Estratégias de combate à fraude no desporto em Portugal…

Sporting paga a árbitros para conquistar campeonato de andebol

André Geraldes seria o líder do esquema. Atual diretor de futebol do Sporting, é suspeito de ter coordenado a compra de árbitros por valores que chegavam aos dois mil euros por jogo. “Sabes como é que o c… [do árbitro] se despediu de mim? Grande abraço. Rumo ao 37! Filho da p…”, cita o diário, que teve acesso às mensagens trocadas no sistema de comunicação WhatsApp entre elementos envolvidos no esquema. Nesse caso, num jogo entre Benfica e Porto, o árbitro acreditava ter sido pago pelo clube da Luz.

Era Paulo Silva quem alegadamente pagava aos árbitros, servindo de intermediário de André Geraldes (que no ano passado coordenava as modalidades). Foi o empresário de futebol que se dedicava a recrutar novos valores, quem acabou por revelar as comunicações entre os envolvidos, depois de se ter arrependido de colaborar nos pagamentos. Disse ao Correio da Manhã ter agido por “sportinguismo”, apesar de receber 350 euros por cada árbitro corrompido. “Só fiz isto para combater a fraude que já existia nas modalidades”, justifica.

Anúncios

One thought on “Estratégias de combate à fraude no desporto em Portugal…

  1. joaquim

    só 2 mil euros ? comparado com os 780 mil euros que deram a vitória ao FCP np campo do Estoril é ridículo. Arquive-se. E sai um dragão ouro para o ingenheiro macaco Madureira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s