Trump & Melania – Versão Tuga

O Presidente Populista, que adora e é adorado pelo povo comum, distribuindo beijos e abraços, sorrindo, e sendo ovacionado pelas ruas. A mulher apreciada pelo povo, bonita mas não oferecida, com boa imagem projeção nos media. Uma união que projecta a carreira dela e valoriza a imagem dele.

A América tem o Presidente populista casado com a modelo Melania.
Portugal tem o Presidente populista amigado com a super Cristina.
Pela minha parte, de empreendedor para empreendedor, Parabéns Cristina!
Quanto a Marcelo: critique menos Trump. Ou então distancie-se. Consistência, pf.

49864520_10211182251311102_7175710945006583808_n

iu.jpeg

iu.png

img_828x523$2017_01_26_09_38_28_32026.jpg

E ainda: Marcelo salva Cristina; Cristina rendida a Marcelo.

Anúncios

14 pensamentos sobre “Trump & Melania – Versão Tuga

  1. ATAV

    Ricardo

    Tanto quanto sei, o Marcelo até agora não anda a propagar o ódio racial, atacar jornalistas ou a desrespeitar as instituições democráticas do pais onde foi eleito ao contrário do Trump. Mas sabe quem andou a fazer essas coisas? Orban, Salvini, Putin, Duterte, Erdogan. etc…Tudo boa gente de quem o Trump só faz rasgados elogios ao contrário de outros lideres como Trudeau, Merkel, Macron, Junker e Marcelo para quem Trump só demonstra desprezo.

    Em suma: distribuir afectos não é a mesma coisa que diabolizar imigrantes, adular ditadores ou justificar assassinatos políticos da elite da Arábia Saudita.

    Também não gostei da intervenção de Marcelo no programa da Cristina, acho pouco digno do cargo que ele ocupa. Mas sei que ele não é farinha do mesmo saco que Trump. E creio que o Ricardo também saberá isso. Está apenas a tentar normalizar figuras autoritárias como Trump.

    Devia ter vergonha em tentar colar Marcelo ao seu ídolo Trump.

  2. Oscar Maximo

    Qual foi a organização democrata que Salvini desrespeitou ? Pelo contrário, quanto aos migrantes, Salvini e Orban estão a respeitar a lei europeia, que põe nos países fronteira a responsabilidade de controle, e Merkel esteve a ignorá-la.

  3. ATAV

    OSCAR MAXIMO
    O salvini como integra uma coligação não tem poder para fazer o que os outros estão a fazer mas para além do ódio racial o Salvini fez uma lei que torna obrigatório a exposição de crucifixos em espaços públicos. A Itália é uma república laica. É um atentado contra a separação do estado e igreja que é um elemento essencial das democracias.

    E você está enganado quanto à questão dos migrantes: o Salvini e o Orban têm objectivos opostos. O Orban quer que os migrantes fiquem nos países que os recebem e o Salvini quer que os migrantes sejam distribuídos por todos os países da Europa em vez de ficarem a cargo dos países fronteira. Claro que ambos preferiam deportá-los a todos ou afundar os barcos ainda no Mediterrânio mas como na Europa a maioria das pessoas ainda acredita nos Direitos Humanos portanto não dá para fazer isso.

    Apesar das divergências insanáveis nesta questão eles dão-se muito bem porque são farinha do mesmo saco. A proximidade ideológica permite ultrapassar estas diferenças. O que interessa é chegar ao poder para espalhar o ódio e enriquecer os amigalhaços…

  4. mg42

    Lembrem-se meninos, foi Trump e a direita “fassista” que andaram e andam a propagar o “ódio racial”…

    E quem diria que afinal quem dirige a womens march as “pussy hats” é o sacana do Trump, não admira que já andem lá também a propagar o “ódio racial” .

    nationalreview.com/2019/01/womens-march-in-mostly-white-city-canceled-for-being-too-white/

  5. ATAV

    MG
    Bela demonstração de whataboutism. Um nazi a utilizar uma técnica de propaganda dos soviéticos?!?? É sempre refrescante verificar que as pessoas aprendem com os outros, mesmo que sejam o inimigo.
    Verifico também que tenta negar a existência de fascistas ao escrever o termo de forma errada deliberadamente. Esta técnica já é utilizada mais pela extrema-direita. O insurgente Mário Amorim Lopes também é um utilizador ávido dela. Não é difícil adivinhar as preferências politicas desse senhor…

