Nova oportunidade para os críticos de cartoons XVI

hattar

Nahed Hattar já não blasfema. Foi assassinado por um imã à porta do tribunal onde iria ser julgado por insultar o Islão, a religião da paz.

A prominent Jordanian writer was shot dead by a suspected Islamist gunman on Sunday outside the courtroom where he was due to stand trial for offending Islam by sharing a cartoon on Facebook.

Nahed Hattar, a 56-year-old intellectual from Jordan’s Christian minority, was gunned down on the steps of a courthouse in Amman in what appeared to be a religiously motivated attack.

The gunman was arrested at the scene and a Jordanian security source identified him as Riyad Ismail Abdullah, a 49-year-old imam who was wearing traditional Islamic robes at the time of the shooting.

The alleged shooter recently returned from making the Hajj pilgrimage to Saudi Arabia, the source said. The gunman is believed to have acted alone rather than as part of an organised group.

The high-profile murder is a fresh blow to Jordan’s image as a bastion of stability amid the sectarian violence that is wracking much of the Middle East and the latest in a long string of killings across the world linked to cartoons about Islam.

Mr Hattar was arrested in August for sharing a cartoon on his Facebook page which showed a jihadist smoking in bed with two women while Allah waits attentively at the window for him.

The jihadist orders Allah to fetch him some wine and take away the dirty plates while demanding the archangel Gabriel get him some cashew nuts.

Mr Hattar said the cartoon was intended to mock jihadists and their twisted interpretation of Islam but Jordan’s government charged him with insulting the faith and “provoking sectarian rifts”.

The writer rejected the charges and planned to fight the case. If convicted, he could have faced up to three years in prison. (…)

Quando o PCP é a voz mais moderada…

Perceber a Srª Doutora Ministra das Finanças Mariana Mortágua

Mariana Mortágua afirma, “do ponto de vista prático, a primeira coisa que temos de fazer é perder a vergonha de ir buscar a quem está a acumular dinheiro“. Percebamos a génese da ideia: afinal a senhora doutora ministra das finanças da geringonça é filha de um assaltante e terrorista.

O recurso do Lula

lulachora

A lula (ou calamar), ao contrário de outros animais do mesmo filo, não possui uma casca externa dura, mas um corpo externo macio e uma casca interna. Além disso, fazem parte ainda da classe dos cefalópodes (“pés na cabeça”), um grupo que também inclui o polvo, o choco e o náutilo.[1] A maioria das lulas não tem mais que 60 cm de comprimento, mas já foram identificadas lulas-colossais com catorze metros.

Fonte: Wikipédia.

Socialismo, versão africana

Foto: : NEWSSCAN
Foto: : NEWSSCAN

Quase quatro metros de Robert Mugabe.

(…) “I wanted to make it as big as possible,” he said. “This is our number one so I wanted to give it a strong impression.”

But his work was ridiculed by Zimbabweans on social media, who characterised it as: “Superman in the style of The Simpsons”.

Others suggested that Mr Benhura had committed “career suicide”. “The poor chap is probably at Chikurubi prison by now,” another wrote, referring to Zimbabwe’s best-known jail.

The unveiling came after Patrick Chinamasa, the Zimbabwean finance minister, completed a tour of Europe in a bid to secure agreement for an International Monetary Fund bail-out. The government has also announced a plan to axe 25,000 public sector jobs.  (…)

Ordem e Progresso

O meu artigo de hoje no Observador: Não teve golpe: o triunfo da ordem constitucional no Brasil

O significado do afastamento de Dilma da Presidência sem ruptura com a ordem constitucional vigente não deve ser subestimado, já que a máquina de poder do PT instalada em torno do Estado foi abrangente, meticulosa e absorvente. Face a essa máquina, só o facto de o Brasil continuar a contar com algumas importantes instituições independentes e com uma vigorosa sociedade civil possibilitou que o processo de impeachment de Dilma Rousseff pudesse decorrer de forma pacífica e ordeira.

