    Isto já depois de países que seguiram a cartilha do BE _Venezuela deram imagens tão tristes quanto enfermeiros sem energia eléctrica e de noite operarem manualmente por Turnos os ventiladores em bebés por falta de energia. Ou mulheres a darem à luz nos corredores de Hospital ou morre-se por falta de antibióticos e insulina.

    Também de notar que países com governos de esquerda e amigos da China foram mais duramente atingidos: veja a Itália que tinha feito um acordo comercial “Silk Road” com a China.

    Mais uma vez Trump sai reforçado em enfrentar a China.

    O BE está nas suas dachas na Serra da Estrela, Belém, Herdades do Alentejo ou passear de mota potente pelo país.

  14. Filipe Bastos

    Carlos,

    A rábula do Robles foi divertida por (voltar a) expor a hipocrisia do BE: a forma como tentaram abafar e depois disfarçar o caso, diz tudo sobre a honestidade intelectual do Berloque.

    Como todos os partidos, escolhem umas caras larocas para encantar a carneirada e vendem-nas como um detergente ou uma pasta de dentes. Junta-se uns chavões, uma ideologia simplificada para imbecis, e toca a mamar botinhos e subsídios à partidocracia.

    Às vezes, como no Robles, dão-se mal; mas que se dane… a carneirada tem memória curta. A comunicação dita social e as putas comentadeiras de serviço encarregam-se de fazer esquecer o assunto.

    Jamais pense, Carlos, que defendo o Berloque ou o PCP ou o Partido da Sucata ou outro qualquer. Para mim é tudo merda, só varia a cor e o cheiro. Defendo ideias, não partidos ou ‘líderes’.

  15. Filipe Bastos

    A.R.,

    A magnífica influência do privado, do lucro e da ganância na saúde está também sempre à vista:

    https://mirror.co.uk/news/politics/coronavirus-donald-trump-offers-german-21696685

    O Trampa ofereceu uma pipa de massa a um laboratório para obter uma vacina Covid-19 exclusiva para os EUA. Repito: exclusiva para os EUA. Os outros que se lixem; que paguem as suas próprias vacinas.

    Aposto que muitos aqui até batem palmas: assim é que é! Que rico presidente! Quem nos dera um Trampa!

    E é por estas que apetece engrossar o crescente nº de pessimistas que dizem que a Humanidade não vai acabar bem – e que ainda bem.

  16. Carlos Guerreiro

    Filipe

    “Jamais pense, Carlos, que defendo o Berloque ou o PCP ou o Partido da Sucata ou outro qualquer.”
    Em tudo o que escreve, como é que eu, ou alguém, iria imaginar tal coisa.

  17. Filipe Bastos

    Simples, Carlos: porque o tribalismo esquerda-direita, este Benfica-Sporting ideológico, não admite excepções à falsa dicotomia dominante.

    Dito de outra forma, quem não louva os ídolos direitalhas, os Friedmans e Mises da vida, só pode ser comuna. Quem não é da IL, do Chega, do PSD ou do CDS só pode ser do PS, do PCP ou do BE.

    Malho com gosto e alegria em todos. Como é natural, por aqui tendo a malhar só num dos lados, pois a cambada malha no outro.

    Em contrapartida, quem anda no meio da estrada leva com carros dos dois lados. Aqui sou um reles comuna; em redutos esquerdalhas sou um reles ‘patrão’ explorador e capitalista.

  18. Olympus Mons

    FILIPE BASTOS
    No mundo real, qual acha que é a probabilidade dessa noticia sobre o trump ser verdade?
    Não é que oficiais da administraçao tenham contactado a dita empresa para garantir stock… nao, nao. – É que pessoas ligadas a Trump tenham tentado obter exclusividade. – Leia as noticas, leia as fontes (Mirror, guardian, etc) e veja como é tudo ambiguo. Como nao identifica logo fake news?

    Esse seu cérebro esquerdoide e a confabulaçao psicológica …

  19. Expatriado

    As ultimas frases desta, muito esclarecedora entrevista, dizem quem realmente está a combater as acções da China no controle mundial dos medicamentos. Vejam, ouçam com orelhas de ouvir e pensem o quão complicado, para todo o mundo, está já a ser a atitude da China e não só.

  20. Mário

    A chatice é que a esquerdalha vai ter desculpa para o que correr mal durante as próximas décadas…. Antes era o passos Coelho, agora com isto, então saiu o Santo graal….. Vai ser giro, quando este vírus for vencido, a economia vai tombar mas muito xuxaliasta agarra o seu, e a culpa foi do Corona….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.