Campanha Eleitoral Financiada Pelos Contribuintes

Muito interessante o gráfico abaixo retirado daqui que revela os orçamentos dos diferentes partidos com assento parlamentar para a campanha das eleições para o parlamento europeu.

É curioso observar que a grande maioria dos partidos esperam que as subvenções estatais, pagas com o dinheiro de todos nós contribuintes, cubram a maior parte do orçamento da campanha eleitoral. Mesmo o CDS-PP que não prevê receber ajudas estatais, tem despesa orçamentada suficiente para poder vir a beneficiar delas caso venha a eleger um deputado, de acordo com a lei eleitoral.

E ainda dizem que não há margem para cortar nas despesas do estado.

Relativamente aos partidos “mais pequenos”, o orçamento é o seguinte (fonte e fonte):

  • Chega / Basta – 500 mil euros de orçamento, prevê receber 400 mil euros de subvenções estatais.
  • Aliança – 350 mil euros de orçamento, prevê receber 350 mil euros de subvenções estatais.
  • PDR – Partido Democrático Republicano – orçamento de 62.500 euros, não prevê subvenções estatais.
  • Iniciativa Liberal – orçamento de 28.000 euros, não prevê subvenções estatais. Aliás, tanto quanto tenho conhecimento é o único partido que assume publicamente que não aceitará subvenções do estado para a sua campanha eleitoral, mesmo no caso de eleger um eurodeputado (fonte).
  • PCTP-MRPP – orçamento de 16.000 euros, não prevê subvenções estatais.
  • Livre – orçamento de 11.650 euros, não prevê subvenções estatais.
  • PURP – Partido Unido dos Reformados e Pensionistas – orçamento de 5.000 euros, não prevê subvenções estatais.
  • PNR – Partido Nacional Renovador – 1.800 euros de orçamento, não prevê subvenções estatais,
  • PTPPartido Trabalhista Português – 1.000 euros de orçamento, não prevê subvenções estatais.

De entre os “partidos pequenos”, destaque para os orçamentos a coligação Basta e para o partido Aliança com um orçamento superior ao do CDS-PP e que contam cobrir na sua grande maioria com subvenções estatais.

De referir ainda que além da imoralidade das subvenções estatais, estas subvenções servem para defender e proteger os partidos grandes já confortavelmente instalados no mundo político português e para criar barreiras à entrada de novos partidos.

Leitura complementar: Europeias. Partidos contam gastar 4,9 milhões de euros na campanha eleitoral

Anúncios

7 pensamentos sobre “Campanha Eleitoral Financiada Pelos Contribuintes

  1. Sérgio Gonçalves

    João, não tarda aparecerão os defensores disto a dizer que só assim se garante que os partidos não têm lobbies como acontece nos EUA…

  2. Prova Indirecta

    Esqueceu se de referir o financiamento particular , parece que agora é oficial , já nao há tecto para oferecer viagens a essa gente denodada…

  3. É estranho que o CDS não conte eleger nenhum deputado, que é a condição para ter acesso a fundos públicos aos quais o partido recorre habitualmente.

  4. Actualizei o artigo para reflectir o accesso a fundos públicos por parte do CDS e para colocar a nota de que a a Iniciativa Liberal não aceitará subvenções estatais, mesmo que eleja um deputado.

  5. Estranho que a Iniciativa Liberal não aceite os fundos.

    Qual a diferença para um funcionário publico que não concorda com a política do Ministro, para o polícia que tem de fazer cumprir uma lei com que não concorda, para o Juiz que tem de aplicar uma lei com que não concorda?

    Não falo do Comunista, Bloquista, Marxista que fazem negócios de livre vontade com os “grande grupo económicos” que querem destruir. A relação é de livre vontade.

    A Iniciativa Liberal e os seus membros são forçados a contribuir por via da lei.,Têm todo o direito moral e ético de receber os fundos ao mesmo tempo que têm a obrigação moral e ética de votar sempre contra a existência desses fundos.

  6. Simões Álvaro

    E AINDA … MAIS… as poartes “MAQUIAS” despodoradas que o Governo anda a GASTAR descaradamente e só por caprichos com Viagens, Festins, Jantares, Inaugurações ou Visitas, fantochadas e Populistas… às nossas CUSTAS e com os roubados Impostos e taxas sobre combustíveis e demais … Oportunista, CHULOS…

  7. Pedro Marques

    A coligação BASTA também não prevê Subvenção Estatal no orçamento entregue à Entidade de Contas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.