Frente Comum em Greve Global Contra “Desastre” Dos Serviços Públicos

O prémio “coerência” do ano vai para a Frente Comum.

Apesar da compra de votos / viragem da página da austeridade / política de devolução de rendimentos da Geringonça ter beneficiado em particular os funcionários públicos em detrimento da população em geral, para a Frente Comum nada nunca será suficiente.

Ao mesmo tempo defendem uma redução para 35 horas de trabalho para todos os funcionários públicos – que se traduz forçosamente numa redução da qualidade dos serviços públicos prestados e num aumento dos custos de trabalho, conseguem com a mesma expressão séria afirmar (fonte):

As pessoas percebem o desastre em que se encontram os serviços públicos. Na saúde, nos transportes, nas escolas, na segurança social.

De realçar também a coincidência da greve coincidir com uma Sexta-Feira.

Questão para todos os funcionários públicos que se sentem descontentes com as suas condições de trabalho e com a sua carreira profissional: porque não procuram emprego no sector privado?

Anúncios

2 thoughts on “Frente Comum em Greve Global Contra “Desastre” Dos Serviços Públicos

  1. Que os serviços públicos estão um desastre é verdade. Até a educação vai levar um corte, embora seja crucial, e uma das perenes paixões do PS. Temos de comer muitas batatas fritas para reverter isto.

  2. Fácil é ter um presidente pirralho que não sai do recreio da primária a brincar às escondidas.
    Não bebe um leite qualquer mas engole mesmo engasgado o mais turvo e falsificado governo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s