Salvar o SNS na nova lei de bases da saúde

“A proposta de Lei de Bases da Saúde privilegia a gestão pública do SNS quando a gestão privada dos hospitais públicos apresenta melhores resultados.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre o equívoco da gestão pública do SNS.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Salvar o SNS na nova lei de bases da saúde

  1. ATAV

    O autor afirma que privatização é sinônimo de salvação. Não é. É uma simplificação abusiva em nome da ideologia que o autor defende. Exactamente aquilo que acusa a ministra de fazer! Um caso clássico de projeção em que se acusa os outros dos crimes cometidos pelo próprio acusador…

  2. mg42

    Não é estranho, que estes insurgentinhos estejam sempre a se queixar do prejuizo e da carga que representa o SNS e o Sistema nacional pensões, mas no entanto afirmam antes que é melhor que passem de mãos do publico para o privado ? Então se esses sistemas representam uma carga pesada tão grande, porque razão os privados estão doidinhos para lhes deitar as mãos com o incentivo dos insurgentinhos ?

  3. A. R

    Vão rebentar com o sistema de saúde público e também com o privado: a venezuelização do regime continua.

  4. Tudo o que o “estado” faz , faz mal mesmo em monopolio ; Porquê? Porque o dinheiro não é deles e não são eficientemente escrutinados . A Justiça funciona mal e não consegue combater a corrupção enorme que campeia por todo o lado sem punição (vejam-se os casos de alta corrupção no Brasil e Portugal : Lá está tudo já na prisão , cá passeiam ainda livremente dando-se ao luxo de atacarem juízes com acusações ignobeis).
    Aquilo que o estado teria obrigação de fazer , porque é por isso que existe é a SEGURANÇA E DEFESA, E A JUSTIÇA . Tal como todos podemos comprovar faz deficientemente . Em tudo o resto só consegue funcionar em termos de monopolio e mesmo assim faz mal , com gestão de baixa qualidade , com muita corrupção e essencialmente capturado pelos grupos de pressão que dominam os partidos .
    Sendo assim , a única maneira do país funcionar bem é privatizar tudo excepto segurança e justiça , com profissionais muito bem pagos e muito bem escrutinados em termos de honestidade , fiabilidade e confiança.
    Em tudo o resto , mecanismos de garantia de concorrencia e regras de conduta rígidas e rigorosasgarantidas pelo sistema de saúde altamente competente e funcional.
    Neste momento o estado está completamente capturado por interesses estranhos que beneficiam certas corporações , pois até a informação funciona em termos de monopolio onde a VERDADE ÚNICA é a que é difundida pelos meadia , essencialmente as TVs, que ou porque são do estado (RTPs) ou porque dependem do estado para poderem operar necessitando da assinatura de politicos , fazem o “frete” de monopolizar a verdade , portanto a sua verdade.
    Isto só acaba com o tempo , ainda distante , em que as pessoas vêm a maioria a empobrecer e os aparachicks a enriquecer , tal como se verifica e verificou em todos os paízes socialistas .

  5. Em conclusão: como o Estado é mais rigoroso com os PPP, digamos assim, os de gestão pública que em regra puxam para a direita, compõem o ramalhete a gosto dos PPP, no sentido de se justificar a renovação do contrato! E o Zé, paga e não bufa!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.