José Milhazes sobre as meias verdades de Rui Tavares

As nossas democracias nasceram contra o fascismo e o comunismo. Por José Milhazes.

Apoio a necessidade de preservar a democracia, mas, Rui Tavares, será que não dá conta que – na imprensa, na academia e na sociedade civil – há quem ache que se pode normalizar os novos comunistas sem com isso arriscar a própria democracia? Aliás, figuras como Boaventura Sousa Santos, Fernando Rosas, Francisco Louçã, etc. têm à sua disposição todos os meios para continuarem a vender ideologias totalitárias, alguns deles financiados pelos contribuintes.

Anúncios

One thought on “José Milhazes sobre as meias verdades de Rui Tavares

  1. JP-A

    Se o Mário Machado ou a Pomba Gira do Herman tivessem o tempo de antena de que estes padres de mundos virtuais beneficiam constantemente há mais de uma década, provavelmente qualquer um deles teria já 3 ou 4% dos votos nas legislativas. O que é espantoso é como estas pessoas não emigram para Cuba, Venezuela, Rússia ou outros países onde os seus ideais e as suas bacoradas estão já experimentados e implantados. E como há gente que assiste às suas cerimónias ao ponto de os programas não acabarem, para não falar nos partidos de direita que com eles aceitam participar naqueles espectáculos degradantes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.