Transferência De Rendimentos

A Direção geral da Administração e Emprego Público revelaram que entre Janeiro e Setembro deste ano, o número de funcionários do Estado cresceu 0,8% (mais de 5 mil), ultrapassando a fasquia dos 660 mil trabalhadores (661.429), tendo a subida acontecido sobretudo no ministério da educação e no setor empresarial do Estado (fonte). 660 mil trabalhadores representam cerca de 14% do total da população empregada em Portugal (fonte).

O salário bruto médio dos funcionários públicos, que têm um horário de trabalho semanal de 35 horas, era cerca de 1.686,90 euros em Julho deste ano, o que corresponde a um aumento de 1,7% em relação ao período homólogo do ano anterior. Por comparação, em Abril de 2105 o salário bruto médio de um funcionário público era de 1.404,20 euros enquanto que o salário bruto no sector privado em que o horário de trabalho semanal é de 40 horas era de 950,90 euros (fonte).

Anúncios

10 thoughts on “Transferência De Rendimentos

  1. JP-A

    A declaração de hoje do Costa Concordia na TV a explicar e a prometer aos professores, para logo a seguir dizer que não vai pagar porque não há dinheiro (a figura do Santos Silva atrás é outro espetáculo) é uma peça de antologia.

  2. A esta tropilha da função pública começaram por lhe dar regalias para não lhe darem dinheiro; a seguir deram-lhe dinheiro como se não tivessem regalias; em final acrescem dumas e doutro como se não houvesse outro destino senão manter essa matilha mimada e privilegiada.

  3. Tiro ao Alvo

    No segundo período escreveu “em Abril de 2105”. Convém corrigir, penso que será 2015, mas…

  4. Luís Lavoura

    O salário bruto médio dos homens é superior ao salário bruto médio das mulheres. Há quem diga que isso constitui uma transferência de rendimentos, mas há quem ache que não.

  5. Luís Lavoura

    Parece que o número total de colaboradores da indústria metalúrgica e metalomecânica também está a aumentar.

  6. Passam os anos e passam as crises, mas mantém-se a falta de vergonha em admitir que não há discernimento para ver além das histórias da carochinha…

    Vão dar banho ao cão, pá!….(mas que não seja num veterinário municipal)

  7. Aónio Lourenço

    “O salário bruto médio dos funcionários públicos, que têm um horário de trabalho semanal de 35 horas, era cerca de 1.686,90 euros em Julho deste ano, o que corresponde a um aumento de 1,7% em relação ao período homólogo do ano anterior. Por comparação, em Abril de 2105 o salário bruto médio de um funcionário público era de 1.404,20 euros enquanto que o salário bruto no sector privado em que o horário de trabalho semanal é de 40 horas era de 950,90 euros”

    Concluindo, considerando que um mês tem em média 4,3 semanas, desconsiderando férias, o salário bruto médio por hora de um FP é de 11 euros por hora. Usando dos mesmos pressupostos, no privado o salário bruto médio por hora é de 5,5 euros por hora, metade do setor público!

  8. Consequências do bloqueio por parte do Passos e dos patrões dos acordos colectivos de trabalho . A contrapartida está no aumento dos lucros patronais . Não é meu caro?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s