Robles Tower

The Sky is the limit!
(via Twitter de ANL)

Anúncios

A internet não elegeu Trump

Lido no Slate, um site de notícias do mais esquerda que há nos EUA:

Maybe Trump Isn’t the Internet’s Fault, After All

A new study shows Trump did best among voters who were extremely offline.

For all the hand-wringing about fake news, Russian trolls, Infowars, and Cambridge Analytica, the internet may not have helped elect Donald Trump after all. That, at least, is the strong suggestion of a new study from economists at Stanford and Brown universities.

Já disse a várias pessoas em conversas presenciais que eu tinha esta ideia, mas até ontem não tinha acesso a um estudo que corroborasse essa minha sensação. Agora surgiu: a vitória de Trump foi baseada nos votos dos Republicanos, no domínio de Trump na ciência da persuasão, e na desilusão de Democratas que se recusaram a votar em Clinton nos estados decisivos. A eleição foi decidida fora das grandes cidades, sobretudo no rusty belt. Por causa da internet? Acham mesmo?

Trump.jpg

 

 

Jerusalem deve ser capital de Israel?

Ou ainda este, sobre Chuck Schumer. Entretanto o que vejo hoje no Público?

Trump vai nesta quarta-feira reconhecer Jerusalém como a capital de Israel

Decisão contraria décadas de diplomacia norte-americana para o Médio Oriente. Espera-se onda de protestos e teme-se violência.

Realmente, nunca nenhum Presidente Americano disse o que Trump disse… Enfim.

Se querem criticar Trump, o que é perfeitamente normal em democracia e Trump como todos os políticos até dá muitas oportunidades, pelo menos façam-no de forma honesta.

Faz hoje 1 Ano

mockup

Hillary Clinton perdeu a eleição mais surreal, mais absurdamente cara, e mais ridícula que eu me lembre.

Donald Trump nunca foi o meu candidato preferido (preferiria Ron Paul ou, dos disponíveis em 2016, Rand Paul), mas foi um candidato muito melhor que Hillary.

Que os apoiantes de Hillary tenham sido tão desligados da realidade que não tenham visto a real possibilidade de ela perder, só torna a sua derrota mais engraçada.

E que os mesmos apoiantes tenham reagido de forma tão exagerada, tão sentimentalista, tão irracional, tão Over The Top, só tornou a sua derrota Hillary…ante! 😀

Fiquem com as melhores compilações e as melhores reações.

Continue a ler “Faz hoje 1 Ano”

Como se vestirem para o Halloween?

Se são brancos e se vestem a vossa filha de uma princesa branca (Elsa ou Ana, por exemplo), isso é esfregar privilégio branco na cara de todos. Etnocêntricos!
Se são brancos e vestem a vossa miúda de Tiana ou Moana, isso é apropriação cultural.

Se a vossa filha infringe um dos erros anteriores, vocês serão responsabilizados.
Se a vossa filha quiser mudar de sexo, isso é assunto exclusivo dela.

Podem ver aqui Ben Shapiro a descrever toda esta loucura (Ben Shapiro, Cosmopolitan):

Moana Disney Princess

Trumpgate #37 – A visão de um Progressista

Gosto de ler sobre um assunto diversos pontos de vista.
Aqui fica mais um, de alguém que não gosta de Trump (ou “Donnie Tiny Hands” nas palavras dele), que lê a comunicação mainstream, mas que vai mais fundo. Aconselho:

Fico à espera dos que me vão dizer que este vídeo não é credível porque estes três são grande fãs de Trump. 🙂

Nota: Para evitar isto, obviamente este artigo complementa este meu e este do Bruno.
Leitura adicional: Ensaio sobre a Cegueira Política (Bruno no Jornal Económico)

Trumpgate #37

Creio que o herói libertário Stefan Molyneux disse aqui melhor do que eu diria.

Investigue-se tudo. Extraiam-se todas as consequências. Obviamente.
Agora, se ouvirem o vídeo creio que terão uma boa perspectiva do que está em causa.