Uma argumentação raríssima…

João Galamba e o caso Raríssimas: “Há uma falha aqui, que é dos denunciadores à TVI”

Paula Brito e Costa: “Sinto-me muito magoada com o meu país”

Anúncios

5 thoughts on “Uma argumentação raríssima…

  1. Neste país, os invejosos não deixam as pessoas com iniciativa e espertas governarem-se. Está provado que só encostado ao Governo, e para lá ir tem de se pertencer a um partido do arco (mesmo que seja do arco da velha), ou ter nessa área amigos do peito ( e se possível de mais qualquer coisa ), se consegue fazer grandes obras, ou atingir objectivos deslumbrantes. Assim, a Doutora Brito e Costa, para realizar uma obra na área das IPSS, procurou o apoio necessário e em conformidade. Errou, nalgumas decisões que a favoreceram, mas se até agora o “errar é próprio do homem”, podemos alargar o conceito e achar que “errar é próprio da mulher”. Assim vai a Portulândia, no seu máximo esplendor”.

  2. JMS

    Ter em conta qualquer coisa que o João Galamba diga, só demonstra o estado comatoso e de estupidez colectiva em que esta espécie de país se encontra.

  3. JMS

    Joaquim Carreira Tapadinhas,

    A “Doutora” Brito “e” Costa não foi procurar ninguém do governo da altura. Foi ter logo com os maiores corruptos que existem no país, qualquer pessoa bem posicionada do PS.

    O arco da governação tem algumas diferenças.

    Nem todo o arco é igual.

    Confundir “os arcos” é um erro crasso que beneficia sempre os mais vigaristas.

    Não se deixe levar pelas Fitch ou Moody’s nem nada do género. Isso é tudo treta onde só pessoas “distraídas” embarcam.

    Quando menos esperarmos estamos de novo no meio da porcaria onde, invariavelmente, o PS nos costuma levar.

  4. Não ter o espírito preparado para perceber quando se está a opinar, de uma forma jocosa, é o que se passa com muita gente, dado os momentos críticos que a sociedade atravessa. Daí, ser-lhe difícil perceber segundos sentidos. É preciso reflectir sobre o que se está a ler, e isso, muitas vezes, implica uma segunda leitura mais atenta. Os vígaros não têm clube nem partido político, porque jogam onde lhes dá mais jeito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.