Vendedor de bolas de berlim multado. E o Secretário de Estado Rocha Andrade?

(Adenda: o Jornal de Notícias confirmou a versão de que a pessoa na imagem é um repórter seu e não um fiscal das finanças. Ficam as minhas desculpas ao repórter e ao Jornal de Notícias que compreenderá melhor que ninguém os riscos de confiar em fontes pouco credíveis. A fiscalização a vendedores de bolas de Berlim aconteceu mesmo e foi ordenada pela tutela de Rocha Andrade. O texto continua a aplicar-se a todos os vendedores que foram efectivamente multados, mas dos quais não ficou registo fotográfico)

Anda a circular nas redes sociais uma imagem de um fiscal das finanças a multar um vendedor de bolas de berlim na praia por, aparentemente, não passar factura (o sistema de passar facturas deve ser bastante fácil de transportar na praia).
Co8qYurXEAAiUGL
O mesmo secretário de estado que ordenou a fiscalização dos vendedores de bolas de berlim parece que aceitou um presente de valor elevado de uma empresa com a qual o estado tem uma disputa fiscal. Esperemos que seja condenado a pagar, no mínimo, a mesma multa que o vendedor de bolas de berlim.

28 pensamentos sobre “Vendedor de bolas de berlim multado. E o Secretário de Estado Rocha Andrade?

  1. JP-A

    Estes vendedores deviam levar uma pia ambulante ou até mesmo uma casa de banho rotativa com a janela sempre virada para entrar luz direta do sol e pagarem IMI agravado, que é para haver justiça na competição com os outros estabelecimentos comerciais. Ou então arranjem um cartão do P-YES e um amigo num grupo de construção civil, porque aí estão logo isentos de perseguições.

  2. A miséria e a miopia instalaram-se neste país e tem direitos de soberania. Assim devem desfrutar à vontade o seu poder, perseguindo os mais frágeis, fáceis de apanhar, até porque as leis vão nesse sentido, e deixar os tubarões à solta, porque são perigosos e têm prestígio no meio da maralha. Isto está a caminhar para o declínio total. É só uma questão de tempo.

  3. Crítica injusta! Ele está apenas a avaliar (peço desculpa, aferir qualitativamente para não desmotivar os alunos) um ato de sexo oral entre dois seres humanos. É a alteração programática das “novas oportunidades” proposta pelo BE

  4. Tretas

    Vamos ver a cobertura mediática que vai ter a notícia das viagens pagas. Os serventes de serviço de certo vão passar por isso como cão por vinha vindimada. A ver vamos. É um caso gravíssimo. Gravíssimo. Vai apanhar a boleia do catavento de opiniões erráticas e dizer que vai pagar do seu bolso. E tudo ficará na paz dos anjos. Se não chegar os serventes dos media venderão a ideia dos 6 meses em que é tudo cor de rosa e não se fala mal do governo. E o bando de idiotas úteis, lá vai, cantando e rindo com as Tretas fabricadas da ADSE e outras! Claro a bem da nação.

  5. Pedro Lobo

    Ò faxavor… Queria uma bola de Berlim sem creme! E já agora, a fatura com número de contribuinte para descontar no IRS…!
    PQP!!! País quadrado este! São as PPP do verão (Praias Publico-Privadas com direita a lugares reservados), a ASAE a andar atrás dos vendedores das bolas de Berlim… E os vendedores da Língua da Sogra?!
    Já para não falar dos presentes aos políticos…! 😦

  6. antónio

    Confesso que estou curioso em saber o que pensa Pacheco Pereira sobre esta perseguição do fisco a simples vendedores de bolas de Berlim de praia, afinal esta economia informal existe desde sempre em todas as cidades do mundo. Não é Sr. Pacheco Pereira ?? Vá, não se acanhe e toca a dar à caneta.

  7. inocentemente pergunto o vendedor imprime o talão/fatura onde ??pelo cu so pode e as sras prostitutas vulgarmente conhecidas por putas a beia da estrada tb tem de imprimir fatura por cada bico que fazem??qual sera o valor do iva para serviços sexuais ??

  8. Bom… vender bolas de berlim nem sequer é um negócio assim tão pouco lucrativo como tudo isso, Dá dinheiro… ó se dá! Pessoalmente conheço quem no Verão meta férias ou contrate um substituto no seu trabalho habitual só para poder ir vender bolas prá praia. Dá dinheiro… e bastante, ou não andavam os vendedores às duzias a vender às centenas, ao sol e ao calor.
    De resto temos um sem numero de “vendedores” ambulantes que não passam factura e “trabalham” todo o ano: os lelos, os feirantes (quase todos a receber subsídios e bem vestidos, bem montados e boas casas… disse o tal senhor), mecânicos e todo um sem fim de “profissionais” do desenrrasque…

  9. Antonio

    António
    Este país está mesmo sem rumo. Se o vendedor anda-se a desviar os M £ dos bancos ou sobronar alguns lobis, era um homem sério anda a trabalhar e não passa factura das Bolas de berlim. É currupto… Isso chama-se Governantes de trazer por casa. Para não ser malcriado.
    Portugueses tem que abrir os olhos, está na hora de tomar atitudes. Por esses governantes com a cabeça no sitio.

