Descomplicar Portugal, Votar Iniciativa Liberal

Deixo aqui o meu texto de hoje no Observador

Um excerto:

Quase um em cada dois euros produzidos pelos portugueses vão para o Estado. Temos hoje um Estado obeso, com tentáculos em quase todos os campos da nossa vida, que vive à custa de uma carga fiscal em máximos históricos.

Criou-se em Portugal a ideia errada de que a solução liberal de cortar o peso do Estado para fazer a economia crescer implicaria cortar nos serviços essenciais. Mas, se é esse o caso, como é que países como a Holanda e a Irlanda, com melhores serviços e níveis de vida do que nós, têm níveis de despesa mais baixos que o nosso? A verdade é que há muitas coisas no Estado que é preciso desconstruir. Há muito onde se pode cortar para poupar dinheiro aos contribuintes e fazer a economia crescer. 

Resultado de imagem para reduzir o estado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.