A Presunção do Conhecimento

Um sábio conhece os limites do seu conhecimento; já para um ignorante, o seu conhecimento não tem limites.

Depois de Mário Centeno em 2015 ter previsto a criação de emprego à unidade (!!!) com quatro anos de antecedência (o plano macro-económico do PS em 2015 previa a criação de 466 empregos em 2019 como resultado das políticas de promoção do papel da lusofonia), temos agora António Costa Silva que sozinho, em dois dias, definiu um plano para Portugal para 10 anos! (fonte)

Sem surpresa, a mesma pessoa que em 2018 afirmou que “não valia a pena investir em Portugal” (fonte) chega à conclusão que o que Portugal precisa é de “mais estado na economia” (* suspiros *).

Este planeamento central a esquadro top-down tem funcionado muito bem para Portugal que tem sido sistematicamente ultrapassado por outros países que partiram de uma base muito mais pobre: Eslovénia, Chipre, Estónia, Lituânia e Eslováquia (fonte).

Até dá quase para ter saudades da União Soviética, em que os planos quinquenais tinham a duração, passe a redundância, de apenas cinco anos.

O que este país precisa é de mais liberalismo e de menos socialismo. Acredito e confio bem mais em dez milhões de pessoas a definirem os seus próprios destinos e a fazerem as suas próprias escolhas do que em qualquer plano saído da poltrona de um gabinete ministerial.

15 pensamentos sobre “A Presunção do Conhecimento

  1. Rão Arques

    Que não deixe de ser normal questionar e responder a perguntas do povo que mais ordena.
    Sem qualquer ideia preconcebida, mas porque foi dito que o senhor é angolano e homem do petróleo com atividade não apenas no seu país, ocorreu-me a curiosidade de perguntar se António Costa Silva foi colaborador de Isabel dos Santos nos interesses empresarias e financeiros internos e externos desta senhora.
    Em caso afirmativo seria interessante saber se já terá terminado esse tipo de relacionamento.
    Estou farto de espalhar isto, e os obreiros figurantes do expediente ainda nada esclareceram, será que o vão fazer?
    Senhor Presidente, junte a sua à minha voz, dado que não só dispõe de estatuto para exigir uma resposta, como tem a obrigação de o fazer.

  2. ATAV

    Pronto. Sai mais uma dose de politiquice de meia tigela para a mesa do canto. Santa pachorra!

    Quando o PS ou alguém ligado ao PS publica planos e previsões leva pancada porque “ninguém sabe tudo nem se consegue prever o futuro”. Mas ao mesmo tempo chovem as criticas de “navegação à vista”. E assim se inaugura um novo conceito: o plano económico de Schrodinger.

    Quem critica outros por ter cão e por não ter está apenas a fazer barulho. Mais valia o João Cortez ter ficado quieto!

  3. Sérgio Gonçalves

    Portanto, em 45 anos de democracia votamos sempre à esquerda ou na social democracia (que é o mesmo que o socialismo mas com cheirinho mais agridoce) e, apesar disso, ainda acredita nos habitantes deste retângulo. Se isto não é um ato de fé maior que o milagre do Sol, vou ali e já venho.

  4. Luis

    Este é o modelo reciclado das elites aristocráticas do século XVI que se opunha ao modelo dos cristãos-novos. Resultado: falências, perdeu-se a independência,metade do Império foi à vida e os bons foram para a Holanda e para Inglaterra. Depois veio o modelo do Marquês, que se opunha ao modelo dos Jesuítas. Resultado: muita corrupção, atraso, e quando se perdeu o Brasil a miséria ficou à vista. Que modelo é este? Um poder central que regula, vigia, taxa, controla. Sectores lucrativos em regime de monopólio com preços altos e serviços medíocres. Cunha, nepotismo, captura. E o resultado é um país muito mais pobre e atrasado que os vizinhos da Europa ocidental. Em 500 anos, esta gente nada aprendeu.

  5. JP-A

    O ministro da economia está a fazer de palhaço colaborante desautorizado na praça pública e nem nota. O Costa habilidoso está a fazer aquilo em que é mestre.

  6. Eduardo Menezes

    E pensava eu que os vendedores de banha da cobra já tinham acabado.
    Com este primeiro-qualquer-coisa nada é impossível
    O governo xuxa já era grande embora não fosse grande coisa…
    Agora com 70 elementos + 1 martelo + 1 vendedor da banha da cobra bate todos os recordes do tempo de M. Soares
    Qual 44 qual quê !!!!!

  7. Eduardo Menezes

    Valha-me Deus
    Um governo com 70 membros (+ 1 martelo) e centenas de assessores que se declara incompetente para fazer um “Programa de Recuperação” e chega 1 independente e faz esse programa em 2 dias só pode ter 99,9% de apoios nas sondagens à boa maneira dos países comunistas

    (e ainda querem maior prova de mediocridade?)
    Votem neles, votem

  8. Antonio Msrques

    A Portugal falta um povo sério empenhado e que assuma compromissos!
    O que temos é ligeireza e pelintrice, além da pedincha habitual! Os políticos oriundos das pseudo Elites funcionárias chafurdam na miséria das suas convicções ideológicas duma ignorância extrema!

  9. Miguel Santos

    ATAV, numa empresa é comum demorar-se dias ou semanas para elaborar propostas técnicas e financeiras para um concurso para um determinado projeto.
    Este senhor elaborou um plano para um país, para 10 anos, em 2 dias!!
    O problema é que, tal como você aparentemente, muitas pessoas acham isto “normal”, o que ajuda a explicar porque é que o país cada vez se afunda mais.

  10. ATAV

    Miguel Santos

    A questão não se o plano do homem foi realizado depressa demais. Eu também acho que isso é uma treta pegada. É que as pessoas por aqui criticam quando há um plano mas no dia seguinte dizem que que o governo está sem rumo, que falta ímpeto reformista ou uma treta do género.

    Criticam quando há e quando não há. Resumindo, a substância não importa, apenas estão contra por questões tribais. Politiquice barata e argumentos de trazer-por-casa.

    “O problema é que, tal como você aparentemente, muitas pessoas acham isto “normal”, o que ajuda a explicar porque é que o país cada vez se afunda mais.”

    Olha, mais um comentador insurgente que lê e ataca aquilo que eu não escrevi. Brincar com espantalhos é o que não falta nesta casa..

  11. Eduardo Menezes

    A mesma pandilha agora acrescentada com um vendedor de banha da cobra:
    Fazer um plano nem que fosse para jogar aos matraquilhos em 2 dias,…. grande é a marosca…..
    O 100tino ser posto na rua em Junho (como todos os analistas e partidos da oposição diziam) e falarem numa lei que só permite a um ministro ir para o BP 5 anos depois de sair do governo, mega marosca está para acontecer.

  12. “É que as pessoas por aqui criticam quando há um plano mas no dia seguinte dizem que que o governo está sem rumo, que falta ímpeto reformista ou uma treta do género.”

    Mas tu próprio dizes que isto não é um plano…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.