Execução de Passadeira. Em apenas 4 semanas (!)

Execução de Passadeira.jpg

Creio que o cartaz tem um erro na palavra “horas”, na linha “Duração prevista”.

Citando João Caetano Dias: Uma passadeira. Uma. Quatro semanas para executar uma passadeira. Quatro traços, quatro semanas. Centenas de cartazes de propaganda. Uma passadeira. É o delírio.

Anúncios

9 pensamentos sobre “Execução de Passadeira. Em apenas 4 semanas (!)

  1. Manuel Assis Teixeira

    Penso que essa obra será executada pelo genro do homem de Pirescoxe! Daí o prazo! Está a mudar 7 lampadas em Loures! Portanto temos que considerar o prazo razoavel!

  2. sam

    Em abono da verdade: quem conhece aquela rua e a localização prevista percebe que a execução da passagem de peões não poderá ser apenas questão de uma mera pintura. Calculo que aquela parte da estrada vá ser elevada, e se tenham ainda de criar lombas de aproximação e um abrigo na zona central da travessia. Sem isso, e uma sinalização eficiente, os atropelamentos serão uma constante.
    Dito isto, também todos sabemos que em Lisboa tudo pode acontecer…

  3. JP-A

    Há uns anos o canal de TV da factura da eletricidade demorou talvez mais de dez dias a descobrir que o logo do canal ficava por cima da informação útil que aparecia nas imagens das provas dos jogos olímpicos, incluindo as de fundo, e a passá-lo para o outro lado. A TVE mudava isto na hora talvez há décadas, nas transmissões do dia-a-dia, e sem “doutores”.

  4. Quando a Câmara de Lisboa se prestar a limpar as folhas de árvore dos passeios, a central de propaganda há-de igualmente fazer uma enorme campanha de cartazes – por cada uma das folhas apanhadas.

  5. Luís Lavoura

    Todas as noites a Câmara de Lisboa pinta montes de passadeiras sem pôr avisos e demorando poucas horas.
    Se neste caso colocam um aviso e planeiam demorar semanas, é porque não se vão limitar a pintar o chão. Vão fazer mais alguma coisa, que presumivelmente perturbará seriamente o tráfego.

  6. A. R

    Não é uma passadeira qualquer: não sejam haters. É uma passadeira toda ela tricotada em Arraiolos com as mais finas lãs com o pelo que Vara e Sócrates raparam aos portugueses.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.