Geringonça: A Virar a Página Da Austeridade Desde 2015

Todos os dias desde 2015 que a Geringonça parece anunciar viragens na página da austeridade… e no entanto estamos em 2019 e os Portugueses continuam na mesmíssima página.

Sobre o orçamento de 2019 (fonte):

Sobre a carga fiscal em 2018 (fonte):

Anúncios

4 thoughts on “Geringonça: A Virar a Página Da Austeridade Desde 2015

  1. JP-A

    Uma das caraterísticas dos comunistas é que os processos estão sempre em curso. Outra é que são democratas. A diferença entre o Costa e os do PCP é que estes têm vergonha e tentam fazer um filme de ficção, mas no caso de Costa o discurso é totalmente assente na premissa de que se está a dirigir a um rebanho de atrasados mentais, para os quais se veste bem (por acaso os vigaristas que andam a bater às portas também são quase sempre bem-falantes bem vestidos), quando em visitas de estado aparece de calças de ganga.

  2. André Miguel

    JP-A, eu começo a acreditar que somos mesmo um povo de atrasados mentais. Aqui há 4 anos as conversas de café é que isto não se aguentava, hoje estamos bem pior, mas as pessoas vivem na paz do senhor… não dá para perceber. Ou melhor, até dá. Todos sabemos quem domina a imprensa e os portugueses comem o que esta lhes mete no prato sem questionar. Se nos jornais está tudo bem, vá-se lá duvidar disso! Pensar não é coisa que assista a esta manada de contribuintes.

  3. A. R

    Cada vez mais impostos para financiar um estado que funciona como um asilo para os socialistas que se infiltraram por lá como as pulgas nas bainhas das calças.

  4. A bem de aparentar um défice mais maquilhado do que a Lili Caneças (com quem, de resto, o nosso Ronaldo das finanças tira selfies no reveillon), os nossos comboios estão avariados, ou quando andam ao calor têm de parar porque o ar-condicionado está avariado, ou as linhas são pura e simplesmente desactivadas; as carruagens do metro de Lisboa, talvez por solidariedade para com as passadeiras e escadas rolantes, não andam porque estão avariadas, ou quando andam abrem portas a meio da viagem – quando há viagem porque a sinalização está constantemente a avariar; os catamarãs da Transtejo jazem avariados, ou quando navegam têm metade das portas avariadas – isto quando está lá a porta completa; espera-se, no meio da multidão de turistas, meia-hora por um eléctrico 25 – sem ter qualquer ideia de quanto tempo essa espera demorará porque os painéis, antes informativos, estão agora quase todos desligados e servem apenas para tela de grafittis (perdão, arte urbana). Mas para os foliões da rentrée socialista já houve comboio, fretado e com passagem garantida, e para as viagens dos gozões do Governo vai haver 119 milhões de euros (quase 66% mais do que no mais caro ano de Passos Coelho).

    No entanto, onde estão as greves do Metro, da CP e da Transtejo quase semanais nos tempos de Passos Coelho? Nessa altura, queixavam-se os sindicatos de “não terem condições para prestar um serviço público condigno”. Hoje estão descansadinhos, dando de vez em quando um soluço. Fosse eu maldoso, ainda diria que a “falta de condições” estava apenas na sua folha de salários.

    Alguém (Jorge Coelho?) dizia, há anos, que a função pública era o eleitorado natural do PS. Elisa Ferreira (agora na vice-governação do Banco de Portugal) dizia que “o dinheiro é do Estado, é do PS”. Costa está a governar sob esses dois mantras, sacando o máximo de dinheiro a todos para distribuir maioritariamente aos seus. E assim será eleito (não reeleito porque, para tal, era necessário ter vencido as eleições anteriores) em apoteose, aclamado pelas ovelhas que se vendem por uns euros a mais no bolso este ano sem perceberem que os vão devolver em impostos, e por uma comunicação social que, incensando-o como “habilidoso”, mostra apenas interessar-se pelo jogo e nunca nas suas consequências. Um nojo de gente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.