Sempre em defesa da liberdade de informação

Alguém se lembra que medidas tomou a ERC na sequência do roubo dos gravadores por Ricardo Rodrigues?

LEITURAS COMPLEMENTARES: mais sobre a ERC

Anúncios

Fraquezas socialistas

Pelos vistos nem a condenação pelo tribunal parece fazer diminuir a confiança do PS em Ricardo Rodrigues. Continuará assim espantosamente a desempenhar funções como vice-presidente da bancada do PS, nas comissões de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias e Ética, a Cidadania e a Comunicação.

Entretanto, nos blogues “abrantinos” que no último ano desenvolveram uma ardente paixão pela liberdade de imprensa as reacções variam. Há que declare que está em curso uma caça às bruxas socialistas (provavelmente não viu o vídeo). Há quem tenta de transformar o culpado em vítima. E há quem até agora tenha optado por um silêncio sepulcral.

ADENDA: Entretanto segundo o Público, Ricardo Rodrigues suspendeu as suas funções no GP do PS renunciou aos lugares que ocupava em representação da AR. É tarde, muito tarde e para já, nalguns casos, ainda é a título provisório. Espero que da parte do PS não nos venham impingir discursos sobre o integridade e carácter do deputado auto-suspenso.

ADENDA2: Quem terá sido, desta vez, a fonte anónima que mentiu à Lusa?

Ricardo Rodrigues condenado

Ricardo Rodrigues, o deputado do PS que furtou os gravadores aos jornalistas da Sábado durante uma entrevista foi condendado pelo tribunal

O deputado socialista Ricardo Rodrigues foi condenado a 110 dias de multa de 45 euros por dia, o que perfaz 4950 euros. Rodrigues foi considerado culpado no caso do roubo dos gravadores aos jornalistas da revista Sábado. Ricardo Rodrigues foi condenado pelo crime de atentado à liberdade de imprensa e um crime de atentado à liberdade de informação

Convém ainda recordar que o deputado nunca deixou de se apoiado pelo partido (inclusivé pelo impoluto Francisco Assis). Foi inclusivamente o cabeça de lista do PS pelos Açores na últimas eleições. Para cúmulo, já nesta legislatura, foi escolhido pelo PS para o Conselho Geral do Centro de Estudos Judiciários.

LEITURAS COMPLEMENTARES: Uma imagem a preservar…; Da acção directa; O mundo ao contrário de Ricardo Rodrigues

Cabeça de Lista do PS nos Açores: o que “tomou posse”

Lembram-se dele? Aquele a quem foi levantada a imunidade parlamentar?

Ricardo Rodrigues, por estar a ser muito maltratado (vejam o vídeo do 1º link e digam de vossa justiça), “tomou posse” de um gravador.

Teria simplesmente gamado, se não estivessem a gravar com vídeo? Fica a dúvida.

Esse mesmo vai agora ser o cabeça de lista pelos Açores.

No PS, quem “toma posse” parece ser nomeado para tomar posse nos mais altos cargos…

Com o chorrilho de críticas na comunicação social e na blogosfera pela escolha de Fernando Nobre para nº1 do PSD por Lisboa (e potencial Pres. da AR), deve cair o Carmo e a Trindade com esta escolha. Preparem-se. Escondam-se em bunkers se tiverem. Fujam, fujam pelas vossas vidas.