Portugal: O Quarto País da OCDE com os Impostos Menos Competitivos

A organização Tax Foundation publicou hoje o estudo International Tax Competitiveness Index 2019 em que revela que Portugal é o quarto pior país da OCDE (só acima da França, Polónia e Itália) em termos de impostos – algo que desencoraja significativamente toda a actividade económica: o trabalho, a poupança, o consumo e o investimento.

Na imagem abaixo, pode-se observar o ranking dos países Europeus que fazem parte da OCDE.

É curioso observar que no topo da tabela, com os impostos mais baixos e portanto mais competitivos, se encontra a Estónia, um país que é tem sido sistematicamente referido – e bem – pela Iniciativa Liberal como um bom exemplo a seguir.

Se analisarmos o crescimento do PIB per capita desde 2000, enquanto que Portugal regista um crescimento de apenas 8%, a Estónia registou um crescimento de 91%.

Ainda sobre a Estónia, a sua estrutura de impostos é a seguinte (fonte e fonte):

  1. Taxa Única (flat-rate) de 20% sobre os rendimentos individuais (o equivalente ao IRS)
  2. Uma taxa de 20% sobre os rendimentos das empresas (o equivalente ao IRC), sendo que este imposto apenas incide sobre lucros distribuídos e que os rendimentos distribuídos não contam para o rendimento individual.
  3. O imposto sobre propriedades imóveis (o equivalente ao IMI) incide apenas sobre o valor do terreno, e não sobre o valor dos edifícios.
  4. Uma taxa normal de IVA de 20% e uma taxa reduzida de 9%.
  5. Tem um sistema que isenta de impostos locais os lucros obtidos no estrangeiro  por empresas nacionais (com raras excepções).

Há de facto, alternativas melhores ao socialismo.

Anúncios

8 pensamentos sobre “Portugal: O Quarto País da OCDE com os Impostos Menos Competitivos

  1. Gaius Octavius

    É pena que os socialistas e os cripto e neo-comunistas que em Portugal gostam de ser chamados de “sociais-democratas” e apontam as sociais-democracias nórdicas como o exemplo a seguir (porque apontar Cuba e Venezuela não seria uma boa estratégia de marketing, concedo) não pugnem honestamente por uma sociedade mais similar à dos países nórdicos nesta matéria. Mas se o fizessem não seriam comunistas. E talvez nem seriam de esquerda.

  2. Filipe Bastos

    O Francisco Colaço traz boas memórias: os textos do VPV e O Independente. A Comissão para a Preservação da Casa Portuguesa é fictícia (espero), mas evoca inúmeros casos reais, como o inesquecível Plano Nacional de Promoção da Bicicleta e Outros Modos Suaves. Fui à procura dele:

    “A Resolução da Assembleia da República n.º 3/2009 veio recomendar ao Governo a realização de um Plano para a Promoção da Bicicleta e Outros Modos de Transporte Suaves.
    Segundo a resolução, aprovada por unanimidade na Assembleia da República … o Despacho Interministerial n.º 11125/2010 veio criar um Grupo Interministerial para a concretização deste objetivo – a realização de um Plano Nacional de Promoção da Bicicleta e Outros Modos de Transporte Suaves.”

    E foi assim que entre 2010 e 2012, em pleno resgate da Troika, enquanto gozávamos a 3ª bancarrota em 35 anos, incontáveis ‘grupos de trabalho’ usaram inescrutáveis horas e milhões a gizar o mirífico Plano – que está, para deleite e instrução da populaça, disponível online.

    Começa assim, prenúncio das delícias por vir: “A iniciativa de elaboração de um Plano Nacional da Promoção da Bicicleta e Outros Modos de Transporte Suaves – doravante designado por Plano de Promoção da Bicicleta e Outros Modos Suaves…”

    Sempre fomos especialistas em ‘iniciativas’ – é como os ‘desafios’, i.e. tachos – mas no governo do Trafulha, antes deste se pirar para Paris, provavelmente atingiu-se o zénite. Este estouranço de fundos públicos, com esta calma e este saber, é uma arte.

  3. Mv

    Volto a pedir para corrigir a gralha no texto. Em vez de “o pior quarto’ não deveria ser “o quarto pior”?
    Caso contrário fico com uma dúvida: é melhor ser o pior quarto ou o melhor quinto?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.