Respeito pelas “disposições constitucionais brasileiras”

augusto-santos-silva

Muito bem, neste aspecto, Augusto Santos Silva e António Costa ao não deixarem os pilares extremistas da “geringonça” influenciarem uma vertente fundamental da política externa portuguesa: Costa vai ao Brasil e tem encontro com Michel Temer na quarta-feira

Do ponto de vista diplomático, a linha do Governo português é “afastar-se em absoluto” das questões políticas internas brasileiras, que conduziram à destituição de Dilma Rousseff do cargo de Presidente do Brasil na passada quarta-feira.

Continue reading “Respeito pelas “disposições constitucionais brasileiras””

“Não há festa como esta!”

É melhor pedir emprestado a um amigo…

Socrates_Costa2

PS pede dinheiro a dirigentes para pagar despesas

PS. É ilegal dirigentes pagarem as despesas do partido

Dilma e Temer

dilma_temer

Uma vitória para a democracia no Brasil

Dilma-Rousseff3

É oficial: Dilma afastada da Presidência do Brasil

Dilma Rousseff é afastada da Presidência do Brasil por 61 votos favoráveis e 20 contrários. Não houve abstenções. Senadores favoráveis ao impeachment cantam o hino nacional brasileiro, enquanto os defensores da ex-Presidente permanecem calados.

Michel Temer vai assumir como Presidente efetivo do Brasil e vai terminar o mandato de Dilma Rousseff até 31 de dezembro de 2018.

O que é feito dos Panamá Papers?

panama_papers_expresso

Abafaram a lista de avenças do GES a políticos e jornalistas? Por António Galamba.

Em breve decorrerão quatro meses (quatro!) desde que um semanário do consórcio de órgãos de comunicação social associados às revelações dos Papéis do Panamá – a maior investigação jornalística de sempre! – anunciou urbi et orbi que havia políticos e jornalistas avençados pagos pelo saco azul do Grupo Espírito Santo, a ES Enterprises. E quatro meses depois (quatro!), a higiénica divulgação da lista de políticos, funcionários públicos, gestores, empresários e jornalistas constantes da folha de pagamentos através de um paraíso fiscal não aconteceu.

O que terá feito esboroar toda a gigantesca encenação mediática montada em torno das revelações bombásticas dos Papéis do Panamá que tanto prometiam? A falta de zelo e de amor à profissão dos jornalistas envolvidos na investigação? O poder dos interesses em presença perante a possibilidade da divulgação dos nomes de quem estava condicionado pelo Grupo Espírito Santo? O embuste entre a documentação prometida e a que foi disponibilizada? A verdade é que quatro meses depois (quatro!), o assunto morreu, nada acontece e quase ninguém se indigna.

Over Half Who Met With Clinton as Secretary Gave Money to Foundation

050407clinton

Many Donors to Clinton Foundation Met with Her at State

More than half the people outside the government who met with Hillary Clinton while she was secretary of state gave money — either personally or through companies or groups — to the Clinton Foundation. It’s an extraordinary proportion indicating her possible ethics challenges if elected president.

At least 85 of 154 people from private interests who met or had phone conversations scheduled with Clinton while she led the State Department donated to her family charity or pledged commitments to its international programs, according to a review of State Department calendars released so far to The Associated Press. Combined, the 85 donors contributed as much as $156 million. At least 40 donated more than $100,000 each, and 20 gave more than $1 million.

A história de uma rosa do deserto

Foto: WAEL HMEDAN / REUTERS
Foto: WAEL HMEDAN / REUTERS

Sabe Deus as razões pelas quais o exercício de relações públicas a entrevista  à Primeira Dama síria, Asma al-Assad que saíu na Vogue desapareceu mas vale a pena ler o artigo de Joan Juliet Buck, My notorious interview with Mrs. Assad, the first lady of hell que revela detalhes preciosos.

Parabéns Wikileaks

FREE ASSANGE

A Wikileaks decidiu revelar ao mundo informações pessoais e financeiras de centenas de bandidos. De entre os expostos contam-se algumas vítimas de abusos sexuais, relatórios médicos  de crianças e adultos e gays.

O caso já seria muito grave e revelador do encanto da organização de Julian Assange mas o detalhe da exposição ter como palco a Arábia Saudita – esse oásis – da democracila liberal e dos direitos humanos -, apimenta a coisa.

