Daniel Oliveira, round 2

Depois de ter atacado displicentemente a jovialidade, a falta de barba e o “fanatismo ideológico” de alguns Secretários de Estado, Daniel Oliveira cerra agora os punhos a Alexandre Soares dos Santos, não sendo parcimonioso nos vitupérios.

Rui Albuquerque relatou o confronto. Neste combate histórico entre o snob e o merceeiro, Daniel Oliveira arremessou os primeiros golpes. Destituído de melhor argumentário, o snob recorreu às armas de que dispunha. “merceeiro” ou vendedor de “iogurtes de pedaços, bacalhau demolhado da Noruega e champôs anticaspa”, “de Oreos e rolos Renova”.

Se ignorarmos os insultos e a demagogia, o que sobra é isto:

DO_vs_AlexSS2