Não TAP Os Olhos

Ora bem. Num ano em que a TAP – uma empresa em que eu sou obrigado a ser accionista (como todos os Portugueses) – teve um prejuízo recorde de 118 milhões de euros, esta decidiu distribuir 1,171 milhões de euros de bónus por 180 pessoas (fonte e fonte).

Acresce a curiosidade da mulher de Fernando Medina, Stéphanie Sá Silva, que tendo trabalhado apenas oito meses na TAP em 2018, foi a única pessoa do departamento jurídico a ser contemplada com um bónus, cujo valor foi de 17.800 euros. (fonte). Stéphanie Sá Silva tem ainda a particularidade de ser filha de Jaime Silva, ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas durante o primeiro Governo de José Sócrates (fonte).

14 pensamentos sobre “Não TAP Os Olhos

  1. JP-A

    Grande concurso dos mil milhões perdidos no mais curto espaço de tempo – quem lá vai chegar primeiro?

    – TAP
    – Metros
    – Hospitais em regime Tá-tudo-bem-desde-o-verão-de-2016
    – Empresas associadas do projecto-milagre dos passes sociais
    – Robalos debaixo do tapete

  2. Rão Arques

    SENTENÇA DE ALTA INSTÃNCIA
    Costa, este António mais manhoso que habilidoso ergueu a sua minúscula figura de estadista em terreno de areias movediças calcando em muletas de bico afiado sem quaisquer sapatas dimensionadas para espalhar a carga acumulada.
    Cheira que mesmo os crédulos em tal construção gelatinosa já reparam nos abanões que a figura talhada em madeira apodrecida está a afundar pouco restando mesmo do discurso roto e esfarrapado de tão pungente e degradante titular..
    Deixa-lo ir bem agarrado à cera já fria e mortal do próprio cadáver político.

  3. Rão Arques

    T(R)APACEIROS
    Dizem não saber de nada e vão agora convocar a representação do governo na companhia.

  4. JgMenos

    Numa empresa com prejuízo no ano podem existir áreas em que há assinaláveis progressos e justos prémios, no mesmo período.
    Quem gere saberá e terá de justificar.
    O ruído dos títulos não requer condenações apriorísticas de que não defenda a gestão por burocratas.

  5. ATAV

    Sim senhor… É simplesmente inacreditável e escandaloso!!! Mas… se bem me lembro a gestão da TAP é da responsabilidade dos acionistas privados não é? Quem faz a gestão corrente da empresa e decidiu a atribuição do bónus foi, tanto quanto se sabe, a Comissão Executiva que não tem representantes do Estado. Foram todos nomeados pelos privados.

    Ou seja, os prejuízos e a atribuição dos bónus estapafúrdios são da responsabilidade dos acionistas privados!

  6. Em qualquer empresa privada isto se passa – a empresa tem prejuízos, porém algumas pessoas merecem e recebem prémios.
    Não percebo porque é que algumas pessoas, que são defensoras de uma economia capitalista, se escandalizam com isto.
    Parece que querem que uma empresa, lá porque tem uma participação acionista do Estado, deixe de ser aquilo que deve ser – uma empresa.
    Pessoas que defendem uma economia capitalista, mas ao mesmo tempo comportam-se como um comunista ao exigirem que empresas sejam obras de beneficência.
    Eu quero que a TAP se comporte como qualquer empresa se deve comportar. Não como uma associação de caridade.

  7. JgMenos

    É a indignação abrilesca no seu melhor!
    É o ‘colectivo’! É o ‘somos todos nós’.
    E lá porque o Estado se meteu na TAP, logo os privados ficam obrigados a gerir o colectivo para os colectivistas!!!!

    Cambada!!!

  8. Se é gerida por privados e o Estado não sabe de nada nem quer saber porquê agora a indignação? A participação de 50% do capital do Estado servem para quê? Para bater o record de atrasos?

  9. ATAV

    Eusébio Augusto Alves

    A indignação é por ver uma empresa a ser gerida desta maneira. A PT era privada e toda a gente ficou a espumar com o que se passou por lá.

    Mas tem razão quanto aos 50% de capital em mãos públicas e ao desconhecimento dos representantes do Estado desta situação toda. Pagar e não mandar não lembra ao diabo!

    Se era para isto mais valia não ter reentrado no capital da TAP. Mas enfim, o que se pode fazer? O Costa precisava de mais um sitio para estacionar boys do bloco central…

    Repito mais uma vez: como a gestão corrente estava nas mãos dos privados, qualquer problema que tenha com os atrasos da TAP terá que direcionar as suas criticas para os acionistas privados e os gestores que eles escolheram…

  10. Oscar Maximo

    A última de hoje, e o dia não acabou, foi o Medina vender os terrenos que tinha prometido e anunciado para o novo IPO.

  11. 1º , Uma emoresa pode ter prejuizos conjunturais e ter uma boa gestão e por isso dar premios .
    2º. Ser um português acionista da TAP é uma treta .
    3º Mais esta parolice , agora a proposito da TAP , num Pais corrupto, onde um Ministro faz acordos ruinosos com uma empresa e depois vai para Presidente (dono? ) desta empresa e p.e. o PS antes de sair mete 40 familiares no Governo , etc
    4º E tudo isto dura há já 45 anos apenas por culpa de quem os elege
    p.s. Os Portugueses não têm vergonha ou a saude mental do seu ADN anda muito por baixo …

  12. O pitbull do costa, Lacerda, faz parte da administração – dizer que o estado não está lá é para além de ingenuidade. Não estou a ver o frasquilho fazer-lhe frente.
    Uma curiosidade a mulher do Medina é filha do pior ministro de sempre (Marselfie dixit se bem se recordam). 8 Meses trabalhou lá. Prémio 17K.
    O problema não é os prémios só por si é conjugar todos os factores e eventos e começa a cheirar a esturro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.