A direita não devia apoiar a recandidatura de Marcelo

Para não fugir à regra, mais um claro e sólido artigo do André Abrantes Amaral no Observador.

 Marcelo não só representa o atavismo da sociedade portuguesa, com a leviandade e a futilidade que caracteriza a forma como exerce o cargo (e que tanto jeito dá à esquerda), como entra em contradição com a necessidade de abertura do país a uma alteração comportamental e a um corte profundo com a protecção injusta atribuída a certos sectores.

[…] PSD e CDS ainda não perceberam que o eleitorado que representam em 2019 não é o mesmo de 2009. Não perceberam estes partidos, nem parece que o tenha percebido Marcelo.

Anúncios

2 pensamentos sobre “A direita não devia apoiar a recandidatura de Marcelo

  1. Antonio Maria Lamas

    Concordo com o André Amaral.
    Não será difícil arranjar um bom candidato.
    Proponho o Pedro Passos Coelho, porque quando chegar à altura das eleições para PR. o povo já terá plena consciência do que foi a (des)governação da troica esquerdista “abençoada” pelo pelos afectos.

  2. Prova Indirecta

    Marcelo furta-se às perguntas difíceis , o incómodo é visível : só brilha na vacuidade e no improviso .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.