Vergonhosa ineficiência parlamentar: uma hora gasta em votos da treta (e 3 votos errados do Chega)

Publiquei ontem o texto que deixo em baixo no twitter (adiciono agora algumas notas importantes no fim!). Como algumas pessoas me pediram para partilhar este mini texto noutras redes (pelo desconhecimento que há sobre o assunto) deixo aqui também no blog:

“No Parlamento há votações das iniciativas legislativas e depois há também Votos (algo simbólico). Os votos devem ser usados para temas com verdadeiro simbolismo. No entanto, só no plenário de hoje há + de 40 votos! Assistimos a uma banalização total dos votos.

Dou alguns exemplos:

  • Votos do Chega, PCP e BE a congratular/saudar os trabalhadores da Autoeuropa
  • Voto do PAN sobre os elefantes no Camboja
  • Votos de saudação a uma porrada de aniversários e dias internacionais disto e daquilo vindos do CDS, PS, PAN, PSD, BE e até uma saudação pelo Dia Mundial do Solo vinda do Livre

A Iniciativa Liberal felizmente não apresenta voto algum hoje. Podia apresentar como já o fez em casos que achamos terem importância. Não vamos apresentar votos por tudo e por nada. Não vamos contribuir para a brincadeira. Estamos aqui para trabalhar a sério. Não é para fingir que trabalhamos. Não trabalhamos para falsas estatísticas.”

Vamos às importantes notas adicionais:

Nota 1: O tempo perdido com os votos é uma ineficiência brutal na actividade parlamentar. Só ontem foi quase uma hora no plenário (somado às horas que os deputados e respectivos staffs perderam a ler e analisar os votos antes do plenário).

Nota 2: Ontem, das cerca de 4 dezenas de votos quase metade – 17 – eram do Chega e sobre variados temas. Destes 17, no mínimo 3 deveriam ter sido rejeitados por terem erros, o que demonstra que a falta de preparação técnica do Chega continua (como já tinha acontecido noutros casos, embora sem grande eco na imprensa). A identificação destes 3 erros foi, e bem, explicada aqui. No entanto, dos 3 votos do Chega com erros apenas 1 foi rejeitado pela mesa presidida por Ferro Rodrigues. Neste caso Ferro até ajudou Ventura.

Nota 3:  Já há a hipótese pública – com a qual concordo – de introduzir nos trabalhos de revisão do regimento da Assembleia da República um mecanismo de triagem aos votos. Actualmente qualquer voto por mais estúpido que seja vai ao plenário, sem passar por qualquer comissão, sem haver qualquer limite ao seu número e sem necessidade de consenso entre deputados/grupos parlamentares (daí que haja muitas vezes vários votos sobre o mesmo tema e na maioria dos vezes o próprio tema é, a meu ver, ridículo. Como saudar o dia internacional disto e daquilo). Acho muito bem que se introduza um filtro no processo, caso contrário isto vai continuar. E isto, também, é uma vergonha.

Resultado de imagem para parlamento
Parlamento leva uma hora a deliberar 42 votos de pesar, condenação ou saudação

8 pensamentos sobre “Vergonhosa ineficiência parlamentar: uma hora gasta em votos da treta (e 3 votos errados do Chega)

  1. Este artigo corre o risco de ser também um treta inútil de calibre igual ao dos votos da AR. E qualquer ataque (mesmo se vier do IL) sem assunto real ao Chega só lhe dá mais votos. Que começam a ser merecidos…

  2. Filipe Bastos

    “Vergonhosa ineficiência parlamentar”

    Em três palavras o Sr. Blanco demonstra dois mal-entendidos:

    1) Não é a ineficiência que é vergonhosa; é o paralamento em si mesmo. Tudo nele é vergonhoso, todo ele é uma vergonha. A questão vai além dos votos, do Chega, do PAN ou doutra coisa qualquer. É todo o bordel paralamentar, todo o esgoto partidário.

    2) Em tal casa qualquer noção de ‘eficiência’ é absurda. Quando diz que “está aí para trabalhar a sério” refere-se a quê? Como acha que 99% dos cidadãos encaram esse ‘trabalho’ e o que dele resulta?

    Essa treta dos Votos é paradigmática: por que carga d’água hão-de os deputedos apresentar ‘votos simbólicos’, seja pelo que for? A IL “já o fez em casos que achamos terem importância”; mas qual importância? Importância para quem, para quê?

    Para saudar, para lamentar? Bardamerda: acham que isso é algum bar onde vão fazer brindes parvos? Que interessa ao resto do mundo o que aí se saúda ou lamenta? Isso contribui um só grama, muda um milímetro que seja? E acha que basta ‘introduzir um filtro’, em vez de acabar com esse festival de narcisismo chulo e inútil?

  3. “O tempo perdido com os votos é uma ineficiência brutal na actividade parlamentar. Só ontem foi quase uma hora no plenário (somado às horas que os deputados e respectivos staffs perderam a ler e analisar os votos antes do plenário). ”

    Mas isso é fantástico, “ineficiência brutal na actividade parlamentar.” é uma excelente coisa!

    Enquanto estão a votar nos elefantes brancos do Sião não estão a votar para aumentar impostos, mais regras, que coisas podemos comer ou não, o nível de sal na sopa, etc..

    A Iniciativa Liberal deve fazer tudo para aumentar a ineficiência parlamentar.

    Não me digam que a Iniciativa Liberal vai chegar ao fim da legislatura e dizer toda orgulhosa que ajudou a aprovar mais 200 leis…

  4. Filipe Bastos

    «E veja-se a Sem-Vergonha do Presid. da A. da R. que preside ao Orgão Legislativo e se “está cagando para o Segredo de Justiça”»

    O Ferro é o tipo certo no lugar certo: uma madame adequada ao bordel paralamentar, a cereja no bolo deste regime podre.

    É talvez o presidente mais grotesco (até ver), mas nas últimas décadas a Casa da Partidocracia teve sempre figuras adequadas. os xuxas Almeida e Gama, a D. Mota Amaral, a dondoca mamona Assunção. O nível é alto.

    O autor do post, Bernardo Blanco, parece ser jovem. Talvez ainda não veja o absurdo de criticar a ‘ineficiência do parlamento’ (só) por causa dos votos; ou talvez esteja ainda inebriado por lá estar, através da IL, e tem de o levar a sério para elevar o seu próprio trabalho a coisa séria.

    O Lucky vê e percebe este absurdo. Ninguém quer este paralamento ‘eficiente’: nada de bom ou de útil sairá de tal esterqueira.

  5. Eduardo Menezes

    Por favor, não repita os vocábulos VERGONHA e VERGONHOSA que o senhor ferrugento não gosta e lhe causam azia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.