Jerónimo de Sousa, o Novo Rico

Jerónimo de Sousa Capitalista.gif

Agradecemos ao nosso leitor MFA (Manuel Folque Antunes) o grafismo. Está excelente.

Quanto a Jerónimo, no fundo é apenas mais um “artista”. Apenas mais hipócrita.

Nota: para quem ler isto depois de 2019, aconselho: PCP, Sábado, Ana Leal com provas.

Anúncios

Camarada Em Luta Pelo Seu Direito Como Trabalhador

O PCP a oprimir a classe trabalhadora (fonte):

Na participação, apresentada no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, o ex-funcionário, que tinha gabinete nas instalações da Organização Regional de Setúbal (ORS) do PCP, nesta cidade, invoca a criação de um ambiente de hostilidade contra si, que descreve como de «marginalização e perseguição», supostamente para o impedir de «livremente expressar a sua opinião». A fricção com o partido culminou numa diretiva emanada em março deste ano pela direção para mudar o seu local de trabalho de Setúbal para a Quinta da Atalaia, no Seixal, a qual Miguel Casanova entendeu não acatar, com base na disposição legal que estabelece que tal alteração do posto laboral para outro concelho só pode ser efetuada por acordo entre as partes.

Parlamento Cubano evolui

Parlamento cubano inicia debate sobre nova Constituição que elimina a palavra “comunismo”

Por outro lado, o artigo 21 do novo texto submetido a debate reconhece “outras formas de propriedade, como a cooperativa, a propriedade mista e a propriedade privada”, e admite o investimento estrangeiro como “uma necessidade e um elemento importante de desenvolvimento”.

PC Cubano a ultrapassar PC Português pela direita?

cuba-1303-asamblea

PCP A Defender O Grande Capital

Pergunta aos leitores: preferem receber 1.200 euros de uma só vez no final do ano; ou receber 100 euros ao longo de doze prestações mensais?

O PCP conseguiu numa única proposta propor o fim da liberdade de opção do trabalhador (“liberdade” e “esquerda” não conjugam muito bem) em receber o subsídio de férias e de Natal em duodécimos de forma mensal; e ao mesmo tempo oferecer aos empresários e ao grande capital uma almofada financeira que consiste na parcela de salário dos trabalhadores que fica assim disponível na conta da empresa para os fins que esta melhor determine.

Vivemos tempos estranhos – o circo parlamentar nacional parece um sketch dos Monty Python, mas parece ser esta a realidade da política portuguesa. Do bloco de esquerda e do partido socialista, já tudo se espera; mas é de lamentar que o CDS tenha votado esta proposta de forma favorável. A imagem abaixo foi retirada daqui.

Grande PCP

PCP contra taxa do sal:

Jeronimo felizO PCP está contra a taxa sobre os alimentos com elevado teor de sal.

A deputada comunista Paula Sá diz ao Jornal de Negócios que “o PCP não acompanha a posição do governo”, porque a solução passa pela prevenção e “não deve ser pela via fiscal”.

A proposta incluída no Orçamento do Estado para o próximo ano incide sobre produtos como bolachas, batatas fritas ou biscoitos que tenham mais de dez gramas de sal por um quilo de produto.

Finalmente, uma proposta do PCP para o OE2017 com a qual concordo a 100%, carago!

O Grande Derrotado

jeronimo-de-sousa

Perde as Câmaras de:

  1. Almada (!)
  2. Alandroal
  3. Alcochete
  4. Barrancos
  5. Barreiro
  6. Beja
  7. Castro Verde
  8. Constância
  9. Moura
  10. Peniche

Caríssimo Jerónimo,
Num governo de coligação, o partido pequeno tende a perder para o grande, pois as populações preferem sempre o original à cópia. Se o PCP se vendeu ao poder e assume as políticas hoje colocadas em prática pelo Partido Socialista, então para quê votar PC?
Mereceu. E ficará para a história como o Secretário Geral que entregou mais câmaras ao centrão.
Durma bem.

Pela minha parte fico satisfeito: sempre é uma viragem à direita e, se outras câmaras no Alentejo são algum indicador, este é o 1º passo para virem a votar PSD dentro de alguns ciclos eleitorais. Já era tempo de o PC perder força nas autarquias. Finalmente!