As contas da associação Capazes (2)

Desmentida fiscalização às contas da associação Capazes

O programa que atribuiu mais de 73 mil euros à associação de Rita Ferro Rodrigues garantiu que não existe uma investigação às contas da Capazes. Trata-se de uma “verificação administrativa” regular.

Anúncios

O problema da imigração

Quem inventou o problema da imigração? Por Rui Ramos.

Parece que é agora moda entre os bem pensantes dizer que não há um problema de imigração, que é tudo uma invenção daqueles políticos que não são bem pensantes, como Donald Trump, que, para se divertir, separa os filhos dos pais. Falemos portanto de quem inventou o problema.

Dizer que a imigração este ano está abaixo do pico de 2015 e que por isso não tem qualquer significado — é uma manipulação estatística grosseira. A migração legal e sobretudo ilegal para o Ocidente cresce desde a década de 1990, e não por acaso. Cresce, como é óbvio, devido ao desnível entre o Ocidente e algumas regiões próximas que não têm conseguido participar na globalização a não ser através da circulação de pessoas. Mas cresce também por causa dos cálculos e cinismos das elites ocidentais, em que uns estão tentados a resolver o recuo demográfico através da importação de mão de obra barata, e outros andam fascinados pela transformação dos migrantes em blocos eleitorais cativos (como a esquerda americana, esperançada com a expansão do “voto latino”). Sim, o problema da imigração foi criado pelos políticos, mas por políticos do “sistema” como Angela Merkel, que ao tentar fazer do descontrolo migratório uma prova de virtude provocou uma enchente em que demasiada gente se arriscou e morreu.

The media kinda forgot to cover this story under Obama (2)

The media kinda forgot to cover this story under Obama

Que a próxima seja Guantanamo

Hillary on immigrant children (2014)

Hillary 2014…Just Because Your Child Gets Across The Border…That Doesn’t Mean The Child Gets To Stay

Cuban infant mortality and longevity: health care or repression?

Cuban infant mortality and longevity: health care or repression? Por Gilbert Berdine, Vincent Geloso e Benjamin Powell.

Highlights

Cuban healthcare statistics are flawed.

The health achievements are in part the result of repressive methods.

The health achievements are in part the result of policies that are unrelated to health care provision.

Ongoing political changes in Cuba following Fidel Castro’s death offer an opportunity to evaluate his regime’s legacy with regards to health outcomes. The common assessment is that Cuba’s achievements in lowering infant mortality and increasing longevity are among the praiseworthy outcomes of the regime—a viewpoint reinforced by studies published in US medical journals (Campion and Morrissey 1993; Cooper and Kennelly, 2006)1 We argue that some of the praise is unjustified. Although Cuban health statistics appear strong, they overstate the achievements because of data manipulation. Moreover, their strength is not derived from the successful delivery of health care but rather from the particular repressive nature of the regime which comes at the expense of other populations.

Continue reading “Cuban infant mortality and longevity: health care or repression?”

As contas da associação Capazes

Contas da associação Capazes vão ser fiscalizadas

Associação vai ser fiscalizada pelo programa comunitário que lhe concedeu cerca de 74 mil euros para um projeto no Alentejo, revela Correio da Manhã.

Continue reading “As contas da associação Capazes”

Pablo Iglesias e La Roja…

La hipocresía de Pablo Iglesias con la selección española: lo que decía en 2012 y lo que dice ahora

El cambio de discurso de Pablo Iglesias sobre la selección española

Paulo Portas: jornalista, político, homem de negócios

O meu problema com Paulo Portas. Por Miguel Pinheiro.

Portas conseguiu desiludir sempre. Aos que queriam um jornalista, saiu-lhes um político; aos que queriam um político, saiu-lhes um homem de negócios. Em Angola, passou a ser MPLA desde pequenino.

Ao ler o excelente artigo de Miguel Pinheiro, com o qual estou em larga medida de acordo, recordei-me de um outro artigo que escrevi em 2016 precisamente pata o Observador: O CDS depois de Portas.

Continue reading “Paulo Portas: jornalista, político, homem de negócios”

Catarina Martins e as Descobertas

Bill Clinton, Donald Trump and the #MeToo Movement

Bill Clinton Gets Defensive, Pivots to Trump Transgressions When Asked About #MeToo Movement and Monica Lewinsky: Reason Roundup

Celebrar o SNS em contexto pós-austeridade: o caso do INEM

INEM em estado crítico: reportagem revela insuficiências graves

Ambulância do INEM incendeia-se dentro do hospital de Torres Novas

A nova moradia de Pablo Iglesias e Irene Montero

Celebrar o SNS

Falta de enfermeiros leva ao fecho de serviços no Hospital de Santa Maria
Sindicato diz que há vários hospitais em risco de fechar serviços por falta de enfermeiros
Hospital S. José vai ficar sem radiologista durante a noite
Unidade de nefrologia do Santa Maria fechada por falta de enfermeiros. Hospital diz que só mudou o piso

Hospital de São João. Crianças fazem quimioterapia nos corredores
Associação Joãozinho acusa Ministério da Saúde de “boicote político”
Problema na ala pediátrica do São João conhecido há mais de uma década
“Os doentes têm medo de se queixar, temem represálias das instituições”, diz presidente da Liga Contra o Cancro

Baratas no parlamento…

Baratas no parlamento levam à suspensão da Comissão do Trabalho

A audição da inspetora-geral da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), Luísa Guimarães, foi interrompida porque apareceram baratas e os deputados consideram que não havia condições.

