Antifa kills Meme

Extra: “O” Cântico.
PS: eu colocava aqui o NPC meme, mas não quero o twitter deste blog eliminado, por isso peço-vos que goglem “NPC” e vejam por vocês a esquerda a colapsar mentalmente.

Anúncios

EUA: Progressistas 8%, Conservadores 25%

O estudo é mesmo interessante. Podem consultar AQUI.

Em Portugal não se fazem questões assim…

Dilma e a sua humilhação

Dilma humilhada nas urnas após dizer que o golpe seria derrotada no voto. A falsa tese não foi comprada pela população, no Reaccionário.

O El País destaca a derrota de Dilma Rousseff para o Senado sob um prisma interessante: é a segunda derrota da petista na política. E também a segunda derrota para o mesmo fenômeno: a onda conservadora que parece ter tomado conta do país.
Isso é de fato muito complicado para alguém com a biografia da ex-presidente. Uma mulher tão insistente em suas posições (todas elas erradas), resolveu adotar a tese estapafúrdia do golpe. Um golpe apoiado nas ruas por milhões de brasileiros – incluindo ex-eleitores que se sentiram traídos ou insatisfeitos com os rumos que Dilma deu ao país.
Durante dois anos a extrema-esquerda defendeu a tese do golpe, dizendo que governo se substitui nas urnas. Durante dois anos forçaram a tese de que Dilma foi derrubada por ser mulher, honesta e acima dos interesses políticos mais mesquinhos. No final acabaram refutados pelos fatos, visto que Dilma se provou uma mulher corrupta, mesquinha e dada a diversos conchavos.
Adoro as narrativas que o PT inventa para se tentar manter no poder: a tese do golpe, a tese do patriarcado contra uma mulher, ainda por cima “honesta e e acima dos interesses políticos mais mesquinhos”. Pelo amor da Santa!
Não. Dilma caiu porque o povo estava cansado. Cansado das mentiras, das estratégias de marketing variáveis (exemplo ridículo), da corrupção, do roubo e da prepotência. Finalmente!

Quem tem mais eleitores internautas no Brasil?

Bolsonaro conta com 34 milhões de eleitores conectados à internet em comparação aos 23 milhões de Haddad

Levantamento feito pela Bites, consultoria de análise de dados e tendências, aponta que o candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, conta com 34 milhões de eleitores conectados à internet ante 23 milhões do candidato petista Fernando Haddad.

De acordo com a Bites, são essas pessoas que produzirão conteúdo nas redes sociais ou ajudarão a disseminar informações sobre os dois políticos até 28 de outubro, dia em que a votação de segundo turno será realizada.

Ouvi nos últimos dias, prefiro nem dizer de quem, mas é de um político conhecido de todos, uma caracterização dos eleitores de Trump e Bolsonaro como sendo (entre outras coisas) info-excluídos (!).

Na realidade dos 57 milhões de brasileiros que são internautas e que votaram num dos dois principais candidatos na primeira volta, 60% votaram Bolsonaro, 40% votaram no petista. Essa narrativa, como se percebe, é Fake News.

Venezuela assume-se

Venezuela de Maduro assume ser uma ditadura, no Globo:

Intervenção do Judiciário, aliado do presidente, na Assembleia Nacional configura grave ruptura constitucional e golpe de Estado.

Não se esperam comentários de Mariana Mortágua e Catarina Martins.

 

Gab sobre “The Good Censor”

Hello Everyone,

Yesterday Breitbart published a leaked internal Google briefing about the shift Silicon Valley is making towards more censorship online. This followed leaks earlier in the day from The Intercept, which show how Google is contradicting themselves in regards to the censored search engine they are building for the Chinese government. You can read the briefing that Breitbart published here: Google: “The Good Censor”.

On page 53 of this internal Google briefing, Gab.com is cited as a “challenger app” and notes how users are moving to Gab in response to the censorship of Silicon Valley. Google argues for a “European” approach to speech standards on the internet, favoring “civility” over freedom.

Silicon Valley has shown their true colors, which is why they recognize Gab.com as a threat to their control and dominance over the internet. They are rejecting the cherished internet ideals of liberty and free expression in exchange for censorship and partnerships with the Chinese government.

This is why Gab is winning and will continue to win. We are adding tens of thousands of new users every week, and our funding round is being completely powered by you, The People. In about 20 days we have raised $670,000 and will quickly meet our goal of $1.07m. We are hiring more engineers to speed up product development, make the site more user friendly, and build out our own infrastructure to escape the chains of Silicon Valley.

If you’re interested in investing and becoming a shareholder you can learn more here and invest as little as $252.

PS: developers please check out our new API.

Thanks for your continued support!

Click here to login to your account →

Thanks and remember to speak freely!

Pela minha parte, não vou investir na plataforma Gab, apesar de ter lá um perfil pouco usado. Boa sorte à Gab, porque quanto às redes sociais bem comportadas (i.e., com aplicações nas App Stores de Apple e Google), estamos conversados.

Por favor vejam o artigo e vídeo no 1º link do texto acima e deixem a vossa opinião nos comentários.