Raríssimos políticos

O meu texto desta semana no Observador.

‘A TVI fez uma reportagem denunciando más práticas várias na Raríssimas. É uma IPSS com trabalho meritório, e os indícios de desvarios que lá se passaram serão investigados pelo Ministério Público e pela tutela. Mas este caso também nos permitiu ver alguns querubins da nossa política que se envolvem com instituições que recebem dinheiro dos contribuintes. Motivados, claro, apenas pelo mais assolapado amor pelo próximo.

Temos um secretário de estado da Saúde (demitiu-se; aleluia) que achou razoável receber três mil euros mensais, por largos meses, de uma instituição de solidariedade com problemas financeiros. Por trabalho vago de consultoria. Tirando casos muito particulares de trabalho a tempo inteiro, bastante especializado e com alto valor de mercado, que tipo de político considera adequado, num país onde toda a gente está sempre à míngua de fundos, receber um complemento do ordenado de milhares de euros de uma IPSS?

Temos a deputada socialista Sónia Fertuzinhos, mulher do ministro que fornece centenas de milhar de euros anuais à Raríssimas, sendo escolhida pela dita Raríssimas para uma alegre viagem a um país nórdico. (É indiferente se foi a IPSS que pagou a viagem ou se simplesmente escolheu a deputada para beneficiária do presente dos organizadores do evento.) Como é possível um político eleito não ver conflito de interesses?’

O texto completo aqui.

Anúncios

6 thoughts on “Raríssimos políticos

  1. Manuel Assis Teixeira

    Tudo isto é possivel porqye isto é um país de grandes ladrões ou de pequenos catões deslumbrados com o estatuto dos grandes ladrões! É possivel porque há muito perdemos a dignidade e o sentido de ética! É possivel porque somos governados por tipos sem categoria, sentido de estado ou etica! Tipos que aspiram a uns bilhetezinhos de futebol, uma avençazinha de uma IPSS uma viagenzinha a umal país nordico, ou como o impoluto Rio uma avençazinha de uma associaçao profissional! É possivel porque é esta maltosa que nos governa! Portanto nada surpreende nunca nada vai mudar

  2. Tanto imbecil! Um vestido de 200€ é um luxo,um fartote! Invejosos! Acabei de ver imensas pessoas comprar telemóveis entre 500€ e 1100€.Já não falo de PCs.No El corte Inglês vi um casaco simples por 500€.
    Desses metidos na Câmara de Lisboa por 3800€ calaram-se todos.Isto para não falar de empresas públicas onde praticam salários 4,5,10,15; 20mil €/mês.
    O tipo que denunciou com 8 meses de casa deve ser do Berloque, queria apresentar serviço.
    Pidesco é o que é!

  3. Aónio Lourenço

    @ÃO
    Presumo que seja ironia, certo?
    A senhora até pode andar de Porsche Carrera para o café, desde que não seja com o meu dinheiro, e já agora, depois de mo pedir sob o pretexto que é para ajudar os necessitados.

  4. E há uma coisa que ainda não foi devidamente esclarecida em relação às viagens a Copacabana: quem pagou? Sabe-se que foram adquiridas através da “Raríssimas” mas ainda não ficou (documentalmente) claro em que nome foram as facturas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s