  10. Mário Teixeira

    Acho que deveria ser proibido, andarem a vender bolas de berlim com doce de ovos em dias de calor.
    Eu não as compro, pois não quero correr o risco de ir parar ao hospital. É altamente perigoso, para não falar da higiene.

  11. Que vergonha de pais este…
    A ganancia pelas multas para pagar os devaneios desta esquerda caviar não deixam o povo trabalhador sequer trabalhar para (sobre)viver.
    O imposto eventualmente arrecadado com as bolas de berlim deve chegar para pagar o deficit??? É a caça à multa!
    Mas os outros é que estavam errados em cortar na despesa publica.
    Esta esquerda caviar é que está certa. Gaste-se sem controlo e depois f… o trabalhador para pagar.
    Abram os olhos portugueses!
    A esquerda quando não caga na entrada caga na saida. Sempre foi assim em todo o mundo.

  12. Quem devia justificar esta atitude do Fisco era aquele sindicalista que explica tudo que se relaciona com a AT, talqualmente como explicou os não atrasos na devolução do IRS.

  13. Gostei. Até parece que vivemos num país. País ?
    Parece-me que vivemos na corruptolandia.
    Um lugar onde os que têm o poder podem fazer as maiores atrocidades.
    Já repararam quantos milhões são transacionados em feiras e mercados por gente que vive do rendimento social?
    Só a pobreza de espirito de um grande e poderoso(s) senhore(s) demonstra como temos de ser governados.

  14. Rui Santos

    Desculpem se o meu pensamento está errado mas…
    – os ditos vendedores não auferem um rendimento proveniente do negócio!?
    – porque motivo eu sou taxado nos lucros obtidos com o meu trabalho, e estes senhores devem estar isentos!?
    – não será que se todos os negociantes/comerciantes/empresários pagassem os devidos impostos, o resto dos portugueses poderiam estar um bocado mais “desafogados” em relação às suas obrigações contributivas!?

  15. J.Brito

    Com o País a não cumprir o défice exigido pela D.Merkel e gastar tanto dinheiro c/fiscalização a mesma Dona vai proibir a exportação das ditas bolas para o Allgarbe!!!!!!

  16. Carlos Guimarães Pinto

    Luis, também já li essa versão, que admito poder ser verdadeira. Mas a mensagem mantém-se porque se não for um fiscal neste caso específico, a verdade é que foi ordenada uma inspecção a vendedores de bolas de Berlim.

  17. ,,, do contra

    ,,, muitos comentários mas ,,, com muito pouco conteudo , informem se e depois comentem … é mesmo á Zé Povinho … todos opinam mas ninguém perde uns minutos para se inteirar do alcance da medida … mas, eu pago os meus impostos … Vá se lá saber porque será que tanta gente opina sobre o contrário … será que estão ou quereriam estar no mesmo grupo dos vendedores de bolas … Com todo o respeito que tenho por eles … Lololololol

  18. Pingback: 53.467 – O Insurgente

  19. Então vocês trabalham todo o ano, pagam impostos e vêm para aqui defenderem os vendedores ambulantes, que só trabalham no verão e descansam no inverno e não pagam népia? Não há dúvida, que muitos deles, são empregados de patrões que lhes dão uns trocos, mas então averiguem donde vêm as bolas, onde são confecionadas, e quem está por detrás do negócio. Sim, porque se eu tiver uma tasca, a ASAE não me larga. Defendem a ilegalidade em detrimento de quem paga os seus impostos, só mesmo neste país.

  20. Calma o verão ainda não acabou a qualidade do ar e a quantidade que se respira também vai fazer parte do IMI é só uma questão de tempo para esse badocha aplicar a portaria.

  21. Carlos Guimarães Pinto

    O Jorge Rosado não viu aqui ninguém a defender que os vendedores de bolas de Berlim não devam pagar impostos.

  22. Orlanda

    concordo que quem faz negocio e obtem dele rendimento, deve pagar os seus impostos.
    Quanto as faturas, ja existem pequenos dispositivos que emitem fatura, e que são praticos, pequenos e portateis, exemplo disso, são as maquinas utilizadas pelos vendedores de tabaco, alimentos e afins.
    Também não é menos verdade que muitos destes vendedores de praia, trabalham de verão para comer de inverno, e olhem que falo por experiencia propria, ja se passou comigo. tambem sei que muitos o fazem apenas para acrescentar alguns trocos ao orçamento anual da familia.
    O que haviam era de ser todos obrigados á emissão de fatura, sejam comerciantes fixos ou ambulantes.
    Em qualquer dos casos, acho por bem que se cumpra a lei. Afinal somos todos cidadãos do mesmo país.

  23. Eles que mandem uns cartuchos de Bolas de Berlim ao Rocha Andrade que ele cala-se logo. Não me parece que um tipo com a boca entulhada com bolas de Berlim consiga falar – logo não diz mais asneiras. Demissão imediata do Rocha Andrade!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.