Da França, um sinal dos tempos que correm

“A U.S. election campaign is all about who promises to cut taxes while here it’s about who will tax more,” Maurice Levy, chief executive officer of advertising company Publicis SA, said March 13 at a business conference in Paris.

Entretanto no UK corta-se o escalão máximo do IRS. O que não é nenhuma revolução, mas não deixa de ser um sinal positivo por parte da coligação – apesar de prever algumas cedências aos Lib-Dems, nomeadamente sob a forma de uma taxa sobre as grandes propriedades.

2 thoughts on “Da França, um sinal dos tempos que correm

  1. Paulo Pereira

    Muito mais relevante que o corte na taxa de IRS marginal de 50% para 45% é o corte de 26% para 22% no IRC, tornando o R.Unido um dos paises da U.E. com IRC mais baixo.

    Claro que para os pseudo-liberais é preferivel baixar o IRS que o IRC.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s