A direita que a esquerda gosta.

Há sensivelmente 10 meses, todos partidos à esquerda e o Chega votaram contra a proposta da IL de privatizar a TAP, tendo o PSD e o CDS votado abstenção. A IL votou a favor, sozinha. Em 230 deputados apenas um a favor. Passados 10 meses, depois desta trágica rejeição, os portugueses já enterraram 1700 milhões de euros nesta empresa agora nacionalizada.

Passados 10 meses, a direita que a esquerda gosta volta a repetir os erros. Há várias votações inacreditáveis do PSD, como já é hábito do partido de Rio, e o que não falta são propostas à la PCP do Chega: é antecipar idade da reforma, é recuperar todo o tempo de serviço, é subsídios de apoio, é revisões salariais… tudo para a função pública, tudo para ter votos de certas classes da função pública, enquanto o privado está asfixiado nesta crise. Propõe-se almoços grátis para toda a gente. É esta a direita que fala muito nas redes sociais e na comunicação social, mas que na prática no parlamento propõe o que a esquerda quer.

Temos um parlamento cada vez mais coletivista e estatista. Como dizia Bastiat, “o estado é a grande ficção através da qual todos tentam viver às custas de todos” e este é um parlamento onde cada vez mais, infelizmente, predomina essa mentalidade.

2 pensamentos sobre “A direita que a esquerda gosta.

  1. Olympus Mons

    Uma história que me contaram e que tenho como verdadeira.
    O dono de uma empresa de bebidas muito famosas em Portugal foi chamado à administração do CGD. Chegado lá entrou e do lado de lá da linha telefónica estava o primeiro ministro da altura. Este disse-lhe vai comprar a sua concorrente, também muito famosa e grande marca portuguesa, a CGD já tem os milhões para si para evitar que seja comprado pelos espanhóis que vão levar a produção para as suas fábricas em Espanha e só vendem cá o produto vindo de Espanha. Surpreso disse que sim e ainda hoje a fábrica e marca estão em Portugal e a crescer desde então dando empregos e lucros a muitos, muitos portugueses…

    Podia contar uma historia parecida com o fim da Air berlin, com a chamada do Ceo da Lufthansa ao deutsche bank e do outro lado estava o ministro dos transportes alemão.

    É que me irrita esta história dos libertarians, que me parecem sempre meninos de bem que também vivem em bolhas ilusórias e que não percebem que o mundo dos negócios e das economias é feito de ninjas: Quando os vês, já estás morto!

    https://barradeferro.blogs.sapo.pt/nao-e-inocente-50312

  2. Deves estar a gozar Olympus Mons…

    Quanto a IL bastou ouvir o deputado da IL a dizer que prefere Biden para se perceber o esquema. Não tem nada que ver com Liberdade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.