Os juros negativos no crédito à habitação são racionais

“A banca comercial, e o Banco de Portugal em particular, têm de se abrir e de repensar a sua forma de fazer as coisas. Precisam de sentir ar fresco. Precisam de encontrar uma outra racionalidade.”

Destaque do meu artigo de hoje no ECO – Economia Online. Sobre a chamada lei dos juros negativos no crédito à habitação.

Anúncios

7 thoughts on “Os juros negativos no crédito à habitação são racionais

  1. A defender os interesses da população em geral contra os grandes empresários ?

    É a primeira vez que vejo o senhor Arroja fazer isto. Inaudito !

    Com certeza estava sob o efeito de substâncias quando escreveu isto.

    É melhor refazer o texto senão ainda lhe cortam os tachos…

  2. Ora aqui está um ponto de vista, defendido pelo Ricardo Arroja, com o qual estou em desacordo. Para mim, é um absurdo obrigar a Banca pagar “juros” a um cliente que beneficiou de crédito. E ponto final.
    Que, por força da evolução do indexante contratado, o cliente deixe de pagar juros, concordo e é uma boa vantagem para ele; que em vez de pagar, receba, isso não. Uma medida legal a obrigar a tal coisa, só pode acontecer num país de opereta, cuja Constituição aponte para o socialismo, signifique isso o que significar.

  3. Tiro ao Alvo:

    Mas se o contrato diz “pagas a Euribor mais ‘n’ pontos percentuais”, se a Euribor descer abaixo de ‘-n’, pagar juros negativos não simplesmente aplicar o contrato?

    Quanto a ser absurdo que quem pede o empréstimo ainda receba juros, recordo que é exatamente isso que acontece entre os bancos quando a Euribor é negativa (afinal é isso que é a Euribor – a taxa pela qual os bancos emprestam uns aos outros a um dado prazo) – ou seja, se o banco A pede dinheiro emprestado ao banco C e ainda recebe um juro do banco C (Euribor negativa), porque é que o Joaquim, que pede dinheiro emprestado ao banco A, não há de receber também um juro do banco A?

  4. Não, caro Miguel Madeira, a taxa Euribor negativa, não resulta do pedido de empréstimo de um Banco a outro Banco, mas sim do “depósito” de meios financeiros de um Banco noutro Banco, por excesso de liquidez.
    Repare, também, que os fundos emprestados pela Banca não foram obtidos junto do mercado inter-bancário, cujas operações são de muito curto prazo. Os fundos aplicados pela Banca no crédito à habitação deveriam ser obtidos a prazos harmonizados com os prazos dos créditos concedidos, ou seja, esses fundos deveriam ter taxas de juro tanto maiores quanto maior fosse o prazo do empréstimo.
    Repare, ainda, que a Euribor é uma simples “taxa de referência” que, acrescida de uma margem, apenas deveria servir para determinar a taxa de juro que o cliente tem que pagar – sublinho pagar – pelo empréstimo que lhe foi concedido.
    Sendo certo que as circunstâncias se alteraram e que os Bancos não devem conceder operações de crédito a perder dinheiro, um lei a obrigar os Bancos a pagarem a alguns seus clientes, normalmente aos que conseguiram empréstimos a taxas mais baixas, logo das classes mais favorecidas, parece-me mais do que um absurdo, parece-me uma grande estupidez.

  5. André Miguel

    Só ignorância e iliteracia pode levar alguém a dizer que isto é defender a população; se as pessoas soubessem o motivo que conduz a taxas de juro negativas estava tudo com as pernas a tremer, mas como somos um país de analfabetos tudo bate palmas.

    Já no séc. XVIII um senhor chamado Smith explicou bem explicadinho ao que conduz o excesso de moeda em circulação. No Séc. XXI ainda andam muitos a apanhar bonés.

    Leiam o artigo até ao fim, sff, está muito bom e devia ser de maior divulgação.

  6. Caro Miguel.

    A questão do que causa as taxas de juro negativas não foi aqui abordada por ninguém.

    Pelo que o senhor atirou os foguetes e foi apanhar as canas sozinho.

    O que está a ser discutido é que, se há instituições financeiras que beneficiam dessas taxas obviamente que os particulares também devem beneficiar.

  7. André Miguel

    Oh santa burrice… não digo que nao devem beneficiar, mas a prazo vão pagar. E bem. É só esse alerta que deixei.

    Mas claro, socialista como és quem vier depois que se desenmerde pois tu já te safaste, não é?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.