A bem da república

nunofelix

No dia em que Relvas se demitiu, Nuno Félix desafiou o Ministério Público e os senhores jornalistas para investigarem todas as licenciaturas dos políticos, colocando-se à disposição dos investigadores. Tudo em prol da república tão bem representada por ele próprio.

Isto não tem preço.

Imagem nacionalizada ao Rui Rocha.

Anúncios

11 thoughts on “A bem da república

  1. mariofig

    É degradação de valores aqui demonstrada é absoluta e total. E demonstra bem até onde chega a classe política neste país. Ao mais baixo nível ético, ao mais sujo e mal-cheiroso dejeto moral de quem exige ação contra um crime que ele próprio comete, sabendo que a inação natural do sistema não responderá e portanto lhe permite afigurar-se como um paladino de valores. É o criminoso que exige que se faça justiça. É a mais absoluta hipocrisia levada ao extremo de racionalidade crua a fria. Sentir-me-ia profundamente envergonhado de ser pai ou filho desta criatura que nunca poderia servir de modelo para ninguém e que nunca poderá orgulhar ninguém.

    Como ele haverá mais. Muitos mais neste país cujas novas gerações ainda herdam vias os seus pais e avós o pior do regime e da revolução de abril que se lhe seguiu. Mas a pessoas que como eu reservo um especial nível de desprezo, reservado apenas a criaturas que apenas posso considerar como sub-humanas, escória, lixo vil que nem o meu cuspo quero ver na suas caras:

    – Pela natureza das suas funções de serviço público ao serviço da nação
    – Pela traição na confiança que a população é ensinada a dar aos seus representantes
    – Pelo ocupar por uma via injusta e mesmo criminal um cargo que poderia estar a ser desempenhado por alguém com mais valor técnico e estrutura moral.
    – Pelo matar um pouco mais tudo o que a democracia tem de bom e útil.
    – Pela situação do pais que vive que muito precisa de homens bons e capazes, em vez desta merda de gente

    E estendo também ao atual Ministro da Educação exatamente tudo o que digo aqui. Ele bem pode se escudar no principio da dúvida e incerteza, usando de todos os argumentos ao seu dispor para se separar desta situação. Mas está claro como água na investigação do Observador a sua associação, a sua complacência e, bem pior, a sua consertada ação para proteger este amigo.

    Crato, que diretamente nos governa na cadeira de Ministro da Educação. De todos os ministérios, logo na da Educação. Exijo a sua demissão! Porra! Ou a gente vai para a rua partir esta merda toda!

  2. mariofig

    Um ou outro erro no meu post acima. Peço desculpa. Mas este assunto realmente mexeu comigo de uma maneira que não estava à espera. Não consigo me acalmar. Tão triste e cansado de 47 anos a observar envergonhado o meu país de gente medíocre, pequena, criminosa, sem ter conseguido por um momento que seja ganhar um pouco de esperança. Porque é que os meus pais não viajaram no dia em que eu nasci?

  3. A política devia ser uma contribuiçáo, e nunca por nunca aquilo em que foi transformada. Uma profissão. E no desempenho de essa profissáo auto-intitulam-se políticos.
    Ser político náo está ao alcance do comum mortal, pois para tal tem de ter reunidas quatro características fundamentais:

    1. Ser parasita
    2. Ser ladrão
    3. Ser corrupto
    4. Ser mentiroso

    O ponto 1 é íntrínseco. Todo e qualquer auto-intitulado político é um parasita, ou será que conhecem um só político que produza riqueza? Todos vivem do produto do roubo a que chamam impostos. Roubam aqueles que dizem defender e com que (dizem) se preocupam. Sabem quem sáo aqueles que eles roubam?
    Em relaçáo aos pontos 2, 3 e 4 tem de provar que o náo sáo. Assim, qual a dúvida de que a chamada ”política”, estará condenada enquanto for encarada como profissáo apenas a um facto: Refúgio da ralé da sociedade. Uma das virtudes da democracia é essa. Vote-se em quem se votar, os eleitos sáo a escória da sociedade.

  4. Troll
    Aponta precisamente o problema principal que é : POLITICO PROFISSIONAL
    Ele persegue os seus proprios interesses em primeiro lugar , em segundo lugar os da familia , em terceiro lugar os dos amigos e por ultimo os interesses do país para os quais já lhe não sobra tempo;
    Concordo também que o pior que há na sociedade ( a escória) é altamente atraída para a politica ( praticamente a única possibilidade de mobilidade social ainda existente e não eliminada pelo regime pseudo democrata em que vivemos) Os piores estão metidos nos partidos pelo estes deveriam olhar para si proprios e verificar os burlões , vigaristas e criminosos que por lá se infiltram .

  5. Isto realmente não tem preço.
    Apesar de tudo o que nos sucedeu e das manigâncias democráticas que nos trouxeram a Geringonça, mesmo assim ficamos sem palavras perante o que é capaz esta corja de malfeitores

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s