Carta da Autoridade Extorsionária

A existir uma votação para a melhor campanha eleitoral, creio que, tendências políticas à parte, a Iniciativa Liberal ganharia com maioria absoluta. Um exemplo disso é a carta da abaixo remetida pela “Autoridade Extorsionária” endereçada ao Senhor Contribuinte.

Certamente que mesmo os contribuintes mais diligentes no cumprimento das suas obrigações fiscais estarão familiarizados com o aperto no coração que sentem sempre que recebem uma carta deste género remetida pela Autoridade Tributária.

4 pensamentos sobre “Carta da Autoridade Extorsionária

  1. ATAV

    O partido dos memes volta a atacar! E vejo que para além de pretenderem roubar o eleitorado do CHEGA!, estão a utilizar a cartilha do PNR. Segundo o PNR Portugal é um antro de criminalidade violenta e há um meliante em cada esquina à espera de vitimizar o cidadão. Para a IL é igual só que é um cobrador de impostos que está à coca…

    A foice no canto superior esquerdo é especialmente vergonhosa. Como se impostos altos e a ferocidade do fisco fosse exclusivo do comunismo. Nunca devem ter ouvido falar da carga fiscal nos países nórdicos…

    Mas tenho que dar a mão à palmatória e reconhecer que a IL é bastante criativa.

  2. Sobre os altos impostos dinamarqueses:

    All income from employment or self-employment is taxed at 8% before income tax. This tax is termed a “labour market contribution” (Danish: arbejdsmarkedsbidrag) or colloquially a “gross tax” (Danish: bruttoskat). Income below DKK 46,200 (USD 7,000) (2019-level, adjusted annually) is income tax-free, but subject to the gross tax.[9]

    The state (i.e., national) income tax has two income brackets (bottom and top). In 2019 income above DKK 46,200 is taxed at 12.16% (bottom-bracket rate), and income above DKK 513,400 is taxed an additional 15% (top-bracket rate).[9][10] In 2016, around 10% of all tax payers had sufficiently high taxable incomes to be eligible for the top-bracket tax.[11]

    7,5 DDK são aproximadamente igual a 1 EUR.

    Pouco progressivo, não é?

    O imposto municipal anda pelos 25%, mas tem importantes deduções, sendo que se paga efectivamente cerca de 1/3 a 2/3 disto na maioria dos lares.

    A maioria dos lares anda a pagar 25% no total. Eu pago mais por cá, e não ganho tanto quanto um dinamarquês. O TECTO FISCAL É OBRIGATORIAMENTE 52,05%. AQUI TEMOS UMA RUBRICA COM SOBRETAXAS QUE EXCEDE ISSO SEM TEXTO FISCAL.

    O imposto sobre os rendimentos provenientes de lucros é 22%. Aqui 28,5%.

    O tal socialismo de lá, apesar de tudo, aprece melhor do que o real socialismo vacum-aviano de cá.

  3. ATAV

    Francisco Miguel Colaço

    A Dinamarca não é o único pais nórdico. A Suécia, Noruega e a Finlândia têm carga bastante mais pesadas que a Dinamarca. Mesmo assim um máximo de 52% de imposto sobre o rendimento é mais do que a taxa máxima de IRS por aqui (48%).

    “7,5 DDK são aproximadamente igual a 1 EUR.

    Pouco progressivo, não é?”

    Coeficiente de Gini Dinamarca: 1997 – 20.0; 2017 – 27.6

    É o que dá quando se elegem políticos liberais como o Rasmussen para reduzir a progressividade dos impostos e se acabar com o imposto sucessório. É o “sucesso” das politicas liberais que andam lentamente a corroer o modelo nórdico. Mas depois vêm dizer que o liberalismo criou o modelo nórdico. Santa pachorra!

    “A maioria dos lares anda a pagar 25% no total. Eu pago mais por cá, e não ganho tanto quanto um dinamarquês.”

    Você ganha mais que 80% dos portugueses. É por isso que paga o que paga. Estava à espera do quê? E não me venha para aqui dizer que é da classe média… Comparar com o salário de onde países onde o nível de vida é mais caro e os salários são superiores é desonesto. Se fosse viver para um pais nórdico com rendimentos equivalentes pagaria muito mais.

    “O imposto sobre os rendimentos provenientes de lucros é 22%. Aqui 28,5%”

    Estes valores estão incorrectos.

    Aqui o IRC é de 21% no Continente, 20% na Madeira e 16.8% nos Açores + a derrama. Sem contar com os 5% da Zona Franca da Madeira. E os rendimentos de capital são taxados a 28% excepto quando estão relacionados com offshores e “contas Jumbo”. Ai já são a 35%

    Na Dinamarca o IRC é de 22% e os rendimentos de capital são progressivos: 27% no escalão mais baixo (para valores abaixo de 6666 euros) e 42% no escalão mais alto.

    Não são propriamente impostos baixos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.