Parem de enterrar dinheiro dos contribuintes em bancos

“Custo dos apoios à banca já atinge 9000 milhões de euros”. Onde andam o BE e o PCP (e o próprio PS) indignados com este Governo ?

Para mim, enquanto liberal, a solução não é andar a salvar bancos (como PS e PSD/CDS têm feito), nem é nacionalizar bancos (como BE e PCP querem). É obviamente separar os privados do Estado. Mercado livre implica lucros privados e prejuízos privados. Não devemos andar a salvar negócios que falham. Convém é perceber porque falharam (e se havia ilegalidades pelo meio é ir à Justiça). O incentivo que é dado ao dizer “se falires salvamos” é este: “faz o que quiseres aí no teu banco, dá crédito a empresas amigas em grandes dificuldades e arriscadas… se isso for à falência nós vamos buscar dinheiro de impostos e salvamos o teu banco, pá”. Uma coisita chamada moral hazard.

Nos últimos 10 anos já pusemos mais de 20 mil milhões dos contribuintes em bancos (perdas contabilizadas já iam nos 18 mil milhões, se não estou em erro, só até 2017 e pode haver mais ainda).

De realçar ainda que esta semana saiu um relatório do Banco Central Europeu que “aponta a disponibilidade do Estado para resgatar bancos com perdas acentuadas como uma explicação para a atribuição de créditos da banca privada a empresas em dificuldades. Na prática esses créditos eram uma forma de os bancos empurrarem o assumir de perdas para mais tarde”. Moral Hazard lá está.

 

Anúncios

2 pensamentos sobre “Parem de enterrar dinheiro dos contribuintes em bancos

  1. Fernando Franco

    Mercado livre implica lucros privados e prejuízos privados. Não devemos andar a salvar negócios que falham.

  2. AB

    O que acontece quando um banho tem um capital social de 3500 milhões, e depósitos de 46000 milhões? Se falir perdem-se 3500 milhões ou 46000 milhões?
    Qual é a solução menos penalizadora para a economia? Assumindo que o fundo de garantia não tem nem de longe meios de ressarcir os depósitos?
    Como é que o cidadão comum consegue avaliar a solvabilidade dum banco? No caso BES foram dadas todas as garantias pelo BdP, CMVM, e até pelo PR.
    Se o regulador mente, quem pode ter confiança no sistema?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.