A Dádiva da dívida – Grémio Literário – 26/01/2018, 19h.30 com Maria de Fátima Bonifácio e Rui Ramos

Tomem nota:

26 de Janeiro 2018, pelas 19:30, terá lugar no Grémio Literário, em Lisboa, uma Tertúlia sobre as consequências negativas da dívida pública no Portugal de hoje, tendo como pano de fundo a experiência portuguesa no século XIX e início do século XX.

São convidados Maria de Fátima Bonifácio e Rui Ramos, dois reconhecidos professores de História, com especial ênfase no período em questão.

O desenvolvimento alcançado com a democracia foi conseguido à custa de um forte endividamento, tanto do Estado como dos indívíduos e das famílias. Mas, ao contrário do que possa parecer, o problema não é de décadas, pois há séculos que Portugal vive debaixo das consequências da dádiva da dívida.

Será a dívida assim tão indispensável que o país não seja capaz de reconhecer os seus efeitos nefastos? Ou será que o passar para as gerações futuras o pagamento do nosso bem-estar revela, não uma forma de desenvolvimento, mas o egoísmo dos cidadãos que ainda não perceberam o que o conceito de interesse público verdadeiramente pressupõe?

Anúncios

3 thoughts on “A Dádiva da dívida – Grémio Literário – 26/01/2018, 19h.30 com Maria de Fátima Bonifácio e Rui Ramos

  1. Pelo menos estão a elevar o nível da conversa.

    A conversa liberal costuma ser que o PS e a esquerda (que só esteve no poder uns meses em 74-75) são os únicos responsáveis por todos os nossos problemas estruturais, sendo que alguns deles remontam ao Séc.XVI.

  2. Caro francisco.

    A dívida pública desceu ainda mais de 95 a 2005.

    Adivinha quem estava no poder.

    De qualquer maneira estamos a falar de tendências longas. Pode haver altos e baixos mas o problema da dívida arrasta-se há séculos.

    Ao menos leiam o vosso próprio post…

    Ah, esqueçam tinha esquecido que a argumentação do liberalismo é só atirar areia para os olhos e contrariar só por contrariar.

    Portanto, estamos num post posto pelos vossos bloggers liberais que assume que o problema da dívida tem séculos.

    Eu concordo.

    Resposta tipicamente liberal ?

    Que eu é que inventei o que o vosso próprio blog está a afirmar !!!!!!

    A treta chega a níveis estratosféricos !

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s