Robles e o alojamento local (3)

Prédio de Robles em Alfama esteve à venda para alojamento local

O edifício que Ricardo Robles e a irmã têm em Alfama foi posto à venda como um “prédio para investimento em área prime”, cujos “apartamentos estão prontos para serem utilizados em short term rental”. Isto é, alojamento local para turistas. No anúncio da imobiliária, que foi retirado da Internet mas a que o PÚBLICO teve acesso, diz-se que esta é uma “oportunidade única em área turística no coração de Lisboa” e descrevem-se as características do imóvel: são 11 apartamentos, sendo que o maior tem 41 metros quadrados e o mais pequeno 25. Os restantes têm 28, 29, 30, 31, 33 e 35 metros quadrados. “Todos possuem cozinha equipada, vidros duplos, ar condicionado e piso em madeira tábua corrida”, lê-se no anúncio publicitário. O edifício resulta “da junção de dois prédios”, tem 728 metros quadrados e três portas para a Rua do Terreiro do Trigo. Além de 11 fracções, tem três lojas. É apresentado como estando “localizado em frente ao Terminal de Cruzeiros de Lisboa, ao lado do Museu do Fado e do charmoso Largo do Chafariz de Dentro”.

Assim, o prédio do vereador do Bloco de Esquerda na Câmara de Lisboa e da sua irmã iria muito provavelmente ser vendido a uma empresa de promoção de alojamento local, que Ricardo Robles tem apontado como um dos principais motivos para a carência habitacional no centro de Lisboa.

Anúncios

One thought on “Robles e o alojamento local (3)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.