Uma dúvida

Alguém já se retratou das calúnias aos críticos de Sócrates?

Anúncios

12 thoughts on “Uma dúvida

  1. Mario Figueiredo

    Mais uma dúvida: Alguma vez o país conseguirá se retratar do Sócrates, do Galamba e de toda esta canalha que os acompanha?

  2. JP-A

    Depois de ver a acusação, e se este tipo se estava também a referir ao famoso caso de Belém, se fosse a ele metia a viola no saco.

  3. joaquim

    Este tipo era o estafeta do socas que lhe limpava o rabo, preparava as namoradas e ainda alguns envelopes a pedido, Vai longe no ps o sabujo.

  4. Já tentei convencer os meus filhos a irem para a política. A maioria das pessoas torce o nariz, mas é uma carreira profissional muito interessante. O salário é bom, o trabalho é fácil, e as regalias são muitas. E não são precisas muitas qualificações, pelo contrário, quanto mais, pior.
    Antes que se riam, um amigo meu escolheu a tropa como carreira. A maioria das pessoas quer é despachar a coisa e fazer pela vida noutro sítio, mas o que é certo é que se reformou aos 45 e os amigos calhando nem aos 70. É certo que penou um bocado, fez os páras, os comandos, os rangers, e aquilo não era a brincar. Mas depois foi destacado para um posto onde não fazia nenhum.
    Quando penso que basta um workshop de teatro amador para ser líder partidário até tenho pena de quem se esmifra para ser neurocirurgião.

  5. O que espero, ou não espero, de isto tudo, é o seguinte:
    Que ajude a espalhar a ideia indígena que, tirando a riqueza a meia-dúzia de ricos, ou ladrões neste caso, e distribuindo pelos restantes, fica tudo numa situação de relativo bem-estar. Não chega ! Até mesmo porque a prática de corrupção não está, ou já não está, apenas disseminada por meia-dúzia.

  6. lucklucky

    “Alguma vez o país conseguirá se retratar do Sócrates, do Galamba e de toda esta canalha que os acompanha?”

    Já olhou para o jornalismo?

  7. JP-A

    Só para não esquecer, o programa eleitoral do PS antes de emendado:
    «o PS defende designadamente o seguinte: (…) A garantia de proteção e defesa do titular de cargos políticos ou públicos contra a utilização abusiva de meios judiciais e de mecanismos de responsabilização como forma de pressão ou condicionamento».

  8. Mas não foi ele que avisou o filósofo?

    “Em outubro de 2014, um mês antes de Sócrates ser detido no aeroporto de Lisboa, Galamba entrou em contacto com ele.

    Diz-lhe ter recebido um sms de uma pessoa próxima do Governo, que lhe pediu para avisar Sócrates de que a Justiça o tinha na mira. E de seguida reencaminhou-lhe a mensagem: «Fala com o JS. Há sururus de que vai ser feito qualquer coisa contra ele muito rapidamente. Se souber algo mais aviso». “

  9. Não esquececer a quem o gado eleitoral votou maioritariamente nestas autárquicas.
    Particularmente reveladores os resultados de Pedrógão e Figueiró.
    Com sabujos e lacaios como o pisa-flor em epígrafe, acolitados pela Prostituição Comunicacional doméstica , tendo ainda em conta a venalidade (corrupção ?) de uma certa “justiça” pátria (nascimentos, monteiros, candinhas, albertos costas , etc.), é lícito duvidar do resultado deste mega-processo.
    E , cereja no topo do bolo; já viram quem é o artista que faz de primeiro-ministro?
    E quais as funções do referido palhaço nos tempos em que o bicharel se governava `”a grande e à francesa”?…
    Das duas, uma : ou é lorpa, ou foi cúmplice – e não me venham com pintelhices de formalismos “legalistas”…( com perdão da má palavra).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s