  6. Marcelo é um mito. Uma das partes desse mito diz que ele é uma pessoa culta, um intelectual, um homem lido. E isso até faria corpo com o facto de ter sido professor universitário a vida inteira. Se é, esconde eficazmente essa qualidade da forma mais obstinada que é possível. Nunca ouvi o Marcelo a comentar coisa nenhuma com a mais remota sugestão de profundidade analítica. Nunca, e já levo algumas décadas disto. Lembro-me de uma vez ter confundido na TSF Conrad com Kierkegaard a propósito de O Coração das Trevas. Nunca o ouvi comentar o que quer que seja senão com a mais básica das superficialidades que é possível. Ele nunca deu mais. Ele sempre foi compreensível por toda a gente não por ser um grande comunicador, que também é e sempre foi, ou não apenas por isso, mas porque tem a densidade intelectual de toda a gente. Além de constituinte e de uma presidência das mais desastradas – e houve várias – do PSD, a que se soma uma curtíssima passagem pelo governo de Balsemão, de que saiu para ir fazer oposição interna à direita, toda a sua existência se fez na e com a comunicação social onde, de facto, teve influência e foi interventivo. A comunicação social é o seu meio, é o seu mundo, e é inclusive o seu mundo mental. Fora desse meio, não se sente existir, estiola, porque a sua substância se reduz à substância de um produto da comunicação social. Um produto da comunicação social não se dá bem fora desse meio, onde só sente vazio, e se ele nunca deu mais é porque não tem. Daí, preparar-se para fazer dez anos de Presidência da República sem que tenha havido um só telejornal de que tenha estado ausente. Há-de continuar até ao fim a telefonar “de surpresa”, de manhã, às Cristinas Ferreiras que houver – não conheço nenhuma caracterização mais certeira do indivíduo do que a de cata-vento – e à tarde aparecerá a comentar o seu telefonema da manhã. E se nesse dia não houver nada de melhor à mão para o alinhamento do programa, ele escreve uma manifestação de condolências pela morte do George Michael. Marcelo tem a espessura de uma personagem da Maria ou da Nova Gente. E o que ele faz é o que faria qualquer outra personagem desse meio. Nunca nos surpreenderá. Surpreenderia, sim, se alguma vez dissesse alguma coisa profunda, ou fizesse alguma coisa corajosa, que alterasse o rumo previsível das coisas. Mas um dia, de Marcelo, não há-de restar sequer uma nota de pé de página. Mas isso é daqui a muito tempo. Até lá, há ainda muitos anos assim. As coisas são o que são. Não há nada a fazer.
    Transcrição da opinião de Jorge Costa, no Facebook.

  7. ATAV,
    Essa do ódio racial é muito boa.
    Trump é dos Presidentes Republicanos com mais apoio entre Hispânicos e Negros. O Muro na fronteira nunca foi expandido tanto como no tempo do Presidente Clinton. Hispânicos a viver na América são dos maiores defensores de uma fronteira forte para que os EUA não se transformem no inferno de onde saíram. Trump é um homem de 70 anos com toda uma história de boas relações com ambas as comunidades. E agora, aos 70 anos, o vento muda e de repente é o mais racista de todos os Presidentes Americanos. Cada uma…

    Quanto a essa de adular ditadores… quem é que Marcelo visitou e elogiou imenso na sua visita: Fidel Castro – um ditador bem pior do que qualquer um dos que referiu (Putin? Salvini? Orban? Até Erdogan e Duterte? Todos eleitos. Castro, sabemos bem como chegou ao poder e como lá se manteve).

    Trump não é o meu ídolo: como creio que seja público, a ter algum ídolo seria Ron Paul ou, nestes tempos mais recentes, Rand Paul vá. Já ouviu Rand Paul a falar sobre Trump? Ouça-o e depois faça-me um favor: ouça menos os Legacy Media Portugueses. Trump pode não ser o melhor dos presidentes, mas está muito longe das críticas que lhe faz. E entre Trump e Marcelo, não fico entusiasmado com nenhum, mas preferiria Trump.

  8. Excelente recolha MG42.
    Mostra bem que a Esquerda é tão ou mais identitária que a Direita.
    Este “moral panic” vai acabar, como todos sempre terminam, e quando acabar vou adorar ver como os “puritanos” deste “moral panic” se vão re-enquadrar. Vai ser lin-do =)

  9. Rão Arques

    Para Costa em vez de ligar recebe ordens.
    De Bolsonaro a Maduro, Marcelo diz que segue orientação do governo.
    Orientado pelo poucochinho já tínhamos reparado, mas porque lhe virá tanto medo daquelas partes para andar com ele ao colo?
    Tem toda a constituição à sua disposição para tirar duvidas e a nós também.
    Deve esclarecer desde já o país em qual ponto se baseia para essa submissão à orientação do governo.

  10. ATAV

    Ricardo
    O Trump e o pai foram punidos nos anos 70 por descriminação contra negros em arrendamentos nos prédios deles. A familia Paul passa a vida rodeada e apoiada por supremacistas brancos e a promover a guerra de classes contra os fracos e os pobres. Sim senhor… Bela gente que você anda a idolatrar! O Hitler e o Chavez/Maduro também foram eleitos. Aparentemente na sua opinião quando se é eleito já podemos fazer tudo o que nos dá na real gana incluindo destruir a democracia. A simpatia que Marcelo teve com Fidel Castro ( e Bolsonaro já agora) não chega nem perto da subserviência de Trump a Putin ou a admiração mal disfarçada de Trump por ditadores e protofascistas. É aviltante ver o lider do país que foi o maior promotor da democracia das últimas décadas a lamber as botas a ditadores.

  11. ATAV

    “ouça menos os Legacy Media Portugueses.”
    E faço o quê? Tenho de me expor à propaganda de extremistas? Tratar o Daily Stormer e o NYTimes como se fossem iguais? Lamento mas terá que angariar seguidores noutros locais.
    Já agora na sua opinião o Observador e o Diabo são legacy media ou não?

  12. Eduardo Menezes

    A dona christina taxeira ou ferreira caiu no goto do senhor martelo.
    O que se há de fazer?
    Uma selfie?
    Uma medalha?
    Uma comenda?
    O senhor soisa que escolha.

  13. Olhando para a foto da posta, nem parece uma pessoa, parece uma boneca de plastico, tipo Barbie.

    É ao que estamos reduzidos – barbies e regurgitadores de folhas de anúncios.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.