 

REN, EDP e a China

Não tenho uma posição definida sobre a matéria mas acho intrigante (e porventura também revelador) que outras operações e tentativas de operações (como a compra da PT pela Altice ou a anterior tentativa de compra da PT pela Sonae, só para dar dois exemplos mediáticos relativos a grandes empresas portuguesas) tenham sido alvo de tanto debate, preocupações e intervenções políticas enquanto o controlo simultâneo da REN e EDP por empresas estatais chinesas se processa em quase absoluto silêncio: EDP: um intrigante silêncio. Por João Carlos Espada.

O assunto tem sido noticiado na imprensa, mas o silêncio político tem sido de chumbo — para além da curiosa declaração do nosso primeiro-ministro sobre a inexistência de qualquer obstáculo político à operação. Refiro-me, como o leitor já terá calculado, à proposta de compra da EDP, a maior empresa portuguesa, pela empresa chinesa denominada “China Three Gorges” (que já detém 23,2% da EDP). Recorde-se que uma empresa estatal chinesa “State Grid” é também accionista maioritária da REN, a empresa distribuidora de energia em Portugal.

Continue reading “REN, EDP e a China”

O malandro do Cavaco…

Paridade “à la carte”…

Sou, como não surpreenderá quem vai seguindo o que escrevo e digo, completamente contra qualquer obrigatoriedade legal que imponha quotas por “género” mas isto, a ser verdade, é ainda pior (além de ridículo) – uma espécie de defesa da paridade “à la carte” que descredibiliza o CDS e a sua líder Assunção Cristas: Paridade. CDS vai propor que lei não afete próximas eleições para proteger Mota Soares

CDS vai propor alterações à lei da paridade, que prevê um homem e uma mulher no topo das listas. Ideia é que lei, se for aprovada, não afete eleições de 2019. Mota Soares quer ir a 2º nas europeias.

Trumpices

Conheço um presidente que se deu muito mal com o uso indevido do Facebook. Este, como é do conhecimento geral, é o presidente mais libertário e pacifista de sempre que exerce o mandato e “envia” bombas através do Twitter. Um senhor!

Pedófilos na creche, Síria na ONU

Não virá grande mal ao mundo nem à ONU (vénia ao engenheiro Guterres), a Síria, um país com uma história, um presente e um futuro tão ricos quanto pacíficos contribuir para o desarmamento químico e nuclear do Planeta.

Syria to chair UN disarmament forum on chemical & nuclear weapons

Portugal, 2018, pós-austeridade: a quimioterapia pediátrica no Hospital de S. João

Crianças fazem quimioterapia num corredor do S. João

Pais queixam-se das condições em que os filhos recebem tratamentos no Hospital S. João e no Joãozinho. Unidade garante que tem feito melhorias.

Continue reading “Portugal, 2018, pós-austeridade: a quimioterapia pediátrica no Hospital de S. João”

A corrupção e a inquestionável superioridade moral da esquerda

Sobre a corrupção — e a inquestionável superioridade moral da esquerda. Por Luís Rosa.

A corrupção não é de esquerda nem de direita, não é católica nem protestante, não é branca nem preta e não é do norte nem do sul. A corrupção atinge todos os países, partidos e grupos sociais.

Continue reading “A corrupção e a inquestionável superioridade moral da esquerda”

A esquerda “anti-fascista” e o fascismo

A esquerda “anti-fascista” tem muito em comum com os fascistas originais. Por Antony Muller.

No final, comunismo, socialismo, nazismo e fascismo são rótulos que se unem sob o estandarte do anti-capitalismo e do anti-liberalismo. São contra o indivíduo, contra a propriedade privada, e contra a liberdade empreendedorial.

Não há sobrecarga turística em Chelas

Venham mais cinco!

Cinco anos depois, Bruno de Carvalho ainda persegue o título de campeão

Bruno de Carvalho pede desculpa e diz que é hora de “baixar a cabeça”
Bruno de Carvalho no autocarro com a equipa
Bruno de Carvalho acusa Braga de “usar a tática da ‘casa mãe’”

A atracção por ditadores

Portugal e Rússia: a “geringonça” tem as costas largas, por João Miguel Tavares. A atracção do PS por ditadores e cleptomaníacos – uma tradição que vem de Sócrates.

O Governo virou as costas aos aliados. É uma vergonha que nos sairá cara, por José Manuel Fernandes.   A diplomacia portuguesa de mãos dadas com o regime de oligarcas.

Fake news. Putin, O porteiro do Kremlin adorado por liberais variados, socialistas e integralistas lusitanos perdidos de amor por super-líderes, oferece estátuas de ditadores socialistas? A culpa é dos ingleses.

Compreender o putinismo LXXXIV

Artigo de Daniel Hannan sobre o putinismo: Putin will keep up his aggression until he encounters resistance.

(…) Putin’s experiences so far have taught him that the West is craven, sluggish, and filled with useful idiots. In the old days, the useful idiots came from the far Left. While a few of these are still around – notably the British Labor leader, Jeremy Corbyn, who seamlessly transferred his sympathy from Communist Russia to Putinite Russia – most now come from the authoritarian Right: Marine Le Pen and Geert Wilders in Europe, UKIP in Britain, and a few Trump cheerleaders in the U.S.

Putin will probe and probe until he encounters real resistance. And, so far, he hasn’t.

Sobre a contratação de Passos Coelho como professor catedrático convidado

Um artigo que vale a pena ler no Observador, para o qual contribuí (modestamente) com a minha perspectiva sobre este tema e a muito peculiar polémica entretanto gerada em torno desta contratação: Passos Coelho vai ser professor catedrático convidado. E pode?

Varoufakis e Centeno

Varoufakis acusa Centeno de insultar a Grécia​

Seria interessante confrontar comunistas, bloquistas e também a ala varoufakista do PS com estas declarações. Pela minha parte, relativamente a Mário Centeno, mantenho o que escrevi em 2015.