Socialism happens

Anúncios

19 thoughts on “Socialism happens

  1. Euro2cent

    Ocorre-me irresistivelmente a versão libertária:

    – Libertarianism does not happen

    – Libertarianism keeps not happening

    – “Hey, we never tried libertarianism!”

  2. Tanto o post original como o Francisco Miguel Colaço estão errados.

    O percurso habitual é

    1 – Socialismo happens

    2 – Half of the SJWs praise the new regime and other half finds reasons to argue that the new regime is a bunch counter-revolutionaries and traitors to the true socialism

    3 – Socialist system collapses

    4 – The first half of the SJWs of the point 2 disappear from circulation (and muttering some vague remarks abour “small erros and deviations, but the general balance is positive”) and the only second half begins to be invited to the TV shows.

    Veja-se o que aconteceu com os países de Leste – não vêm muita gente que tenha andado a defender a URSS agora a dizer que não era o verdadeiro socialismo (há alguns, mas não muitos) – uns siplesmente passaram a defensores entusiasticos do capitalismo (José Miguel Judas, Joaquim Pina Moura, Vital Moreira, etc.) e outros continuam a dizer que a URSS é que era bom. As pessoas que hoje em dia dizem que a URSS não era “verdadeiro socialismo” são, largamente, as mesmas (ou pelo menos as herdeiras orgânicas) dos que já na altura diziam isso (em livros e panfletos obscuros que então ninguém lia).

  3. JP-A

    2.000.000 de ameaças de penhora pelo fisco é obra! Será que a senhora da TV se enganou ou o governo “de direita” voltou?

  4. concordo com o euro2cent

    era de esperar que após tanto tempo a expor as suas ideias libertárias no “mercado de ideas” que os libertários já tivessem convencido os socialistas a comprar, porque estas ideias são naturalmente superiores e o “mercado livre” (que Deus o abençoe) é inteiramente composto por agentes racionais que seguem as melhores ideias, percebem?

  5. lucklucky

    E mesmo que fossem todos racionais não teriam todos a mesma informação.
    Nem as mesmas vontades.
    Quem é que sabe que o miúdo numa garagem dentro de 6 meses vai lançar uma empresa que em poucos anos vai dominar uma área?

    Quando perceber que a maior parte das pessoas não gosta da liberdade dos outros.
    Que o complexo Jornalista-Político onde os jornalistas existem para criar mais e mais política vai contra qualquer Liberdade das pessoas.
    Lutar contra esta cultura onde a Política substituiu e ultrapassou o poder que a Religião alguma vez teve vai demorar agora que estamos a entrar na Democracia Totalitária.

  6. Shh não escreva essas coisas, só tem que meter as suas ideias no Mercado Livre de Ideias™ que os agentes racionais escolhem a melhor.
    Por exemplo, no Mercado Livre de Ideias™ de Oeiras, o 2º concelho mais rico e o 1º mais educado do país foi decidido a votos que Isaltino Morais, apesar do seu passado, era o sujeito com as melhores ideias, está a ver, a coisa funciona.

  7. Acho que o Marialva está a confundir o liberalismo com a micro-economia neo-clássica / Escola da Chicago (há uma grande sobreposição, mas são coisas diferentes).

  8. lucklucky

    Como diz o Miguel Madeira você está a confundir o Liberalismo com teoria neo -clássica.
    Mesmo que os agentes fossem racionais a impossibilidade de informação perfeita -o que é supostamente certo está sempre a mudar- implica que a decisão é sempre uma tentativa de aproximação.
    Caso o marialva não tenha entendido essa é uma das razões que o poder distribuído e as consequentes decisões variadas melhores expressas pelo mercado são geralmente superiores ao iluminado estatista/socialista que ainda tem menos informação mas quer decidir por todos e tem muito menos conhecimento que o conjunto de todos os outros.

    E por ser uma única pessoa a decidir ainda mais riscos tem a não racionalidade do decisor. É que não são só os intervenientes do mercado que podem não ser racionais. Os iluminados estatistas também com amplas evidências. O problema é que um agente irracional privado afecta os que lhes estão próximos, o agente irracional publico afecta todos.

  9. lucklucky

    E isto é só uma concepção utilitária. O liberalismo não se funda nos resultados .- muitos liberais enganam-se ao focarem neste aspecto – mas na ética e moral da pessoa poder decidir a sua vida, com quem se aliar, com quem não se aliar.

  10. Pois bem meus caros, acredito na vossa boa vontade e intenções mas até agora só conseguiram reproduzir em parte as coisas progressistas que odeiam, a esquerda odeia-vos porque não as reproduzem a 110%. Podemos todos continuar a fingir que resulta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s