Onde está o dinheiro da sua reforma?

Esta notícia pode não paracer muito grave, mas é.

Vamos imaginar que você, caro leitor, todos os meses no Dia1 coloca 200 Euros num porco mealheiro, como o da imagem. Depois, na altura do final do mês por volta do dia 20 vai lá, retira os 200 Euros e escreve uma promissória a si próprio pelos 200 Euros. A pergunta é: ao fim de 20 ANOS, quanto dinheiro é que tem lá poupados para a sua reforma?

Resposta: Zero!

Ou seja, tem dívidas a si próprio de 200x12x20=48.000 Euros, mas uma dívida a nós próprios não tem valor. Se tem dúvidas sobre esta afirmação, convido-o a fazer a experiência por uns meses e verá como tenho razão.

Vamos agora imaginar, que a Segurança Social tem dívidas de outros estados e é proprietária de parte de empresas na Europa. Isso representa valor, pois um dia esses países e essas empresas pagar-nos-ão um valor por esses contratos que detemos.
Contudo, agora vamos vender 4.400.000.000 Euros de activos, receber o dinheiro e entregar ao Estado. E a Segurança Social recebe dívida do Ministério das Finanças ao Ministério da Seg. Social. Onde é que esta situação é diferente, no seu fundamento, da situação inicial? Não é. Percebem o problema? Então pensem bem na vossa reforma.

Anúncios