Jovem liberal e descomplexado

 

Sai do sofá!!!

26994093_875518345955102_5864428247636102488_n

Vem marchar com o Costa, o Jerónimo e a Catarina – Iniciativa Liberal desce a Av. da Liberdade ao lado da esquerda no 25 de Abril

mw-680

Talvez um dia também possas mandar nos outros!

aaff93ab-1fbd-4115-91cc-c905d76683de


(2/Maio/2019 21:56) [AA] Este post estava unpublished até há pouco. No Twitter acharam que se tratava de algum revisionismo estalinista, fica aqui um curto esclarecimento. Terei gosto em responder a quaisquer dúvidas que queiram colocar nos comentários.

Inicialmente, eu encarei o projecto da Iniciativa Liberal com bastante cepticismo. Pareceu-me excessivamente colada ao liberalismo-social (em tempos representado pelo MLS), contra qual me bati, também aqui n’O Insurgente, muito tempo.

O Liberalismo é abrangente, e comporta necessariamente liberalismo político, liberalismo económico e liberalismo social. Qualquer um sem os outros é ideologicamente fraco, e politicamente perigoso. Na IL parecia-me que os travões económicos talvez não estivessem lá, e o partido parecia estar resvalar para algum progressismo menos do que liberal – o Estado como motor de mudança social. E por isso não me identificava nada com o projecto, embora muito quisesse uma alternativa Liberal em Portugal.

Em paralelo, irritava-me muito a estratégia comunicacional do “sair do sofá”, porque entendo que um partido necessita de quem está no sofá, dos marretas que estão nos camarins, dos críticos justos e injustos, de simpatizantes vocais, e de gente que nem sabe que é liberal. Todos são necessários. E a IL estava na defensiva, e a perder tempo a mandar umas bocas ao “sofá”, e a queixar que profissionais do sofá, alguns com muitos anos de liberalismo, e de lutas violentas na internet, não se ficavam. Nestas condições,  embirrei a sério com a comunicação feita à volta da participação da IL na descida da Avenida de Liberdade no 25 de Abril de 2018.

Ora, não só a Iniciativa Liberal desceu a Avenida, como fê-lo in your face. Escrevi no Facebook (link aqui):

Berrar “Portugal Liberal”, naquela marcha, é de gajo. Eu, que tenho sido crítico da Iniciativa Liberal, tiro-lhes o chapéu, e como-o bem sequinho.

Iniciativa Liberal demonstrou, por actos, que eu estava muito errado, e que é possível afrontar aquela maré rosa e vermelha com coragem e optimismo liberal.

Fast forward, em fins de Setembro convidaram-me para juntar-me à Iniciativa Liberal, e eu aceitei. Fui muito bem recebido e descobri, como me tinham prometido, que aquilo não é “a bunch of socialists“.

Bottomline, instalou-se a vergonha de ter sido tão parvinho e injusto com este post, e por isso fiz-lhe unpublish. O vosso muito pouco modesto autor estava de orgulho ferido de ter opinado tão ao lado, ainda por cima deselegantemente. Aos leitores, e aos meus camaradas da Iniciativa Liberal, as minhas desculpas.

Foi um erro que aproveitei em meu benefício, e em benefício da IL. Voluntariei-me para trabalhar no que eu entendia serem alguns pontos fracos do Partido. Estamos a trabalhar por fazer um Portugal Mais Liberal. O Partido está muito mais equilibrado – por exemplo ainda esta última semana houve actividades com a comunidade LGBT*, somos o único partido a fazer oposição ao artigo 11 e 13, os nossos cartazes atrevem-se a exigir baixa de impostos e burocracias. Liberdade social, política, e económica. Somos (e estamos a ser) liberais em toda a linha. Nenhum outro partido está sequer perto.

Eu continuo ideologicamente e intelectualmente muito radical — mas o que quero mesmo é mudança política, e que o socialismo vá morrendo por mil pequenos cortes. E a Iniciativa Liberal é esse veículo. Se há meio ano a Iniciativa Liberal conseguiu conquistar-me — hoje não tenho dúvidas que e o espaço político em que me revejo. A Iniciativa Liberal é o partido big tent dos liberais portugueses. Nem todas as medidas são consensuais internamente, o que é natural visto virmos de todas as abordagens liberais. Contudo, há tanto por fazer, que há causas liberais para todos. E cada causa que um de nós abraça, faz-nos a todos mais fortes. Menos Estado, Mais Liberdade. Juntos somos alternativa. Estamos juntos.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Jovem liberal e descomplexado

  1. JP-A


    Já aqui o escrevi várias vezes e há muito tempo: Portugal está num processo de venezuelização mais do que patente por gente que sabe o que faz e que conhecece o cardápio todo. Fragmentar o especto em simulacro não serve para outra coisa senão para instituir a bandalheira que sustenta a esquerda radical manhosa. Num país que não consegue lidar sequer com o artifício parlamentar dos Verdes!

    Já vimos destes filmes em 1975: inscreve-te jovem e participa!

  2. Sim, em vez de fazerem manifestações próprias é melhor disfarçarem-se e juntarem-se ás manifestações dos outros.

    O essencial é baralhar a malta, porque se clarificarem ao que andam não têm hipótese nenhuma.

  3. Para quem tinha dúvidas de que este IL era mais uma fabricação socialista/comunista, à semelhança dos Verdes, aqui está o esclarecimento definitivo.

  4. JP-A

    Haverá por aqui alguém que se recorde das comissões de moradores vermelhas de 1975?

    “As casas que estejam abandonadas ou injustificadamente devolutas, sobretudo em zonas de maior défice habitacional, poderão vir a ser requisitadas pelo Estado, regiões autónomas e autarquias por forma a serem reconvertidas e passarem a integrar o património habitacional público. A ideia é que não fiquem sem ser usadas num contexto em que as necessidades de habitação das famílias sejam evidentes.”

    O Trump dá muito jeito a muita gente para fazer telejornais.

  5. É o cão que vai sair do sofá? Vai largar uma cagadela no passeio?

    Parece assim meio ‘emo’, se vai sózinho ainda se mata todo antes de chegar à rua. É melhor telefonarem para uma linha de apoio para o ajudar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.