Execução de Passadeira. Em apenas 4 semanas (!)

Execução de Passadeira.jpg

Creio que o cartaz tem um erro na palavra “horas”, na linha “Duração prevista”.

Citando João Caetano Dias: Uma passadeira. Uma. Quatro semanas para executar uma passadeira. Quatro traços, quatro semanas. Centenas de cartazes de propaganda. Uma passadeira. É o delírio.

Anúncios

O inestimátivel valor da “boa imprensa”

“Poltrões-I” de José Mendonça da Cruz (Corta-Fitas)
O túnel das Amoreiras, obra de Santana Lopes, desatou o nó da principal entrada e saída de Lisboa, apesar do que foi criticado, boicotado, troçado e atrasado. Aguarda-se com ansiedade qual será a reacção à obra de António Costa no Marquês de Pombal, complicando o trânsito e a vida a todos, reintroduzindo as bichas à entrada e à saída de Lisboa, e impondo aos condutores as manias tão típicas dos socialistas

“Boa Costa!” de João Ferreira do Amaral (31 da Armada)
António Costa é um político de quem o mundo aguarda grandes feitos, sem que o currículo permita perceber exactamente porquê. Imagine-se o que dele diriam hoje os jornais se, por exemplo, fosse membro do governo.

Mas tratando-se do António Costa, a obra era prioritária, foi praticamente de graça e o caos vivido foi da responsabilidade dos automobilistas que não sabem conduzir.