iBeacon

Para quem quiser não ler apenas sobre autárquicas, recomendo este texto sobre uma nova funcionalidade Apple (e tenho a certeza que a seu tempo Android também): localização não por GPS mas por antenas Wi-Fi dentro de espaços fechados.
Vantagem: Promoções taylor-made.
Desvantagem: Privacidade? Nula.

Como melhorar sinal num iPhone?

Já percebi que artigos tecnológicos não são muito desejados pelos leitores deste blog, mas talvez este tenha melhor recepção.

3001

As redes 2G e 3G são diferentes. Podem facilmente comprovar isto desligando a rede 3G, pois nessa altura o telemóvel busca novamente a rede.

E como medir isso? Se tiverem um iPhone recente (num 3G não funcionou, num 4S sim), telefonem para *3001#12345#*. Ao fazê-lo entrarão num modo especial como o ao lado. Basta ver o resultado no canto superior esquerdo.

E depois para sair? Fácil: basta carregar na tecla “Home”. Para voltar a entrar terão de voltar a “telefonar” para aquele código.

E como interpretar os resultados? Pelo que li e pelo que testei:

  • 0 (Zero) seria rede perfeita. Aparentemente é um resultado teórico impossível de encontrar no mundo real.
  • -50 é excelente. Chamadas perfeitas e sem problema.
  • -75 é realista. Estão à vontade.
  • -90 é sinal de problemas: distorções e frases perdidas
  • -100: a partir daqui a chamada pode cair.
  • -115 é o resultado nas escadas do prédio. Uma chamada que resista a passagem pelas escadas é heroína. Até hoje não aconteceu.
  • -130 foi o meu resultado mais baixo até hoje.

Na minha casa o resultado é -92 em 3G e -72 em 2G…

Agora é testar. Para quem tenha um iPhone façam-no e postem aqui alguns resultados. Outras marcas testem: se não acontecer nada, o vosso telemóvel não tem esta funcionalidade.

E todos aqueles resultados? Todos nós que não trabalhamos como técnicos de comunicações não temos grandes utilidade para eles. Se algum de vocês trabalhar e quiser sublinhar outros resultados interessantes, que esteja à vontade!

Resumindo: Para melhorar o sinal em locais difíceis, não se esqueçam de desligar a rede 3G:

  • Em Inglês: Settings – General – Cellular – Enable 3G
  • Em Português: Definições – Geral – Rede móvel – Activar 3G

Alteração em Agosto de 2013: Cansei de andar a alterar entre 2G e 3G. Comprei o Vodafone Sinal Max. 1000 pontos e 75€ para ter até 4 telemóveis em simultâneo nos 30 metros de raio à volta do equipamento. Têm é que dar logo até 30 números que podem usar o equipamento, mas essa lista é editável via 16912.

Em Portugal, só quando já existisse o iPhone 10…

…é que um processo por violação de patentes impediria a venda do iPhone 3GS e 4 por violação de patentes. Na Alemanha foi no tempo do 4S.

Uma empresa que tenha razão num processo, se for tecnológica, quando vir o processo chegar ao fim já o produto está desactualizado e já tem de entrar com novo processo por violação de patentes no novo.

Tribunal público, empresa inovadora privada… já se imaginava =)

iPhone 5 (ou iPhone 4S?) – A Apple levanta o véu

Tradução: Terça, dia 4, pelas 10 h (18h em PT), em Cupertino, a Apple vai falar sobre o iPhone.

Para acompanhar em directo e em Português (do Brasil), siga o blogue “Blogue do iphone“.

Não se esqueçam de também checar clássicos como 9to5Mac ou Mac Rumors e o muito bem informado All Things Digital.

O melhor blog do iPhone5 promete também cobrir o evento (pois como a esta altura já se aperceberam, não haverá transmissão vídeo em directo, apenas vídeo disponibilizado um zilião de anos depois – ou seja 1 dia).

E agora vou dormir e rezar para que o novo iPhone não se chame supositório (ou “for ass“).

iPhone 6

Enquanto o Estado continua o seu esforço para manter o status quo, algumas empresas inovam e fazem-nos avançar. Exemplo em análise: Apple!

Se querem saber todas as novidades sobre o iPhone 6, podem ver todos os rumores actualizados neste blog.

Desde possibilidades de design como:

Passando por evolução das características (substituição do chip Samsung pelo da TSMC, por exemplo), desejos (como a rápida aplicação do novo tipo de ecrãs), ou até evolução do teclado:

Enfim, vão-se informando pois o iPhone 5… já era.

iPhone grava onde o usamos

Podem fazer o download neste site de um programinha que vos permite ver fotos como esta:

(esta é a minha imagem desde Agosto de 2008, de acordo com o meu iPhone. Ficam só com o mapa de Portugal para não saberem demais, mas o mapa é mundi, com zoom, e com barra temporal)

Ok, explicando:

A Apple, para melhorar os seus telefones, regista latitute, longitude e selo temporal de onde vocês (ou o vosso telemóvel, se tiverem parametrizados push ups, sincronizações, notícias CNN, …) acederam à net.

Guarda num ficheirinho no iPhone, que depois é sincronizado com o iTunes e, masi tarde, enviado para os mainframes da Apple para “pesquisa”.

No site acima referido, podem fazer donwload que mais não faz que ler esse ficheiro. Lê onde vocês estiveram e apresenta num mapa. Aproveita o “potencial” do ficheiro e mostra-vos também uma barrinha temporal. Se tiverem um iPhone, experimentem e revejam onde vocês andaram nos últimos tempos.

Perigos:

1. Fuga de info nos servidores da Apple (probabilidade pequena, mas ainda assim)

2. Da próxima que eu me sentar num dos vossos computadores (onde sincronizem o iPhone), saco da net o leitor num instante e ando a ver por onde passearam desde que têm o iPhone, seja em Portugal ou no Estrangeiro.

3. O ponto anterior é particularmente gravoso se quem observar a informação tiver intenções menos simpáticas que as minhas ou tenha ataques de ciúmes fortes…

Como aqui n’O Insurgente creio que todos prezamos a nossa privacidade, fica o aviso.

Já agora, fica mais um exemplo: um americano a viajar de comboio. Vejam como ele vai acedendo à net e em que minutos.