Portugal caracterizado em termos culturais

Já aqui publiquei como Hofstede caracterizava um povo. Mas ele mudou completamente o site dele, quebrou os links antigos e colocou gráficos mais apelativos. Aqui ficam os de Portugal face a outros países.

Comparativamente com as potências:

Comparativamente com os países que ajudamos a criar:
(Orientação de Longo Prazo simplesmente não foi medida)
Comparativamente com Espanhóis e Alemães:
Chave:
  • PDI (Power Distance Index) –  Distância ao Poder – Mede até que ponto os membros menos poderosos de uma sociedade aceitam e esperam uma distribuição desigual do poder. Representa a desigualdade medida a partir de baixo, ou seja, aceite pela população.
  • Ind – Individualismo – A mentalidade é individualista ou colectivista? Nas sociedades individualistas, as ligações entre indivíduos são mais soltas, esperando-se que cada um seja capaz de tratar de si próprio e se precaver para eventuais adversidades. Nas sociedades mais colectivistas, as pessoas desde o nascimento que são integradas em grupos (familiares mas também profissionais ou de interesses) que são coesos, fortes, protectores e onde se espera uma lealdade inquestionável.
  • Mas – Masculinidade – A comunicação é directa e assertiva ou cheia de floreados? A sociedade é mais competitiva ou mais modesta e sentimental?
  • UAI  (Uncertainty Avoidance Index) – Atitude face  à Incerteza – A sociedade evita o risco, preferindo a certeza e o Status Quo ou aceita o risco? Despreza ou valoriza os que falharam em tentativas anteriores?
  • LTO (Long Term Orientation) – Longo Prazo – A orientação é para soluções de curto prazo ou de longo prazo? (proposta por investigadores Chineses, só disponível para 23 países)

Explica muita coisa.

Hofstede – Dimensões Culturais de um Povo

Como caracterizar um país quanto às características culturais do seu povo?

De acordo com o que aprendi no meu mestrado em Economia Internacional, Hofstede em 1980 achou a melhor resposta até à data a esta questão. Ele dividiu a sua caracterização cultural em 4 dimensões (a que mais tarde juntaram a 5ª). A saber:

  • PDI (Power Distance Index) –  Distância ao Poder – Mede até que ponto os membros menos poderosos de uma sociedade aceitam e esperam uma distribuição desigual do poder. Representa a desigualdade medida a partir de baixo e sugere que este é o nível relevante no nível de desigualdade em que se irá encontrar uma sociedade.
  • Ind – Individualismo – A mentalidade é individualista ou colectivista? Nas sociedades individualistas, as ligações entre indivíduos são mais soltas, esperando-se que cada um seja capaz de tratar de si próprio e se precaver para eventuais adversidades. Nas sociedades mais colectivistas, as pessoas desde o nascimento que são integradas em grupos (familiares mas também profissionais ou de interesses) que são coesos, fortes, protectores e onde se espera uma lealdade inquestionável.
  • Mas – Masculinidade – A comunicação é directa e assertiva ou cheia de floreados? A sociedade é mais competitiva ou mais modesta e sentimental?
  • UAI  (Uncertainty Avoidance Index) – Atitude face  à Incerteza – A sociedade evita o risco e prefere a certeza e o Status Quo ou aceita o risco? Despreza ou valoriza os que falharam em tentativas anteriores?
  • LTO (Long Term Orientation) – Longo Prazo – A orientação é para soluções de curto prazo ou de longo prazo? (proposta por investigadores Chineses, só disponível para 23 países)
Gráfico de Portugal no site do investigador original:
Na dimensão mais recente, Portugal tem uma orientação forte de CP.
Compare-se agora com Suiça e China:
 & 
E fica tudo dito, não é?
Já agora: vejam nesta imagem onde estão Portugal e Grécia por um lado e Suécia e Dinamarca por outro:
Pois…