Vasco Pulido Valente – “Os noticiários são enviesados à esquerda”

Podem ler no Expresso a entrevista completa. Ficam aqui com uma citação disponível no Expresso online:

“As notícias são feitas por uma parte da classe média”, responde. “A anormalidade tem a ver com a anormalidade do papel do Estado em Portugal, que é bastante maior do que noutras sociedades. E os noticiários são muito enviesados. Sobretudo, são enviesados à esquerda. Refletem a visão que a esquerda portuguesa de classe média tem do mundo. Na escolha das notícias do estrangeiro, das que se dão sobre a sociedade portuguesa, dos comentários que se fazem.”

2018-07-20-3c2a3165_t

Anúncios

17 thoughts on “Vasco Pulido Valente – “Os noticiários são enviesados à esquerda”

  1. Ork ragnarok

    Como este pessoal considera “esquerda” tudo o que não for da ala mais radical neoliberal, sim, o resto do mundo é de “esquerda”.

  2. Manuel Assis Teixeira

    Muito bem! V.P.V. tem toda a razão! há uma vasta “clique” esquerdofila que domina as várias redacçoes! Só assim se percebe o branqueamento vergonhoso do verdadeiro estado do país na saude, na defesa nos transportes etc.etc. Felizmente existe o ” insurgente” o ” Blasfemias” o ” Observador” e mais alguns foruns que nos permitem ler a realidade! Para grande irritaçao aliás da esquerdofilia e já agora do Pacheco Pereira…

  3. Ork ragnarok

    É verdade, grande parte da classe média está no estado.

    Isso é uma vergonha é para o sector privado, não para o estado.

    Se não fossem as péssimas condições de trabalho no privado as pessoas não fugiam para o estado.

  4. ega

    É preciso vir alguém com pergaminhos afirmar aquilo que está à frente dos olhos de toda a gente há muitos anos.

    Vale a pena ressalvar ainda esta tirada que coloco no meu top “o facto de grande parte da classe média trabalhar no estado é uma vergonha para o setor privado”.

    Bravo!

  5. Oscar Maximo

    Ork Ragnarok , o privado não tem melhores condições para oferecer porque é sugado pelo Estado, sujeito a concorrência desleal pelo Estado, quem deve ter vergonha é quem tem prejuízo em tudo onde se mete, por exemplo o Estado.

  6. joaquim

    A prova dos nove ? há 1 mês atrás o PS manifestava.se publicamente envergonhado pelo comportamento dos renegados Sócrates / Pinho. A semana passada na AR na audição a Pinho o PS manteve-se calado e foi o único partido que não incomodou o milionário socialista dos corninhos. A vergonha passou-lhes depressa. Os jornaleiros sempre tão afoitos não acharam estranho o silencio do PS e nem uma perguntita ao PS acerca do desenvergonhado silêncio ?. Tão tímidos que são estes juntaletras de trazer por casa.

  7. Estou a compilar uma lista das manipulações do jornalismo Marxista, aquilo que vemos e ouvimos todos os dias na SIC, TVI, RTP, Expresso, Publico, Rádio Renascença etc.

    Activistas – chama-se a alguém de esquerda faz violência
    Extremistas – chama-se a alguém de direita faz ou não faz violência.

    Exilados – refugiados de ditadores que o Jornalismo Marxistas não defende.
    Dissidentes – refugiados de ditadores que o Jornalismo Marxistas defende.

    Líderes – Ditadores que o Jornalismo Marxista defende
    o líder Cubano Fidel Castro
    Ditadores – Ditadores que o Jornalismo Marxista não defende.
    o ditador Chileno Augusto Pinochet

    Populista – chama-se a coisas ou pessoas que o povo gosta e o Jornalismo não gosta que o povo goste.
    Democrático – chama-se a coisas e pessoas que o povo gosta e o Jornalismo gosta que o povo goste.

    Protestos – Ataques que o jornalismo apoia
    Ataques – Ataques que o jornalismo não apoia

    Morreram(voz passiva) – pessoas mortas em ataques mas que não interessa aos jornalismo Marxista designar quem atacou ” israelitas morrem em explosão”
    São Mortos(voz activa) – pessoas mortas em ataques mas que interessa ao jornalismo Marxista designar quem matou. “Ataque israelita mata palestinanos ”

    Indignação – caracterização dos protestos quando o Governo não é apoiado pelo jornalismo Marxista
    Raiva/extremistas – caracterização dos protestos quando o Governo é apoiado pelo jornalismo Marxista

    Coerente- uma pessoa de esquerda é coerente
    Inflexível – uma pessoa de direita é inflexível

    Gastos – se o jornalista não gosta
    Investimento – se o jornalista gosta

    Apaixonada – uma pessoa de esquerda é apaixonada
    Controversa/polémica – uma pessoa de direita é controversa e polémica

    Denuncia – se a esquerda critica algoque considera mau
    Aproveitamento e Incitamento – se a direita critica algo que considera mau.

    Oposição Firme- A esquerda faz oposição firme
    Obstrução- A direita faz obstrução

    Convicções e Princípios- A Esquerda tem convicções e princípios.
    Ideologia -A Direita é ideológica.

  8. O descalabro, a desconexão da realidade, é tal que até um firme progressista como o VPV nota.

    Deve ser de não ser suficientemente estúpido. Ou hipócrita.

  9. Pingback: NewSpeak Jornalístico em Portugal – O Insurgente

  10. Caro Maximo.

    O privado suga muito mais o estado do que o contrário.

    O estado está na falência por causa das rendas aos privados, das PPP, dos resgates aos bancos privados, das contratações de gestores privados, das consultorias a firmas de advogados etc etc etc.

    E as grandes empresas pagam cada vez menos impostos porque fogem ao fisco e ainda beneficiam de todo o tipo de perdões, borlas, incentivos, etc etc.

  11. Gaius Octavius

    Li há anos numa notícia que dizia que 80% dos jornalistas suíços (se não estou em erro) eram de esquerda. Ora, se na Suíça, que é um país “ás direitas” (nos dois sentidos), a esmagadora maioria dos jornalistas são de Esquerda, nem quero imaginar como será em Portugal, provavelmente o país mais esquerdista (e o mais atrasado, por coincidência) da Europa Ocidental.
    De notar também que de segundo um psicólogo britânico chamado Kevin Dutton o jornalismo é a sexta profissão com mais psicopatas.
    Uma correlação interessante, de facto…

  12. Caro lucky.

    Claro.

    Salvar bancos privados é mesmo o maior objectivo da esquerda.

    Está-se mesmo a ver.

    Eu só espero que essas suas bocas sejam apenas uma provocação estúpida, porque se vocês acreditam mesmo nesse chorrilho de idiotices o caso é muito mais grave do que pensava, estamos a entrar no plano do atraso mental.

  13. Caro Octavius.

    Só 80% ?

    Pelos vossos números devem ser pelo menos 1590% de jornalistas comunistas puros.

    Conforme podemos ver em jornais como o Observador…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.