A Melhor Razão De Sempre Para Uma Ministra Não Responder A Uma Pergunta

Podem observar no clip abaixo a Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, a revelar toda a sua classe e todo o respeito que tem pelas instituições democráticas deste país.

#nãomeapetece

Anúncios

7 pensamentos sobre “A Melhor Razão De Sempre Para Uma Ministra Não Responder A Uma Pergunta

  1. JP-A

    Se isto acontecesse na Alemanha as TVs colocavam-lhe a trunfa em emissão e no espaço de 30m estava na rua, só que a nossa comunicação social é mansa, colorida, e gosta de se coçar com os problemas das novas tecnologias e das fake news. Só que o problema é outro – passam-se coisas neste país que davam logo enjaulamento, mas eles não sabem. Persistem pela omissão.

    Sabem quem foi a deputada que há dias votou sozinha entre as dezenas do seu grupo e entre os portugueses contra a lei de proteção aos denunciantes no Parlamento Europeu? Passou?

  2. André Silva

    Quer se queira quer não, quer se goste quer não, cada país (EM DEMOCRACIA – tem sempre e exactamente aquilo que merece. Portugal não é excepção.

    Triste é apenas aquelas que sendo hoje em dia uma minoria têm igualmente de levar com estas animais, dos quais esta Ministra é um espécime dos mais repulsivos.

  3. Bom, já o deputado tem muita sorte de a ministra não lhe ter roubado o microfone – como o seu marido ministro fez há anos a Paulo Núncio. O estilo de todas esta camarilha é um nojo e a substância é repugnante.

    Mas tentemos agora um esforço de imaginação: o que faria a comunicação social e os profissionais da indignação nas redes sociais se um qualquer ministro de Passos Coelho se recusasse a responder por “não lhe apetecer”? Quantos minutos até que ele tivesse de ser demitido?

    O problema é isto ser uma prova (mais uma…) da impunidade gozada por esta quadrilha: fazem o que querem, como querem, com quem querem porque sabem que não terão de prestar contas a ninguém. Nem a um presidente da república cúmplice, nem a uma comunicação social prostituta, nem a um povo que, ao contrário do que o castiço Pinheiro de Azevedo disse, não é sereno: é manso.

  4. José Silva Pereira

    Isto é trans-fronteiriço : este coiro é directamente proporcional à Calvo e à Lola “Trifálica” , “súcias” que fazem de ministras do governo do “Falconeti” do lado de lá do Caia…
    A ver se as próxims eleições levam de enxurrada toda esta podridão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.