A organização informativa está, uma vez mais, de parabéns. Nem imagino o que o jornalismo-cidadão e a polícia religiosa local serão capazes de fazer com tamanha quantidade e qualidade de informação. O mundo respirará melhor quando a liberdade da verdade completar o seu caminho.

Private lives are exposed as WikiLeaks spills its secrets.

WikiLeaks’ global crusade to expose government secrets is causing collateral damage to the privacy of hundreds of innocent people, including survivors of sexual abuse, sick children and the mentally ill, The Associated Press has found.

In the past year alone, the radical transparency group has published medical files belonging to scores of ordinary citizens while many hundreds more have had sensitive family, financial or identity records posted to the web. In two particularly egregious cases, WikiLeaks named teenage rape victims. In a third case, the site published the name of a Saudi citizen arrested for being gay, an extraordinary move given that homosexuality is punishable by death in the ultraconservative Muslim kingdom.

“They published everything: my phone, address, name, details,” said a Saudi man who told AP he was bewildered that WikiLeaks had revealed the details of a paternity dispute with a former partner. “If the family of my wife saw this … Publishing personal stuff like that could destroy people.” (…)

O FBI e os emails de Hillary

FBI descobre mais 15 mil emails que Hillary Clinton não divulgou

O FBI encontrou mais cerca de 15 mil emails que Hillary Clinton alojou num servidor privado quando era Secretária de Estado. Em 2014, já tinha entregue 30 mil emails e disse que não havia mais.

Continue reading “O FBI e os emails de Hillary”

Leopoldo Lopez ameaçado de morte na prisão

Na Venezuela – à semelhança do que habitualmente acontece nos países onde o socialismo se aproxima da sua concretização totalitária – ser oposição implica arriscar a própria visa: Líder de oposição venezuelana foi ameaçado de morte na prisão

Leopoldo_Lopez_Venezuela

As opções editoriais sobre crianças II

Rslan ym "fotógrafo" com amigos e passatempos verdadeiramente caridosos.
Rslan um “fotógrafo” com amigos e passatempos verdadeiramente caridosos.

Realidades que os media portugueses não noticiarão e que não se tornarão virais.

Syrie : la face obscure du photographe qui a immortalisé l’enfant blessé

Mahmoud Rslan, dont les images ont fait le tour du monde, ne cache pas sa sympathie pour un groupe rebelle qui a décapité un enfant, en juillet.

Leitura complementar: As opções editoriais sobre crianças.

O plano de Paulo Portas

Paulo Portas, em reacção às críticas de Manuel Monteiro: Paulo Portas em Luanda demarca-se de polémica interna no CDS-PP

“Nunca dei troco a polémicas de natureza interna, muito menos a pessoas que até já fizeram partidos contra o CDS ou saíram até do CDS. Sendo muito breve, o meu plano é sempre o das relações do Estado português”, disse Paulo Portas, em declarações à imprensa.

manel_monteiro_paulo_portas

Estrasburgo, 19 de Agosto de 2016

Judeu esfaqueado em Estrasburgo por homem que gritou “Allahu Akbar”

Ditadura fiscal não poupa ninguém

Fisco ataca casa de padres e pobres

As cartas das Finanças começaram a chegar no mês passado e dizem respeito a residências paroquiais, salas de catequese, conventos e largos existentes em frente às igrejas. Em Paço de Sousa, Penafiel, até as casas mandadas construir pelo padre Américo, fundador da Casa do Gaiato, para alojar pessoas em extrema dificuldade financeira vão, pela primeira vez em 66 anos, pagar imposto. E, em Braga, 20 padres já se dirigiram à diocese para contestar o pagamento de IMI em prédios com fins sociais e pastorais, isentos pela Concordata. Aveiro, Bragança, Leiria e Setúbal são outras dioceses em que o pagamento do imposto foi solicitado.

Leitura complementar: Quando a ditadura fiscal nos bate à porta; Da ditadura fiscal à miséria moral.

Caixa Geral de Depósitos, 2016

Serviço Público de Blogosfera: documento de apoio a futuras comissões de inquérito*. Por Rodrigo Moita de Deus.

CêGêDê. Por CCC.

A CGD e o “regular funcionamento das instituições” em Portugal

Caixa Geral de Depósitos: Governo vai mudar a lei para aprovar administradores chumbados

BCE aprovou nova administração, mas não aceita oito administradores porque a lei portuguesa impõe limitação à acumulação de cargos. O Governo diz que vai mudar a lei para a tornar menos exigente.

