Resposta? Trabalhem seus malandros

Os sindicatos ainda não entenderam.

O socialismo só funciona enquanto há o dinheiro dos outros. Mas não só a Europa (i.e., os Estados Europeus) já não tem reservas, como está carregada de dívidas. Acabou. Acabou o dinheiro para suportar centenas de pessoas que só sabem gritar e exigir. Acabou o espaço para os “direitos adquiridos” e os seus advogados.

Os sindicatos têm de se adaptar aos tempos modernos: diminuir os efectivos, prestar uma multiplicidade de serviços úteis (formação, serviços jurídicos, … algo que valha a pena pagar!) e aprender um pouco de economia (essa de ainda acreditarem no Keynesianismo e nos seus “estímulos”…).

Ou isso, ou tornar-se-ão progressivamente em relíquias risíveis do passado.