SIRESP: uma PPP à portuguesa

A história do SIRESP em números. Por Joaquim Miranda Sarmento. Do ponto de vista operacional, o contrato não tinha cláusula de fiscalização e acompanhamento da instalação dos equipamentos. Também tem um anexo (anexo nº 29) de penalizações que faz com que o valor a pagar pelo Estado apenas se reduza em casos em que o …

Continue a ler SIRESP: uma PPP à portuguesa

A imprensa espanhola volta a fazer o seu trabalho

UN PAÍS EN LLAMAS El cártel español del fuego amañó contratos de extinción de incendios en Portugal El gobierno luso pagó hasta tres veces más de lo que realmente costaba el servicio contratado. De regresso à realidade e quase uma semana após o mais grave incêndio florestal, quando é que as autoridades poderão dar informações …

Continue a ler A imprensa espanhola volta a fazer o seu trabalho

Todos à procura do D. Sebastião

O mito do sebastianismo está profundamente erraizado na cultura portuguesa, sendo profundamente irónico que, passados quase cinco séculos sobre Alcácer Quibir, ainda haja quem insista em procurá-lo. Pode ser que um destes dias tenhamos por aí uma bela manhã de nevoeiro. Enquanto o homem não aparece, ataque-se o mensageiro, ignore-se a mensagem, faça-se bullying ao …

Continue a ler Todos à procura do D. Sebastião

Alguém sabe quem é o “Miguel Abrantes” do “El Mundo”?

Não deixa de ser curiosa está súbita preocupação da esquerda com o mensageiro, como forma de descredibilizar a mensagem. Era tão mais fácil quando o anónimo se chamava “Miguel Abrantes“, e fazia marcação pessoal às pessoas à direita. O “El Mundo”, desde longa data o meu jornal favorito, com enorme simpatia, veio ajudar a matar …

Continue a ler Alguém sabe quem é o “Miguel Abrantes” do “El Mundo”?

Fogos que ardem sem se ver

O Estado não previu, nem preveniu, a possibilidade de um incêndio forte como o de Sábado passado, apesar de tal ser expectável com as altíssimas temperaturas que se faziam sentir. Todos perguntam, porque nada se fez. Mas há outro incêndio de deflagra e que poucos vêem: o fogo da dívida, seja pública ou privada. Também …

Continue a ler Fogos que ardem sem se ver

Os mortos são um pormenor

O meu texto desta semana no Observador. ‘1. Em 1958, Mao Zedong lançou o Grande Salto em Frente. Alucinadas políticas agrícolas, industriais e de obras públicas, de conceção inteiramente humana, resultaram, segundo o académico Frank Dikötter, em pelo menos 45 milhões de mortos. Qual foi a desculpa oficial apresentada pelas autoridades chinesas para a fome …

Continue a ler Os mortos são um pormenor

O dinheiro é do PS: o dador põe, o PS dispõe

Leio  o comunicado do Conselho de ministros e onde diz: Este fundo, de âmbito social, tem o objetivo de gerir os donativos entregues no âmbito da solidariedade demonstrada dando-lhe um destino coordenado de apoio à revitalização das áreas afetadas, garantindo prioritariamente a reconstrução ou reabilitação de habitações e o seu apetrechamento, designadamente mobiliário, eletrodomésticos e utensílios …

Continue a ler O dinheiro é do PS: o dador põe, o PS dispõe

25 de Agosto de 2016, António Costa, em Pedrógão Grande

Declarações feitas durante visita a Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, a 25 de Agosto de 2016 – os negritos são da minha responsabilidade: António Costa, 25 de Agosto de 2016, no belíssimo DN: António Costa defende floresta como “grande prioridade” dos próximos anos. O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje a valorização da floresta, considerando …

Continue a ler 25 de Agosto de 2016, António Costa, em Pedrógão Grande

11 anos e 1 mês depois

António Costa, mostrou-se hoje confiante na possibilidade de reduzir de forma significativa “as ignições e a área ardida” resultante dos incêndios florestais em Portugal. “Sabemos que o problema dos incêndios é complexo, mas temos metas ambiciosas e dizemos ‘não’ à renúncia ou ao conformismo. Podemos fazer bastante melhor, em comparação, por exemplo, com Espanha e …

Continue a ler 11 anos e 1 mês depois

SIRESP: é altura de pedir responsabilidades a António Costa

Síntese perfeita da reportagem da TVI, feita por um amigo: o SIRESP (Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal) funciona perfeitamente, excepto em situações de emergência. Antecipando-se a um escrutínio sério, António Costa pede respostas urgentes. Para que fique tudo na mesma.

Public Policy and Economics Summer Course – London

É já daqui a menos de um mês, na segunda metade de Julho e primeiros dias de Agosto, que terá lugar na St Mary’s University, em Londres, o Public Policy and Economics Summer Course que desenhei e dirijo conjuntamente com Philip Booth. O curso faz parte de uma nova parceria de St. Mary’s com a …

Continue a ler Public Policy and Economics Summer Course – London

Os 62 mortos e a ausência de responsáveis

Só há responsabilidade para as boas notícias? Por Rui Ramos. O fogo de Pedrógão-Grande pode ter tido as origens mais extraordinárias, mas ocorreu numa região, numa época do ano e num contexto meteorológico em que os incêndios florestais não são extraordinários. É difícil, por isso, não admitir a hipótese de ter havido uma falha da …

Continue a ler Os 62 mortos e a ausência de responsáveis

Reles é não fazer perguntas e não apontar responsabilidades só porque o governo é socialista

Enquanto os indícios de negligência se amontoam – na reação ao fogo do fim de semana (as autoridades mandaram pessoas para a estrada onde acabaram por quase morrer, bombeiros não foram enviados a tempo,…) e na prevenção (nem sei por onde começar; é ler por exemplo isto e isto; ou questionar onde se escolheu gastar …

Continue a ler Reles é não fazer perguntas e não apontar responsabilidades só porque o governo é socialista

A revolução Macron

“Notre Histoire a fait de nous des enfants de l’État, et non du droit, comme aux États-Unis, ou du commerce maritime, comme en Anglaterre. C’est à la fois un bel héritage et un héritage dangereux.” Emmanuel Macron, Révolution, p. 48. Sem que seja surpresa Macron cilindrou o partidos tradicionais franceses. Primeiro, nas presidenciais e agora …

Continue a ler A revolução Macron

Sobre a tragédia do fogo de Pedrogão Grande

Uns apontamentos iniciais. Porque se é certo que temos clima propenso a fogos florestais, e que as condições climatéricas ‘atípicas’ que não raro resultam em incêndios, de altas temperaturas e baixa humidade, são muito típicas por cá, nada nesta propensão para e regularidade de condições ‘atípicas’ nos deve levar a pensar que nada há a …

Continue a ler Sobre a tragédia do fogo de Pedrogão Grande

Mixed messages on Qatar

Qatar Buys U.S. F-15s Days After Trump Says Country Funds Terrorism Qatar said Wednesday it has signed a $12 billion deal to buy F-15 fighter jets from the United States — just days after President Donald Trump accused the country of being a “high-level” sponsor of terrorism. The announcement came after the country’s defense minister …

Continue a ler Mixed messages on Qatar