O atraso da Justiça é falha de governo

“Neste estado de coisas não há inocentes. O sector vive fechado sobre si próprio e o poder das suas corporações profissionais é evidente, mas os recursos públicos nesta área parecem parcos.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre o inquérito referente aos custos de contexto, publicado há dias pelo INE.

Anúncios

Meta orçamental em risco

“Uma extrapolação linear do resultado dos primeiros seis meses do ano indica que a meta para o conjunto de 2018 pode estar em risco em risco. Mas estará mesmo?”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a execução orçamental do Estado no primeiro semestre de 2018.

Os juros negativos no crédito à habitação são racionais

“A banca comercial, e o Banco de Portugal em particular, têm de se abrir e de repensar a sua forma de fazer as coisas. Precisam de sentir ar fresco. Precisam de encontrar uma outra racionalidade.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a chamada lei dos juros negativos no crédito à habitação.

O alojamento local foi torpedeado

“Ao definir quotas, o Estado estará a interferir indevidamente no processo de alocação de recursos do mercado, que se tornará menos eficiente.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre as alterações à lei do alojamento local.

O Banco de Portugal quer gerir a banca comercial

“A regulação bancária não deveria ser gerir o negócio do regulado. O Banco de Portugal deveria simplesmente zelar pelas fronteiras intransponíveis do negócio que está a regular. São coisas diferentes.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre as novas regras do Banco de Portugal para a concessão de crédito à habitação.

25 mil euros per capita de dívida pública

“A dívida gere-se sobretudo a montante. Mas, para além de ter de ser gerida, a dívida tem mesmo de ser reembolsada.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre o novo recorde de dívida pública em Portugal.

Não há consenso sobre o euro. E sobre o BCE?

“BCE tem vindo a distorcer o sistema de preços do mercado de dívida. Criou uma desconexão permanente entre os fundamentais das economias e as taxas de juro associadas às dívidas soberanas.”

Destaque do meu texto de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a reforma do euro, o BCE e o ordoliberalismo alemão.

Há greve porque a escola é pública

“Esta semana, ao ver os dirigentes sindicais vangloriarem-se dos efeitos das greves dos professores sobre os processos de avaliação dos estudantes, fiquei indignado.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre os sistemas de incentivos da política em redor da educação em Portugal.

Estado gangster

“A palavra confiança está em crise e o Estado é o primeiro a prejudicá-la.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre o niilismo ético do Estado português.

Creches para todos

“Gostando-se ou não do seu conteúdo, o documento de política para a infância do PSD trata-se de uma estratégia com cabeça, tronco e membros. É assim que se vai construindo uma alternativa.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a proposta de política para a infância do PSD.

Che casino

“Ideias desta frente eurocéptica não agradam ao statu quo. Mas estão fortemente legitimadas pelo voto democrático em Itália. Por isso, a vontade política que segura o projecto europeu está ameaçada.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a crise italiana e o futuro do euro.

O Interior movimenta-se?

“O relatório do Movimento pelo Interior é muito meritório, mas parece-me um documento que enferma, ele próprio, de uma certa orientação centralista.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre o Movimento pelo Interior e a descentralização em Portugal.

O bem e o mal comum

“A promoção da concorrência e a definição do que se não pode fazer parecem abordagens muito mais eficazes que a alternativa da micro gestão dos regulados por parte dos reguladores ou nada fazer.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre filosofias de regulação económica.

O futebol no casino financeiro

“Em Portugal, o futebol ocupa um espaço que o torna praticamente intocável. Parece ser “too big to fail”. Mas esta sensação dura até ao dia em que deixar de durar.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre futebol e finanças empresariais.

Quem protege o trabalhador?

“A tecnologia pode hoje ajudar-nos a remover a fricção e a ignorância que impede o mercado laboral de funcionar na plenitude. E o trabalhador seria o principal beneficiado.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a informação enquanto bem público prestado pelo Estado.

O socialista

“A Lei de Bases da Habitação prevê a requisição forçada (expropriação) de imóveis de propriedade privada. Viva la revolución!”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a proposta (cubana) para uma lei de bases da habitação.

Reedição de “Cataláxia” – 25 anos depois

“Cataláxia” – ou o processo social baseado nas trocas – é uma obra notável. Cada vez que releio este livro, e já o reli dezenas de vezes, reencontro a esperança, ocasionalmente ferida, de um dia almejarmos para Portugal a sociedade livre que o autor tão convictamente descreve. Uma sociedade livre de intervenção estatal e uma economia de pendor liberal porquanto “o socialista vê no indivíduo a coisa da sociedade, o liberal vê na sociedade a coisa do indivíduo” (cito Alexandre Herculano, na crónica “Herculano e o Banco de Portugal”). 

Excerto da minha introdução à reedição de “Cataláxia – Crónicas de Economia Política”. Um livro da autoria do senhor meu pai Pedro Arroja. 25 anos depois recordamos a obra original de 1993 (que é agora reeditada em papel e também em e-book). Sábado, dia 5 de Maio, às 18h00 no Edifício Heliântia em Francelos. Os leitores d’ O Insurgente serão muito bem vindos. O evento é de acesso gratuito, mas sujeito a pré-inscrição que poderá ser feita aqui.

A falácia do imposto justo

“O imposto, seja ele o IRS ou outro qualquer, é tão-só um meio de arrecadação de receitas para fazer face à despesa pública.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre o IRS progressivo e a função principal do imposto.

NB: ainda a pagar a resolução

“Como é que o conjunto pré-identificado de activos não produtivos do NB passou de uma avaliação de 7,9 mil milhões de euros (pré-venda) para 5,4 mil milhões em Dezembro passado?”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre os resultados do NB e o mecanismo de capital contingente.

O cisma de Centeno

“Somos todos Centeno? Não, não somos. Vem isto a propósito da tese do ministro das Finanças sobre a carga fiscal e o PIB como base da receita fiscal e contributiva.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre o aumento da carga fiscal em Portugal.

“A Economia e o Futuro”, 4ª feira dia 4/04/2018

Esta 4ª feira (4/04/2018) terá lugar a 3ª sessão da edição de 2018 do “A Economia e o Futuro”, uma organização conjunta entre a Faculdade de Economia da Universidade do Porto e a Ordem dos Economistas.

Os convidados serão Manuel Caldeira Cabral (ministro da Economia) e João Miranda (fundador e CEO da Frulact). Os leitores d’ O Insurgente serão muito bem vindos. A partir das 17h00 na FEP.

O défice, a Caixa e a azia de Centeno

“É uma ironia que o ministro que tanto recorreu a truques e a maus processos orçamentais, venha agora alegar que o défice de 2017 foi, afinal, uma espécie de resultado fabricado pelo Eurostat.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a CGD no défice público de 2017.

Os serviços públicos, versão 2018

“O cidadão tem de ser exigente na relação com a administração pública. É para isso que o cidadão é contribuinte: para que os serviços públicos lhe cheguem com eficiência e com qualidade.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a qualidade dos serviços públicos.

Um rearranjo nas contas do Montepio

“Este “aumento de capital” da Associação Mutualista Montepio serve para recompor o aspecto do balanço, mas não passa disso mesmo: de um rearranjo.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre activos por impostos diferidos e o caso da MGAM.

Governação interna ou factores externos?

“A evolução mais recente da economia portuguesa é resultado de algumas boas políticas de governação interna, mas é sobretudo o reflexo da conjuntura externa.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a evolução recente da economia portuguesa.