Trumpices

 

Proteccionistas de todo o mundo, uni-vos.

Los fabricantes mexicanos de automóviles prosperan debido al libre comercio con el mundo, por  Gary M. Galles

(…) A pesar de la diatriba y grandilocuencia de Trump, en realidad está transitando un sendero trillado de proteccionismo que es más probable que resulte en restricciones mutuamente dañinas que en beneficios mutuos para los estadounidenses y otros. Un comercio más libre, y no las amenazas de castigar a los que no hacen lo que Trump desea, será una manera mucho más eficaz de promover los intereses de los estadounidenses.

Anúncios

13 thoughts on “Trumpices

  1. mg

    Artigos do Guardian, el mundo, New york times… Aguardo ansiosamente pelos artigos da esquerda.net e o avante para integrarem o proselitismo da agenda liberal

  2. lucklucky

    Trump a melhorar o mercado livre da política Americana, fazendo quem vota mais impostos pagar efectivamente mais impostos.

    E mais deveria ter feito: https://danieljmitchell.wordpress.com/2018/01/02/restricting-the-deduction-for-state-and-local-taxes-is-a-big-expletive-deleted-deal/

    The great American migration out of high-tax states like New York and Illinois may be about to accelerate. The tax reform enacted last month caps the deduction for state and local taxes, known as SALT, at $10,000. …between July 1, 2016, and July 1, 2017, …high-tax states like New York, New Jersey, Connecticut, Illinois and Rhode Island either lost residents or stagnated. …When people move, they take their money with them. The five high-tax states listed above have lost more than $200 billion of combined adjusted gross income since 1992… In contrast, Nevada, Washington, Florida and Texas gained roughly the same amount. If politicians in high-tax states want to prevent this migration from becoming a stampede, they will have to deliver fiscal discipline.

    (…)
    …let’s be intellectually honest. There’s no credible justification for the federal government subsidizing California’s highest-in-the-nation state income tax — or, for that matter, any local levy like the property tax. Why should federal tax money from people in other states be spent on partially rebating Californians for their state and local tax payments? Some of those states don’t even have their own income tax, including Nevada and Washington. Neither do Texas and Florida. …federal subsidies just encourage the high-tax states to rake in more money and spend it. And they numb the states’ taxpayers. …Republican state Sen. Jeff Stone of Temecula put it this way after Trump unveiled his proposal last week: “For years, the Democrats who raise our taxes in California have said, ‘Don’t worry. The increase won’t matter all that much because tax increases are deductible.’” Trump’s plan, Stone continued, “seems to finally force states to be transparent about how much they actually tax their own residents.”

  3. mg

    “porque meteu uma tradução para espanhol e não o original?”

    Ora essa Marialva, Porque os Neocons, têm alergia a agenda esquerdista, por isso recorrerem ao Guardian ao NYT, ou ao Elmundo, como fontes credíveis para promoção da sua agenda “liberal conservadora”. O Mises explica isso muito bem…

  4. A. R

    A verdade é que os EUA singra: menos gente com foodstamps, mais mulheres com emprego, o dobro do crescimento de Obama, sem escândalos (com Obama era um cada seis meses), mais emprego (145000 só em Dezembro), a ONU e a UNESCO açaimadas, uma política externa que eliminou o ISIS, controlou o Afeganistão, cortes de financiamento ao terrorismo que Obama criou, denuncia das ditaduras e uma taxa de aprovação igual à de Obama pese o ódio generalizado na comunicação social mundial.

  5. bem, verdade seja dita, os EUA têm o desemprego a 4,1% (a última vez que esteve tão baixo foi em 2001 ou antes), o PIB está a crescer acima dos 3% e os mercados estão a bater recordes históricos – não percebo a preocupação do rui carmo

  6. entretanto o méxico nem consegue controlar a meia dúzia de cartéis que andam pelo país a decapitar pessoas e está tecnicamente em recessão com -0,3% de crescimento

  7. mg

    “mexican”-automakers… “mexican”
    Devia antes dizer graças ao livre comercio as companhias americanas e europeias de automoveis estão a fazer prosperar o méxico. E em troca na europa e os EUA os desempregados vivem felizes e em prosperidade com o aumento das suas dividas publicas. Em Detroit, a prosperidade é tal que as habitantes passam o tempo todo de férias nas suas luxuosas casas de praia, deixando as suas menos luxuosas casas na cidade cair aos pedaços. Igual ao que se vê no Qatar, ferraris e lamborguinis, abandonados e a cair aos bocados nas bermas das ruas.

  8. A. R

    “Em Detroit, a prosperidade é tal que as habitantes passam o tempo todo de férias nas suas luxuosas casas de praia, deixando as suas menos luxuosas casas na cidade cair aos pedaços.” Sim … graças aos sindicatos de esquerda que afugentaram a indústria e ao Governo que nunca cessou de ser democrata e de esquerda.

  9. mg

    Marialva, o aziamento do rui, vem de outra coisa… O Putin e o Trump frustaram-lhe as ambições da expansão territorial da sua terra prometida e que o obama estava a fazer tão bem.

  10. mg

    O Ar está a querer dizer que os sindicatos em Detroit eram piores que os daqui do burgo ? Tem razão AR, foram os sindicatos que afugentaram as industrias e não o ordenado 20 ou 30 vezes menor no pais vizinho .
    Por acaso a BMW na Alemanha também anda com problemas com os sindicatos, camrada AR ?

    https://www.bloomberg.com/news/articles/2017-05-05/how-mexico-s-unions-sell-out-autoworkers

    “The document, which Bloomberg reviewed, sets a starting wage of about $1.10 per hour and a top wage of $2.53 for assembly-line workers. The starting rate is only a bit more than half the $2.04 an hour that is the average at Mexican auto plants, says Alex Covarrubias, a lecturer at the University of Sonora in Hermosillo.

    The paperwork was filed two years before BMW broke ground on the new plant, which will turn out $45,000 3 Series sedans.”

  11. A. R

    Oh, MG

    Não fale de cor! Veja o trajeto das reivindicações em Detroit onde os salários subiram de tal forma que inviabilizaram as fábricas de automóveis. Veja as sucessivas decisões dos governos democratas do Estado que afastaram os empreendedores e investidores! Veja a Opel da Azambuja! Veja a Sorefame! Escaqueiraram tudo … tudo!

    Vá chamar camarada a outro: “camarada” para mim é um insulto soez. Faz-me lembrar os tempos da ditadura comunista em Portugal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.