O acesso do Fisco a todas as contas bancárias

Bem a CNPD, mas infelizmente é praticamente certo que as reservas colocadas serão insuficientes para travar o apetite do monstro fiscal que tritura todos os direitos, liberdades e garantias que encontra pela frente: Acesso do Fisco a todas as contas bancárias. Governo invoca acordos com UE e EUA

O projeto que prevê o acesso do Fisco a todas as contas bancárias é, no essencial, uma consequência “dos compromissos internacionais com caráter vinculativo assumidos pelo Estado português”, adiantou o Ministério das Finanças ao Observador, na sequência das reservas emitidas pela Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) sobre a legalidade desta legislação que foram noticiadas esta quarta-feira.

O reforço do acesso pelo Fisco aos dados das contas bancárias é justificado com o combate internacional à evasão fiscal, através da troca de informação com autoridades fiscais de outros países.

Leitura complementar: Quando a ditadura fiscal nos bate à porta; Da ditadura fiscal à miséria moral.

Greedy super PACs and the death of the Tea Party

How We Killed the Tea Party. Por Paul H. Jossey

Greedy super PACs drained the movement with endless pleas for money to support “conservative” candidates—while instead using the money to enrich themselves. I should know. I worked for one of them.

Abusos de poder na fronteira ao serviço do INE

Operação STOP. Por José Meireles Graça.

Que não cabe nas funções da GNR coagir cidadãos a prestarem declarações fora do âmbito de processos criminais ou da realização dos fins de fiscalização do cumprimento de normas legais, ou de segurança e protecção de pessoas e bens, não carece de demonstração. E por isso o graduado que anuiu à requisição e que instruiu os seus homens para a cumprirem não entende a sua função nem os seus deveres: a ordens ilegais, se o seu cumprimento puder dar origem à prática de crimes, não é devida obediência. E mandar parar pessoas para as submeter a interrogatórios grotescos para defesa de um vago, e abstracto, interesse público, é, claramente, um abuso de poder.

Leopoldo Lopez: 14 anos de prisão por oposição ao regime

Leopoldo_Lopez_Venezuela

Notícias do socialismo real na Venezuela: Justiça venezuelana confirma condenação de líder da oposição Leopoldo Lopez

A condenação, anunciada em setembro após um julgamento à porta fechada, foi condenada pelas Nações Unidas, pelos Estados Unidos e pela União Europeia. Durante a sessão de recurso, em julho, Lopez voltou a declarar-se inocente.

A oposição venezuelana, que culpa Maduro pela situação de caos que o país atravessa, está envolvida numa batalha para o retirar do poder, através de um referendo.

A Venezuela, com as maiores reservas mundiais de petróleo, é fustigada por uma severa escassez de alimentos, medicamentos e produtos básicos, situação que tem gerado pilhagens e violência.

Rand Paul calls for indictment of Hillary Clinton

Rand Paul: CIA Annex In Benghazi Shipped Arms From Libya To Syria; Clinton Lied About It

Sen. Rand Paul says that Hillary Clinton deserves five years in prison for lying to Congress about the true nature of the CIA operation in Benghazi that was attacked by terrorists in 2012.

Rand Paul calls for indictment of Hillary Clinton

A imoralidade do imposto sucessório

Imposto sucessório: o imposto mais imoral de todos. Por Mário Amorim Lopes.

Descontadas as questões morais, o que na prática acontecerá é que quem tem grandes fortunas assegurará que ficarão devidamente blindadas numa qualquer fundação ou offshore, tal como acontece no Reino Unido (um exercício interessante para o leitor: vá até à Quinta do Lago e conte o número de casas que não estão registadas numa qualquer offshore de direito britânico). Já aqueles que só conseguiram deixar uma casa ou uns terrenos aos seus filhos ou netos assistirão à triste sina, já numa outra vida, de os ver vender os imóveis só para poderem pagar a maquia do imposto sucessório.

Roma locuta est, causa finita est

Teoria e prática de jornalismo. Por FJV.

Leitura complementar: “Ética republicana”, versão geringonça.