Síria: a verdade luminosa e a verdade embriagada

Fonte fidedigna (como nenhuma outra, sublinhe-se) assegura-me e aos povos que ontem, na Síria “as luzes da noite foram os 93% de mísseis derrubados”. Os crentes dariam graças, com a ajuda da força das orações. O pragmático detentor da verdade, ao som de um hino pimba nacionalista em louvor a Assad, Putin e aos teólogos iranianos, revela que quem ” espalhou o caos entre os enxames de mísseis violadores do Direito Internacional e do sono dos povos” foi um tal de “anjo da guarda das nações pobres” o  Pantsir-S1, a arma de defesa anti-aérea russa.
Graças a Eles, o “ataque americano (foi) reduzido ao ridículo pela defesa anti-aérea russa e síria. Acabou o tempo dos bombardeamentos impunes. O povo sírio de parabéns.”
Falta mesmo pouco para o regresso eminente da paz que teima em fazer-nos esperar por dias gloriosos e ordeiros, já lá vão sete anos.
Anúncios

7 thoughts on “Síria: a verdade luminosa e a verdade embriagada

  1. NG

    Estranho. Bombardear depósitos de ármas químicas em áreas habitadas, antes de informar os auditores internacionais da localização das provas da posse de armas químicas pelo governo sírio. E a nuvem tóxica matou muita gente?

  2. O mais interessante e que na conferencia de imprensa a Secretaria de defesa do EUA, disse dilvulgara as provas quando for opertuno. Comp se antes dos ataques ou depois destes terem ocorrido, nao o fosse

  3. Palmas! o Assad vai ser santificado. 500.000 mortos, dizem! Faltam os feridos. Se lhe acrescentarmos a destruição total de um país e milhões de pessoas errantes, não é para qualquer Hitler.
    O Trampas é mau, o Putin e Assad uns santos.
    Palmas.
    Até apetece dizer “pobres de espírito” quem apoia tal gente.

  4. NG

    M, 500 000 mortos durante os 20 e tal anos da sua presidencia ou só após a maliciosa interferencia dos prostituídos pelo petróleo saudita?

  5. Este Miguel Castelo Branco foi o lider de uma organização monarco-fascista, a Nova Monarquia, que fazia comícios com tipos da falange e skinheads do MAN – o seu antia-americanismo primário está ao nível do bloco de esquerda.

  6. A síria antes da rebelião já não era um lugar aprazível para quem era opositor. Mas quantas pessoas morrem por fome, malária e têm falta de educação, será que os recursos entregues aos rebeldes não tinham hipótese salvar muito mais pessoas, direccionados de outra forma. Já dizia Marques de sade, defender um assassínio com outro assassínio passa a haver dois assassínios e não zero, esta é uma aritmética que so cabe na cabeça de um louco.

  7. ShakaZoulou,

    «esta é uma aritmética que so cabe na cabeça de um louco.»

    Quem os criou, o Obama, portanto.

    M,

    A última missão independente de verificação dos ataques químicos não correu lá muito bem para os que tentam apear o Assad. Porque é que nunca mais ouviu falar nela nem nos seus resultados?

    De qualquer forma, pergunte de que lado estão os cristãos da Síria. Esta deveria ser a pedra de toque da verdade dos factos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.